Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
ITA
IME
IME
ENEM
ENEM
FUVEST
FUVEST
UNICAMP
UNICAMP
UNESP
UNESP
ESPCEX
ESPCEX
AFA
AFA
Questão 81
2019História

(Fuvest 2019 1 fase) Os comentadores do texto sagrado () reconhecem a submissão da mulher ao homem como um dos momentos da divisão hierárquica que regula as relações entre Deus, Cristo e a humanidade, encontrando ainda a origem e o fundamento divino daquela submissão na cena primária da criação de Adão e Eva e no seu destino antes e depois da queda. CASAGRANDE, C., A mulher sob custódia, in: História das Mulheres, Lisboa: Afrontamento, 1993, v. 2, p. 122‐123. O excerto refere‐se à apreensão de determinadas passagens bíblicas pela cristandade medieval, especificamente em relação à condição das mulheres na sociedade feudal. A esse respeito, é correto afirmar:

Questão 82
2019História

(FUVEST - 2019) Esta imagem a reproduo de

Questão 83
2019História

(FUVEST- 2019) Sobre a revolução cultural ocorrida na China, a partir de 1966, é correto afirmar que se tratou de

Questão 84
2019História

(FUVEST - 2019) Examine a tabela. (FISHLOW, A., Uma história de dois presidentes: a economia política da gestão da crise. STEPHAN, A. (org), Democratizando o Brasil. Rio de Janeiro: Paz e Terra: 1988, p. 144) Os dados da tabela referem‐se a anos transcorridos durante a Ditadura Militar no Brasil. O desempenho econômico nesse período entrelaçou‐se ao panorama político do país. Nesse sentido, é correto afirmar:

Questão 85
2019História

(FUVEST- 2019) Sob qualquer aspecto, este [a Revoluo Industrial] foi provavelmente o mais importante acontecimento na histria do mundo, pelo menos desde a inveno da agricultura e das cidades. E foi iniciado pela Gr‐Bretanha. evidente que isto no foi acidental. Eric Hobsbawm, A Era das Revolues. So Paulo: Paz e Terra, 2005. 19 edio, p. 52. A Revoluo Industrial, ocorrida na Inglaterra nos decnios finais do sculo XVIII,

Questão 86
2019História

(FUVEST - 2019) (Décio Villares, A República (Museu Republicano, RJ, ca 1900) Produzida no contexto da implantação da ordem republicana no Brasil, esta imagem

Questão 87
2019História

(Fuvest 2019) difcil acreditar que a Revoluo Francesa teria sido muito diferente, mesmo que a Revoluo Americana nunca tivesse acontecido. fcil mostrar que os americanos no tentaram uma semelhante ruptura substancial com o passado, como fizeram os franceses. No entanto, (...) as duas revolues foram muito parecidas. Robert R. Palmer, The Age of The Democratic Revolution: The Challenge, Princeton, Princeton University Presse, vol I, 1959, p.267. Com base no texto e em seus conhecimentos acerca da Revoluo Francesa e do revolucionrio processo de independncia dos Estados Unidos, assinale a afirmao correta.

Questão 88
2019História

(FUVEST - 2019) Em junho de 1995, a seleção de rugby da África do Sul conquistou a Copa do Mundo dessa modalidade esportiva ao vencer a equipe da Nova Zelândia por 15 a 12, na cidade de Johannesburgo. O capitão sul‐africano, François Pienaar, recebeu a taça destinada à seleção campeã das mãos de Nelson Mandela. Esse acontecimento esportivo

Questão 89
2019História

(FUVEST - 2019) Observe as imagens das duas charges de Angelo Agostini publicadas no periódico Vida Fluminense. Ambas oferecem representações sobre a Guerra do Paraguai, que causaram forte impacto na opinião pública. A imagem I retrata Solano López como o Nero do século XIX; a imagem II figura um soldado brasileiro que retorna dos campos de batalha. Sobre as imagens, é correto afirmar, respectivamente:

Questão 90
2019História

(FUVEST - 2019) A história do século XIX foi marcada pela tensão entre tradições políticas e intelectuais que apelava, ora para a força do nacionalismo, ora para o vigor das ideias internacionalistas. Indique a alternativa que traduz uma destas tradições.

Questão
2019Redação

REDAÇÃO Leia os textos para fazer sua redação. O progresso, longe de consistir em mudança, depende da capacidade de retenção. Quando a mudança é absoluta, não permanece coisa alguma a ser melhorada e nenhuma direção é estabelecida para um possível aperfeiçoamento; e quando a experiência não é retida, a infância é perpétua. George Santayana, A vida da razão, 1905, Vol. I, Cap. XII. Adaptado O Historiador Veio para ressuscitar o tempo e escalpelar os mortos, as condecorações, as liturgias, as espadas, o espectro das fazendas submergidas, o muro de pedra entre membros da família, o ardido queixume das solteironas, os negócios de trapaça, as ilusões jamais confirmadas nem desfeitas. Veio para contar o que não faz jus a ser glorificado e se deposita, grânulo, no poço vazio da memória. É importuno, sabe-se importuno e insiste, rancoroso, fiel Carlos Drummond de Andrade, A paixão medida, 1981. Flávio Cerqueira, Amnésia, 2015. Essa escultura de um garoto negro foi esculpida no tamanho real de uma criança, com seus cabelos crespos, seu nariz largo, sua boca marcada. A criança segura uma lata por sobre sua cabeça, de onde escorre uma tinta branca sobre seu corpo feito de bronze. Nexo Jornal, 13/07/2018 A minha vontade, com a raiva que todos estamos sentindo, é deixar aquela ruína [o Museu Nacional depois do incêndio] como memento mori, como memória dos mortos, das coisas mortas, dos povos mortos, dos arquivos mortos, destruídos nesse incêndio. Eu não construiria nada naquele lugar. E, sobretudo, não tentaria esconder, apagar esse evento, fingindo que nada aconteceu e tentando colocar ali um prédio moderno, um museu digital, um museu da Internet não duvido nada que surjam com essa ideia. Gostaria que aquilo permanecesse em cinzas, em ruínas, apenas com a fachada de pé, para que todos vissem e se lembrassem. Um memorial. Eduardo Viveiros de Castro, Público.pt, 04/09/2018. Articular historicamente o passado não significa conhecê-lo como ele de fato foi. Significa apropriar-se de uma reminiscência, tal como ela relampeja no momento de um perigo. Walter Benjamin, Sobre o conceito de história,1940. Considerando as ideias apresentadas nos textos e também outras informações que julgar pertinentes, redija uma dissertação em prosa, na qual você exponha seu ponto de vista sobre o tema: De que maneira o passado contribui para a compreensão do presente? Instruções: -A dissertação deve ser redigida de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa. -Escreva, no mínimo, 20 linhas, com letra legível e não ultrapasse o espaço de 30 linhas da folha de redação. -Dê um título a sua redação.

Questão 1
2018História

(FUVEST - 2018) Com base nos dados fornecidos pela tabela, a) explique as razes da distribuio geogrfica desigual da populao indgena no hemisfrio americano no momento do contato europeu; b) compare as unidades polticas indgenas do Mxico com as dos Andes, citando ao menos um padro comum e uma divergncia entre elas.

Questão 1
2018Inglês

(FUVEST 2018 2 Fase - 2 dia) Levando em considerao que o texto busca caracterizar dois tipos de personagens encontradas nas obras de fico, responda em portugus: a) Como o texto caracteriza a personagem esttica? b) O que torna atraente a personagem dinmica

Questão 1
2018Português

(FUVEST -2018 - 2 FASE) Examine a propaganda, a) Considerando o contexto da propaganda, existe alguma relao de sentido entre a imagem estilizada dos dedos e as palavras digital e diferena? Explique. b) Sem alterar o modo verbal, reescreva o trecho Venha para a biometria. Cadastre suas digitais., passando os verbos para a primeira pessoa do plural e fazendo as modificaes necessrias.

Questão 1
2018Física

(FUVEST - 2018 - 2 FASE) Ncleos atmicos podem girar rapidamente e emitir raios . Nesse processo, o ncleo perde energia, passando sucessivamente por estados de energia cada vez mais baixos, at chegar ao estado fundamental, que o estado de menor energia desse sistema. Nos laboratrios onde esses ncleos so estudados, detectores registram dados dos pulsos da radiao emitida, obtendo informaes sobre o perodo de rotao nuclear. A perda de energia devido emisso de radiao eletromagntica altera o perodo de rotao nuclear. O grfico mostra quatro valores do perodo de rotao de um dos istopos do ncleo de rbio (158Er) durante um certo intervalo de tempo, obtidos a partir de dados experimentais. Obtenha o valor da a) velocidade angular de rotao, , do ncleo no instante t = 8 x10-12s, em rad/s b) acelerao angular mdia, , do ncleo entre os instantes t = 2 x10-12s e t = 8 x10-12s, em rad/s2; c) acelerao centrpeta, ac, de uma poro de matria nuclear localizada a uma distncia R = 6 x10-15m do eixo de rotao nuclear para o instante t = 8 x10-12s d) energia, E, emitida pelo 158Er sob a forma de radiao eletromagntica entre os instantes t = 2 x10-12s e t = 8 x10-12s

NOVIDADES
Kuadro