Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 1
2013Química

(FUVEST - 2013) O cido gama-hidroxibutrico utilizado no tratamento do alcoolismo. Esse cido pode ser obtido a partir da gamabutirolactona, conforme a representao a seguir: Assinale a alternativa que identifica corretamente X (de modo que a representao respeite a conservao da matria) e o tipo de transformao que ocorre quando a gamabutirolactona convertida no cido gamahidroxibutrico.

Questão 1
2013Biologia

(FUVEST- 2013) Logo aps a realizao de provas esportivas, parte da rotina dos atletas inclui a ingesto de gua e de bebidas isotnicas; tambm feita a coleta de urina para exames antidoping, em que so detectados medicamentos e drogas, eventualmente ingeridos, que o corpo descarta. As bebidas isotnicas contm gua, glicose e sais minerais, apresentando concentrao inica semelhante encontrada no sangue humano. No esquema ao lado, os nmeros de 1 a 4 indicam processos, que ocorrem em um nfron do rim humano. a) Qual(is) nmero(s) indica(m) processo(s) pelo(s) qual(is) passa a gua? b) Qual(is) nmero(s) indica(m) processo(s) pelo(s) qual(is) passam as substncias dissolvidas, detectveis no exame antidoping? c) Aps uma corrida, um atleta, em boas condies de sade, eliminou muito suor e muita urina e, depois, ingeriu bebida isotnica. Entre os componentes da bebida isotnica, qual(is) no ser(o) utilizado(s) para repor perdas de substncias eliminadas pela urina e pelo suor? Justifique sua resposta.

Questão 1
2013História

(FUVEST - 2013- 2 fase) Leia o texto e examine a imagem. A arte gtica rene e desenvolve os fermentos novos [...] e os organiza em sistema; e esse sistema tem um lugar seguro na mais vasta organizao do saber. G. C. Argan. Histria da arte italiana. Da Antiguidade a Duccio. So Paulo: Cosac Naif, 2003, v. 1, p. 337. Adaptado. a) Identifique, a partir da imagem, dois elementos caractersticos do chamado estilo gtico. b) Do ponto de vista cultural, apresente e explique uma caracterstica do sistema, que, segundo o texto, tem um lugar seguro na mais vasta organizao do saber.

Questão 1
2013Português

(FUVEST 2013 - 2 fase)Examine o seguinte anncio publicitrio: a) Qual a relao de sentido existente entre a imagem de uma folha de rvore e as expresses Mapeamento logstico e caminho, empregadas no texto que compe o anncio acima reproduzido? b) A que se refere o advrbio aqui, presente no texto do anncio?

Questão 1
2013Inglês

(FUVEST - 2020 - 2 fase - Questo 1) PROVA NCLEO COMUM Two decades ago only spies and systems administrators had to worry about passwords. But today you have to enter one even to do humdrum things like turning on your computer, downloading an album or buying a book online. No wonder many people use a single, simple password for everything. Analysis of password databases, often stolen from websites (something that happens with disturbing frequency), shows that the most common choices include password, 123456 and abc123. But using these, or any word that appears in a dictionary, is insecure. Even changing some letters to numbers ( e to 3, i to 1 and so forth) does little to reduce the vulnerability of such passwords to an automated dictionary attack, because these substitutions are so common. The fundamental problem is that secure passwords tend to be hard to remember, and memorable passwords tend to be insecure. The Economist. March 24th 2012. Adaptad Com base no texto, responda em portugus: a) Por que a criao de senhas por usurios da internet pode lhes trazer problemas? b) A troca de algumas letras por nmeros, nas senhas, uma boa medida? Justifique sua resposta.

Questão 1
2013Geografia

(FUVEST - 2020 - 2 fase - Questo 1) PROVA NCLEO COMUM Observe os mapas com as maiores aglomeraes urbanas no mundo. Com base nos mapas e em seus conhecimentos, a) identifique um fator natural e um fator histrico que favoreceram a concentrao de cidades mais populosas na Europa Ocidental, no ano de 1900. Explique. b) explique o processo de urbanizao mundial considerando o mapa III.

Questão 1
2013Biologia

(FUVEST - 2020 - 2 fase - Questo 1) PROVA NCLEO COMUM Os seres humanos so hospedeiros de uma grande diversidade de microrganismos. a) Existem microrganismos que fazem parte da microbiota normal dos humanos. Entre esses microrga nismos, encontram-se espcies de bactrias do gnero Staphy/ococcus, aerbias ou anaer bias, que conseguem resistir escassez de gua, e espcies do gnero Neisseria, aerbias obrigatrias, que no resistem ao ressecamento. Considerando a pele, as vias respiratrias e o intestino grosso, preencha o quadro da pgina de respostas, indicando com um X qual(is) ambiente(s) no oferece(m) condies favorveis colonizao por essas espcies de bactrias. b) As bactrias do gnero He/icobacter vivem em am bientes com pH ao redor de 2; as do gnero Enterococcus, num pH ao redor de 4, e as bactrias do gnero Escherichia vivem em ambientes com pH prximo de 7. Considerando essas informaes, preencha o quadro da pgina de respostas, indicando com um X o rgo em que mais provvel encontrar cada um desses gneros de bactrias.

Questão 1
2013Física

(Fuvest 2013 2 fase) Uma das hipteses para explicar a extino dos dinossauros, ocorrida h cerca de 60 milhes de anos, foi a coliso de um grande meteoro com a Terra. Estimativas indicam que o meteoro tinha massa igual a 1016 kg e velocidade de 30 km/s, imediatamente antes da coliso. Supondo que esse meteoro estivesse se aproximando da Terra, numa direo radial em relao orbita desse planeta em torno do Sol, para uma coliso frontal, determine a) a quantidade de movimento Pi do meteoro imediatamente antes da coliso; b) a energia cintica Ec do meteoro imediatamente antes da coliso; c) a componente radial da velocidade da Terra, Vr, pouco depois da coliso; d) a energia Ed, em megatons, dissipada na coliso. Note e adote: A rbita da Terra circular. Massa da Terra: 6x1024 kg. 1 megaton = 4x1015 J a energia liberada pela exploso de um milho de toneladas de trinitrotolueno.

Questão 2
2013Biologia

(FUVEST - 2020 - 2 fase - Questo 1) PROVA NCLEO COMUM Analise as definies encontradas no quadro abaixo: a) Para uma determinada rea geogrfica, num deter mi - na do tempo, as definies de espcie exti ca e de espcie nativa so mutuamente exclusivas. Do qua - dro acima, escolha dois outros pares de definies que tambm sejam mutuamente exclusivas. b) A palmeira do aa (Euterpe o/eracea), oriunda da Mata Amaznica, est sendo plantada, por produtores, em reas da Mata Atlntica de So Paulo e tem tomado o lugar originalmente ocupado pelo palmiteiro-juara (Euterpe edulis), que ocorre espontaneamente nessas matas litorneas. possvel aplicar as definies de espcie nativa, espcie extica e espcie invasora para a palmeira do aa? Justifique.

Questão 2
2013Geografia

(FUVEST - 2020 - 2 fase - Questo 1) PROVA NCLEO COMUM Leia o texto de Jos de Alencar, do romance Til.Cerca de uma lgua abaixo da confluncia do Atibaia com o Piracicaba, e margem deste ltimo rio, estava situada a fazenda das Palmas. Ficava no seio de uma bela floresta virgem, porventura a mais vasta e frondosa, das que ento contava a provncia de So Paulo, e foram convertidas a ferro e fogo em campos de cultura. Daquela que borda as margens do Piracicaba, () ainda restam grandes matas, cortadas de roas e cafezais. Mas dificilmente se encontram j aqueles gigantes da selva brasileira, cujos troncos enormes deram as grandes canoas, que serviram explorao de Mato Grosso. Da partiam pelo caminho dgua as expedies que os arrojados paulistas levavam s regies desconhecidas do Cuiab, descortinando o deserto, e rasgando as entranhas da terra virgem, para arrancar-lhe as fezes, que o mundo chama ouro e comunga como a verdadeira hstia. (Jos de Alencar, Til). Considere o texto e seus conhecimentos para responder: a) O texto acima faz referncia ao bioma originalmente dominante no estado de So Paulo. De que bioma se trata e qual a sua situao atual na regio do estado de So Paulo citada no texto? b) Depois de ter-se implantado na regio mencionada no texto, para que outras reas do territrio do estado de So Paulo se expandiu a cultura do caf? c) Indique o bioma dominante no atual estado de Mato Grosso e explique os principais usos da terra nesse estado, na atualidade.

Questão 2
2013Física

(Fuvest 2013 2 fase) O telmetro de superposio um instrumento tico, de concepo simples, que no passado foi muito utilizado em cmeras fotogrficas e em aparelhos de medio de distncias. Uma representao esquemtica de um desses instrumentos est na pgina de respostas. O espelho semitransparente E1 est posicionado a 45o em relao linha de viso, horizontal, AB. O espelho E2 pode ser girado, com preciso, em torno de um eixo perpendicular figura, passando por C, variando-se assim o ngulo entre o plano de E2 e a linha horizontal. Deseja-se determinar a distncia AB do objeto que est no ponto B ao instrumento. a) Desenhe na figura da pgina de respostas, com linhas cheias, os raios de luz que, partindo do objeto que est em B, atingem o olho do observador - um atravessa o espelho E1 e o outro refletido por E2 no ponto C. Suponha que ambos cheguem ao olho do observador paralelos e superpostos. b) Desenhe, com linhas tracejadas, o trajeto aproximado de um raio de luz que parte do objeto em B, incide em C e refletido por E2. Com o objeto em um ponto B especfico, o ngulo foi ajustado em 44, para que os raios cheguem ao olho do observador paralelos e superpostos. Nessa condio, c) determine o valor do ngulo entre as linhas AB e BC; d) com AC = 10 cm, determine o valor de AB.

Questão 2
2013Química

(FUVEST - 2013) A uma determinada temperatura, as substncias HI, H2 e I2 esto no estado gasoso. A essa temperatura, o equilbrio entre as trs substncias foi estudado, em recipientes fechados, partindo-se de uma mistura equimolar de H2 e I2 (experimento A) ou somente de HI (experimento B). Pela anlise dos dois grficos, pode-se concluir que

Questão 2
2013Química

(FUVEST2013 - 2 fase) Uma estudante de Qumica elaborou um experimento para investigar a reao entre cobre metlico (Cu) e cido ntrico (HNO3(aq)). Para isso, adicionou o cido ntrico a um tubo de ensaio (I) e, em seguida, adicionou raspas de cobre metlico a esse mesmo tubo. Observou que houve liberao de calor e de um gs marrom, e que a soluo se tornou azul. A seguir, adicionou raspas de cobre a dois outros tubos (II e III), contendo, respectivamente, solues aquosas de cido clordrico (HCl(aq)) e nitrato de sdio (NaNO3(aq)). No observou qualquer mudana nos tubos II e III, ao realizar esses testes. Sabe-se que solues aquosas de ons Cu2+so azuis e que o gs NO2 marrom. a) Escreva, nos espaos delimitados na pgina de respostas, as equaes que representam a semirreao de oxidao e a semirreao de reduo que ocorrem no tubo I. b) Qual foi o objetivo da estudante ao realizar os testes com HCl (aq) e NaNO3(aq)? Explique.

Questão 2
2013História

(FUVEST - 2013 - 2 fase) Representando apenas 19,6% das exportaes brasileiras em 1822 (com a mdia de 18,4% nos anos 1820), o caf passou a liderar as exportaes brasileiras na dcada dos 1830 (com 28,6%), assumindo assim o lugar tradicionalmente ocupado pelo acar desde o perodo colonial. Nos meados do sculo XIX, passava a representar quase a metade do valor das exportaes e, no ltimo decnio do perodo monrquico, alcanava 61,5%. J a participao do acar no quadro dos valores das exportaes brasileiras passou de 30,1%, na dcada de 1820, a apenas 9,9%, nos anos 1880. O algodo alcanava 20,6%, na dcada de 1820, cifra jamais alcanada depois, em todo o perodo monrquico. Com exceo dos anos da guerra civil americana, que se refletiram na elevada participao do produto no conjunto das exportaes dos anos 1870 (18,3%), verifica-se o declnio das exportaes que, nos anos 1880, tm uma participao de apenas 4,2%. O comportamento das exportaes de fumo revela que essas oscilaram em torno de baixas percentagens, durante todo o perodo monrquico. Alcanando 2,5% do valor global das exportaes na dcada de 1820, decaiu, nas duas dcadas seguintes (1,9% para os anos 1830 e 1,8% para os anos 1840). Na segunda metade do sculo, melhorou a posio do fumo no conjunto das exportaes, tendo alcanado, nos anos 1860 e 1870, as maiores percentagens do perodo, com 3% e 3,4%. A participao do cacau no conjunto das exportaes nacionais cresceu de 0,5% na dcada de 1820 para 1,6% na ltima dcada da monarquia, a mais alta porcentagem do perodo. Srgio Buarque de Holanda (org.). Histria geral da civilizao brasileira. II. O Brasil Monrquico. 4. Declnio e queda do imprio. Rio de Janeiro: Difel, 1985, p. 119-126. Adaptado. Com base no texto, responda ao que se pede: a) Elabore um grfico das exportaes brasileiras de caf, acar e algodo no perodo monrquico, incluindo os respectivos dados percentuais (aproximados). b) Qual foi o principal produto de exportao brasileiro, respectivamente, nas dcadas de 1820, 1830 e 1880?

Questão 2
2013Português

(FUVEST 2013 - 2 fase)Leia o texto. Ditadura / Democracia A diferena entre uma democracia e um pas totalitrio que numa democracia todo mundo reclama, ningum vive satisfeito. Mas se voc perguntar a qualquer cidado de uma ditadura o que acha do seu pas, ele responde sem hesitao: No posso me queixar. Millr Fernandes, Millr definitivo: a bblia do caos. a) Para produzir o efeito de humor que o caracteriza, esse texto emprega o recurso da ambiguidade? Justifique sua resposta. b) Reescreva a segunda parte do texto (de Mas at queixar), pondo no plural a palavra cidado e fazendo as modificaes necessrias.

NOVIDADES
Kuadro