Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2002Português

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Considere este trecho de um dilogo entre pai e filho (do romance Lavoura arcaica, de Raduan Nassar): Quero te entender, meu filho, mas j no entendo nada. Misturo coisas quando falo, no desconheo, so as palavras que me empurram, mas estou lcido, pai, sei onde me contradigo, piso quem sabe em falso, pode at parecer que exorbito, e se h farelo nisso tudo, posso assegurar, pai, que tem muito gro inteiro. Mesmo confundindo, nunca me perco, distingo para o meu uso os fios do que estou dizendo. No trecho, ao qualificar o seu prprio discurso, o filho se vale tanto de linguagem denotativa quanto de linguagem conotativa. a) A frase estou lcido, pai, sei onde me contradigo um exemplo de linguagem de sentido denotativo ou conotativo? Justifique sua resposta. b) Traduza em linguagem de sentido denotativo o que est dito de forma figurada na frase: se h farelo nisso tudo, posso assegurar, pai, que tem muito gro inteiro.

Questão
2002Português

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) IRENE NO CU Irene preta Irene boa Irene sempre de bom humor. Imagino Irene entrando no cu: Licena, meu branco! E So Pedro bonacho: Entra, Irene. Voc no precisa pedir licena. (Manuel Bandeira, Libertinagem) Neste poema, aparecem duas caractersticas marcantes da poesia de Manuel Bandeira, recorrentes em Libertinagem: I) a predileo por certo grupo social e II) um modo peculiar de relacionar-se com o Catolicismo. a) Caracterize sucintamente o grupo social em questo. b) Caracterize, resumidamente, esse modo peculiar de relacionar-se com o Catolicismo.

Questão
2002Português

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Considere as afirmaes abaixo e responda s questes referentes a cada uma delas: I Em Primeiras estrias, o autor escolheu realizar um mergulho profundo no Brasil ainda arcaico e rural, preferindo, por isso, excluir do livro os assuntos que se relacionassem aos processos de modernizao do pas. a) Voc concorda com essa afirmao? Justifique sucintamente sua resposta. II Diante do estilo empregado na composio da maioria dos contos de Primeiras estrias, o leitor se v forado a renunciar a uma recepo passiva, sendo levado a participar ativamente da produo do sentido. b) Essa afirmao correta? Justifique resumidamente sua resposta.

Questão
2002Português

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Mas no senti diferena entre o Agreste e a Caatinga, e entre a Caatinga e aqui a Mata a diferena a mais mnima. Est apenas em que a terra por aqui mais macia; est apenas no pavio, ou melhor, na lamparina: pois igual o querosene que em toda parte ilumina, e quer nesta terra gorda quer na serra, de calia, a vida arde sempre com a mesma chama mortia. (Joo Cabral de Melo Neto, Morte e vida severina) Neste excerto, o retirante, j chegado Zona da Mata, reflete sobre suas experincias, reconhecendo uma diferena e uma semelhana entre as regies que conhecera ao longo de sua viagem. Considerando o excerto no contexto da obra a que pertence, a) explique sucintamente em que consistem a diferena e a semelhana reconhecidas pelo retirante. b) Depois de chegar ao Recife, o retirante mudar substancialmente o julgamento que expressa neste excerto? Justifique brevemente sua resposta.

Questão
2002Português

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Responda s seguintes questes sobre Os Lusadas, de Cames: a) Identifique o narrador do episdio no qual est inserida a fala do Velho do Restelo. b) Compare, resumidamente, os principais valores que esse narrador representa, no conjunto de Os Lusadas, aos valores defendidos pelo Velho do Restelo, em sua fala.

Questão
2002Redação

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Observao: No Vestibular de 1999, a FUVEST props aos candidatos que avaliassem a atual gerao de jovens, isto , a gerao de que eles prprios faziam parte. Desta vez, muda-se a perspectiva e prope-se aos candidatos que avaliem a gerao precedente: a de seus formadores. Assim, o tema para este ano : Como voc avalia os responsveis por sua formao, ou seja, seus pais e familiares, professores, orientadores religiosos, lderes polticos, intelectuais, autoridades etc.? Visando ao desenvolvimento do tema, voc poder, se quiser, refletir sobre as seguintes questes: quais foram os principais responsveis por sua formao? Quais so as caractersticas mais marcantes que apresentam? Voc julga que eles assumiram, de fato, sua funo de formadores? Em que aspectos a formao que lhe proporcionaram foi satisfatria ou insatisfatria? Voc poder, ainda, identificar os valores que so realmente importantes para eles, opinando sobre esses valores. Poder, tambm, considerar se eles so, em si mesmos, pessoas ntegras e felizes e se, assim, constituem bons modelos de vida. Considerando aspectos como os acima sugeridos ou, ainda, escolhendo outros que voc julgue mais importantes para tratar do tema, redija, com sinceridade e plena liberdade de opinio, uma DISSERTAO EM PROSA, em linguagem adequada situao, procurando argumentar com pertinncia e coerncia.

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Carlos, Lus e Slvio tinham, juntos, 100 mil reais para investir por um ano. Carlos escolheu uma aplicao que rendia 15% ao ano. Lus, uma que rendia 20% ao ano. Slvio aplicou metade de seu dinheiro em um fundo que rendia 20% ao ano, investindo a outra metade numa aplicao de risco, com rendimento anual ps-fixado. Depois de um ano, Carlos e Lus tinham juntos 59 mil reais; Carlos e Slvio, 93 mil reais; Lus e Slvio, 106 mil reais. a) Quantos reais cada um tinha inicialmente? b) Qual o rendimento da aplicao de risco?

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Maria quer cobrir o piso de sua sala com lajotas quadradas, todas com lado de mesma medida inteira, em centmetros. A sala retangular, de lados 2m e 5m. Os lados das lajotas devem ser paralelos aos lados da sala, devendo ser utilizadas somente lajotas inteiras. Quais so os possveis valores do lado das lajotas?

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Um tabuleiro tem 4 linhas e 4 colunas. O objetivo de um jogo levar uma pea da casa inferior esquerda (casa (1, 1)) para a casa superior direita (casa (4, 4)), sendo que esta pea deve moverse, de cada vez, para a casa imediatamente acima ou imediatamente direita. Se apenas uma destas casas existir, a pea ir mover-se necessariamente para ela. Por exemplo, dois caminhos possveis para completar o trajeto so (1, 1) (1, 2) (2, 2) (2, 3) (3, 3) (3, 4) (4, 4) e (1, 1) (2, 1) (2, 2) (3, 2) (4, 2) (4, 3) (4, 4). a) Por quantos caminhos distintos pode-se completar esse trajeto? b) Suponha que o caminho a ser percorrido seja escolhido da seguinte forma: sempre que houver duas opes de movimento, lana-se uma moeda no viciada; se der cara, a pea move-se para a casa direita e se der coroa, ela se move para a casa acima. Desta forma, cada caminho contado no item a) ter uma certa probabilidade de ser percorrido. Descreva os caminhos que tm maior probabilidade de serem percorridos e calcule essa probabilidade.

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Sejam A = (0,0), B = (8,0) e C = (1,3) os vrtices de um tringulo e D = (u,v) um ponto do segmento . Sejam E o ponto de interseco de com a reta que passa por D e paralela ao eixo dos y e F o ponto de interseco de com a reta que passa por D e paralela ao eixo dos x. a) Determine, em funo de u, a rea do quadriltero AEDF. b) Determine o valor de u para o qual a rea do quadriltero AEDF mxima.

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE)As razes do polinmio p(x) = x3- 3x2+ m, onde m um nmero real, esto em progresso aritmtica. Determine a) o valor de m; b) as razes desse polinmio.

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE)O tringulo retngulo ABC , cujos catetos e medem 1 e , respectivamente, dobrado de tal forma que o vrtice C coincida com o ponto D do lado . Seja o segmento ao longo do qual ocorreu a dobra. Sabendo que reto, determine a) o comprimento dos segmentos e ; b) a rea do tringulo CMN .

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Determine as solues da equao (2 cos2x + 3 sen x)(cos2 x - sen2 x) = 0que esto no intervalo [0,2] .

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE)Na figura abaixo, as circunferncias C1 e C2, de centros O1 e O2, respectivamente, se interceptam nos pontos P e Q. A reta r tangente a C1 e C2; a reta s passa por O1 e O2 e o ngulo agudo entre r e s. Sabendo que o raio de C1 4, o de C2 3 e que , calcule: a) a rea do quadriltero O1QO2P; b) sen , onde = Q2P.

Questão
2002Matemática

(FUVEST - 2002 - 2 FASE) Um bloco retangular (isto , um paraleleppedo reto-retngulo) de base quadrada de lado 4 cm e altura cm , com de seu volume cheio de gua, est inclinado sobre uma das arestas da base, formando um ngulo de 30 com o solo (ver seo lateral abaixo). Determine a altura h do nvel da gua em relao ao solo.

NOVIDADES
Kuadro