Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

Questão 6
2020Matemática

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Resolva os trs itens abaixo: a)Considere o conjunto formado pelos nmeros complexos que cumprem a condio . Cada elemento desse conjunto ser objeto da transformao que leva um nmero complexo em seu conjugado. Represente no plano complexo (ou plano de Argand-Gauss) da folha de respostas o conjunto resultante aps essa transformao. b) Determine o lugar geomtrico dos pontos do plano complexo tais que e para os quais um nmero imaginrio puro. c) Determine as partes reais de todos os nmeros complexos tais que as representaes de no plano complexo sejam vrtices de um tringulo equiltero.

Questão 6
2020Biologia

(FUVEST - 2020 - 2 FASE) Ao investigarem as razes para um evento de mar vermelha que ocorreu em uma regio costeira do Brasil, os cientistas e tcnicos encontraram uma relao entre a pluviosidade na rea, o tratamento e destino de esgotos domsticos nos municpios vizinhos e a abundncia de algumas espcies de microalgas com toxinas(nocivas sade humana) do grupo dos dinoflagelados, segundo o grfico abaixo. a) Qual o ms de ocorrncia da mar vermelha? b) Como esse aumento da concentrao de dinoflagelados chega na dieta de uma pessoa e como ela pode evitar uma intoxicao? c) Pelo demonstrado no grfico, qual a razo para o rpido aumento na abundncia de dinoflagelados no evento de mar vermelha? E para seu rpido declnio?

Questão 6
2020Geografia

(FUVEST 2020 - 2 fase) China contra‐ataca tarifas americanas com uma das armas que mais irritam Trump O Banco Central da China, no dia 5 de agosto de 2019, permitiu que o yuan, moeda oficial do pas, ultrapassasse pela primeira vez uma barreira de onze anos na relao com o dlar americano. A cotao do yuan ficou acima de 7 para 1, num claro contra‐ataque de Pequim s novas tarifas anunciadas pelo presidente Trump sobre US$ 300 bilhes em produtos chineses. O mercado teme que a medida provoque ainda mais a ira do presidente Trump, que acusa Pequim de desvalorizar artificialmente sua moeda para impulsionar as exportaes. Devido ao unilateralismo, ao _______(I)_________ comercial e s tarifas impostas China, o yuan se depreciou em relao ao dlar americano, quebrando a barreira dos 7 para 1, diz nota do Banco Central chins. Disponvel em https://www.gazetadopovo.com.br/ Considerando o excerto e o grfico, responda: a) A palavra omitida no texto um conceito que caracteriza a posio dos EUA ao tarifar os produtos chineses. Qual esse conceito? Responda na folha de respostas. b) Utilizando elementos do grfico, caracterize a relao comercial entre os EUA e a China. c) Explique como a desvalorizao cambial do Yuan influencia a balana comercial entre esses pases.

Questão 6
2020Física

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Uma equilibrista de massa M desloca‐se sobre uma tbua uniforme de comprimento e massa apoiada (sem fixao) sobre duas colunas separadas por uma distncia de modo que o centro da tbua esteja equidistante das colunas. O ponto de apoio da equilibrista est a uma distncia (tal que ) do centro da tbua, como mostra a figura. a) Considerando que a tbua est em equilbrio, faa um diagrama indicando todas as foras que atuam sobre a tbua e seus respectivos pontos de aplicao. b) Calcule o torque resultante exercido pelos pesos da equilibrista e da tbua em relao ao ponto (ponto de apoio da tbua na coluna mais prxima da equilibrista). Escreva suar esposta em termos de grandezas mencionadas no enunciado () e da acelerao da gravidade . c) Calcule a distncia mxima da equilibrista ao centro da tbua para que o conjunto permanea em equilbrio esttico. Considere os seguintes dados: comprimento da tbua: ; massa da tbua: , massa da equilibrista: , distncia entre as colunas: . Note e adote: Despreze as espessuras da tbua e da coluna. Use

Questão 6
2020História

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Em 29 de outubro de 1956, uma grave crise poltica descambou em uma interveno militar na regio do Canal de Suez e da Pennsula do Sinai (Egito). a) Indique a importncia dessa regio nos quadros da poltica internacional do perodo. b) Mencione as potncias envolvidas diretamente nesse conflito e os seus respectivos interesses. c) Explique as tenses associadas articulao poltica entre os diversos Estados rabes nesse perodo.

Questão 6
2020Química

(FUVEST - 2020)Os chamados remdios homeopticos so produzidos seguindo a farmacotcnica homeoptica, que se baseia em diluies sequenciais de determinados compostos naturais. A dosagem utilizada desses produtos da ordem de poucos mL. Uma das tcnicas de diluio homeoptica chamada de diluio centesimal (CH), ou seja, uma parte da soluo diluda em 99 partes de solvente e a soluo resultante homogeneizada (ver esquema). Alguns desses produtos homeopticos so pro‐ duzidos com at 200 diluies centesimais sequenciais (200CH). Considerando uma soluo de partida de 100 mL com concentrao 1 mol/L de princpio ativo, a partir de qual diluio centesimal a soluo passa a no ter, em mdia, nem mesmo uma molcula do princpio ativo?

Questão 6
2020Português

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Adaptados a esse idioma que se transforma conforme a plataforma, os memes e textes dominaram a rotina desta dcada como modos de a gente rir, repercutir notcias, dividir descontentamentos, colocar o dedo em feridas, relatar injustias e at se informar. Entraram logo no vocabulrio para alm da internet: virar meme, dar texto. Suas caractersticas tambm interferiram no jeito de compreender o mundo e expressar o que acontece nossa volta. Viktor Chagas, professor e pesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF), os v como manifestaes culturais de grande relevncia para entender o perodo e, tambm, como extravasadores de afetos. [...] Por mais que o texto seja o, assim como o meme ele uma expresso sinttica tpica de hoje, explica Viktor Chagas. Mesmo o texto mais longo na verdade um textinho: faz parte da lgica do espao em que circula. TAB UOL,Vim pelo meme e era texto. Disponvel em https://tab.uol.com.br/. Adaptado. a) Retire do texto dois argumentos que justifiquem a caracterizao de memes e textes como extravasadores de afetos. b) Em que sentido pode se afirmar que no h uma contradio no trecho Mesmo o texto mais longo na verdade um textinho

Questão 7
2020Português

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Que fars se eu continuar a andar? perguntou o Comissrio. Das duas, uma: ou te prendo ou te acompanho. Estou indeciso. A primeira repugna-me, nem justa. A segunda hiptese agradame muito mais, mas no avisei na Base nem trouxe o sacador. (...) Nunca me prenderias! Achas que no? O Comissrio deitou o cigarro fora. Que vais fazer a Dolisie, Joo? Pela primeira vez, Sem Medo chamara-o pelo nome. Pepetela, Mayombe. a) Identifique o evento diretamente relacionado mudana de tratamento entre Comissrio e Sem Medo. b) Sem Medo no um apelido aleatrio. Justifique a afirmao com base em elementos do desfecho do romance.

Questão 7
2020Química

(FUVEST - 2020)O gs hlio disponvel comercialmente pode ser gerado pelo decaimento radioativo, sobretudo do urnio, conforme esquematizado pela srie de decaimento. Desde a formao da Terra, h 4,5 bilhes de anos, apenas metade do 238U decaiu para a formao de He. Com base nessas informaes e em seus conhecimentos, correto afirmar:

Questão 8
2020Português

(FUVEST - 2020 - 2 fase) Texto 1 Desde que a febre de possuir se apoderou dele totalmente, todos os seus atos, todos, fosse o mais simples, visavam um interesse pecuniário. Só tinha uma preocupação: aumentar os bens. Das suas hortas recolhia para si e para a companheira os piores legumes, aqueles que, por maus, ninguém compraria; as suas galinhas produziam muito e ele não comia um ovo, do que no entanto gostava imenso; vendia os todos e contentava se com os restos da comida dos trabalhadores. Aquilo já não era ambição, era uma moléstia nervosa, uma loucura, um desespero de acumular, de reduzir tudo a moeda. E seu tipo baixote, socado, de cabelos à escovinha, a barba sempre por fazer, ia e vinha da pedreira para a venda, da venda às hortas e ao capinzal, sempre em mangas de camisa, de tamancos, sem meias, olhando para todos os lados, com o seu eterno ar de cobiça, apoderando se, com os olhos, de tudo aquilo de que ele não podia apoderar se logo com as unhas. Aluísio Azevedo, O Cortiço. Texto 2 (...) Rubião é sócio do marido de Sofia, em uma casa de importação, à Rua da Alfândega, sob a firma Palha Cia. Era o negócio que este ia propor lhe, naquela noite, em que achou o Dr. Camacho na casa de Botafogo. Apesar de fácil, Rubião recuou algum tempo. Pediam lhe uns bons pares de contos de réis, não entendia de comércio, não lhe tinha inclinação. Demais, os gastos particulares eram já grandes; o capital precisava do regime do bom juro e alguma poupança, a ver se recobrava as cores e as carnes primitivas. O regime que lhe indicavam não era claro; Rubião não podia compreender os algarismos do Palha, cálculos de lucros, tabelas de preço, direitos da alfândega, nada; mas, a linguagem falada supria a escrita. Palha dizia coisas extraordinárias, aconselhava o amigo que aproveitasse a ocasião para pôr o dinheiro a caminho, multiplicá-lo. Machado de Assis, Quincas Borba. a) Como o contraste entre os trechos já não era ambição, era uma moléstia nervosa, uma loucura, um desespero de acumular e não entendia de comércio, não lhe tinha inclinação, respectivamente sobre as personagens João Romão e Rubião, reflete distintas linhas estéticas na prosa brasileira do fim do século XIX? b) A partir das diferentes esferas sociais e práticas econômicas referidas nos fragmentos, trace um breve paralelo entre as trajetórias dos protagonistas nos dois romances.

Questão 8
2020Química

(FUVEST - 2020) Os movimentos das molculas antes e depois de uma reao qumica obedecem aos princpios fsicos de colises. Para tanto, cada tomo representado como um corpo pontual com uma certa massa, ocupando uma posio no espao e com uma determinada velocidade (representada na forma vetorial). Costumeiramente, os corpos pontuais so representados como esferas com dimetros proporcionais massa atmica. As colises ocorrem conservando a quantidade de movimento. Considerando um referencial no qual as molculas neutras encontram‐se paradas antes e aps a coliso, a alternativa que melhor representa o arranjo de ons e molculas instantes antes e instantes depois de uma coliso que leva reao F + H3CCl CH3F + Cl

Questão 9
2020Português

(FUVEST - 2020 - 2 fase)Observe as seguintes capas que o artista Santa Rosa desenhou para o livro Angstia, de Graciliano Ramos a) Comente o episdio figurado na capa de 1941, analisando a posio de Lus da Silva na cena. b) Comente o episdio figurado na capa de 1947, analisando a posio de Lus da Silva na cena

Questão 9
2020Química

(FUVEST - 2020)Quando o nosso corpo lesionado por uma pancada, logo se cria um hematoma que, ao longo do tempo, muda de cor. Inicialmente, o hematoma torna‐se avermelhado pelo acmulo de hemoglobina. Em seguida, surge uma colorao azulada, decorrente da perda do O2 ligado ao Fe do grupo heme. Essa colorao torna‐se, ento, esverdeada (biliverdina) e, aps isso, surge um tom amarelado na pele (bilirrubina). Essa sequncia de cores ocorre pela transformao do grupo heme da hemoglobina, como representado a seguir: Com base nas informaes e nas representaes, correto afirmar:

Questão 10
2020Português

(Fuvest 2020- 2fase)Considere os seguintes trechos: (I) Era um pedreiro de Naim (...). O aoite dos intendentes rasgaralhe a carne; depois a doena levaralhe a fora, como a geada seca a macieira. E agora, sem trabalho, com os filhos de sua filha a alimentar, procurava pedras raras nos montes e gravava nelas nomes santos, stios santos, para as vender no Templo aos fiis. Em vspera de Pscoa, porm, viera um Rabi de Galileia cheio de clera que lhe arrancara o seu po!... (II) (...) E ns tivemos de fugir, apupados pelos mercadores ricos, que, bem encruzados nos seus tapetes de Babilnia, e com o seu lajedo bem pago, batiam palmas ao Rabi... Ah! Contra esses o Rabi nada podia dizer, eram ricos, tinham pago! (...) Mas eu fui expulso pelo Rabi, somente porque sou pobre! (III)(...) Bati no peito, desesperado. E a minha angstia toda era por Jesus ignorar esta desgraa, que, na violncia do seu espiritualismo, suas mos misericordiosas tinham involuntariamente criado, como a chuva benfica por vezes, fazendo nascer a sementeira, quebra e mata uma flor isolada. 1. Vaiados. Ea de Queirs, A relquia. Se quisssemos recolher tudo o que j foi encontrado [da cruz de Cristo], daria para lotar um navio. O Evangelho conta que a cruz podia ser levada por um homem. Encher a Terra com tamanha quantidade de fragmentos de madeira que nem 300 homens aguentariam levar uma desfaatez, j afirmava o telogo francs Jean Calvino, profundamente cristo, em seu Tratado das Relquias, publicado em 1543. A observao de Calvino continua viva cinco sculos depois. Os pedaos da chamada Vera Cruz, a cruz em que Jesus de Nazar foi executado segundo a tradio crist, so considerados relquias de primeira categoria pela Igreja Catlica, mas aparentemente so to numerosos que do a impresso de que Cristo foi um gigante crucificado em dois troncos de sequoias. Manuel Ansede, Fragmentos da cruz de Cristo dariam para lotar um navio inteiro. In: El pas, Caderno Cincia. Maro de 2016. Adaptado. a) Identifique as personagens que atuam como narradoras em cada um dos excertos de Ea de Queirs. b) possvel afirmar que o romance A Relquia endossa a perspectiva adotada por Manuel Ansede a respeito de elementos pertinentes tradio crist? Justifique

Questão 10
2020Química

(FUVEST- 2020) A reao de cetonas com hidrazinas, representada pela equao qumica pode ser explorada para a quantificao de compostos cetnicos gerados, por exemplo, pela respirao humana. Para tanto, uma hidrazina especfica, a 2,4‐dinitrofenilhidrazina, utilizada como reagente, gerando um produto que possui cor intensa. Considere que a 2,4‐dinitrofenilhidrazina seja utilizada para quantificar o seguinte composto: Nesse caso, a estrutura do composto colorido formado ser: