Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2007Química

(FUVEST - 2007 - 1a fase)O istopo radioativo Cu-64 sofre decaimento , conforme representado: 29Cu6430Zn64 + -10 A partir de amostra de 20,0 mg de Cu-64, observa-se que, aps 39 horas, formaram-se 17,5mg de Zn-64. Sendo assim, o tempo necessrio para que metade da massa inicial de Cu-64sofra decaimento cerca de (Observao: 29Cu64: 64 = nmero de massa; 29 = nmero atmico)

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 1a fase) Um passageiro, viajando de metr, fez o registro de tempo entreduas estaes e obteve os valores indicados na tabela. Supondo que a velocidade mdia entre duas estaes consecutivas seja sempre a mesma eque o trem pare o mesmo tempo em qualquer estao da linha, de 15 km de extenso, possvel estimar que um trem, desde a partida da Estao Bosque at a chegada EstaoTerminal, leva aproximadamente

Questão
2007Geografia

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 5) Leia o mapa. a) Indique a legenda correta para o problema ambiental representado em C. b) Desenvolva uma anlise que relacione caractersticas bsicas da atual economia da China ao problema ambiental representado em C.

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 1a fase) A janela de uma casa age como se fosse um espelho e reflete a luz do Sol nela incidente, atingindo, s vezes, a casa vizinha Para a hora do dia em que a luz do Sol incide na direo indicada na figura, o esquema que melhor representa a posio da janela capaz de refletir o raio de luz na direo de P

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 1a fase)Perto de uma esquina, um pipoqueiro, P, e um dogueiro, D, empurram distraidamente seus carrinhos, com a mesma velocidade (em mdulo), sendo que o carrinho do dogueiro tem o triplo da massa do carrinho do pipoqueiro. Na esquina, eles colidem (em O) e os carrinhos se engancham, em um choque totalmente inelstico. Uma trajetria possvel dos dois carrinhos, aps a coliso, compatvel com a indicada por:

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 1a fase) Uma equipe tenta resgatar um barco naufragado que est a 90 m de profundidade. O poro do barco tem tamanho suficiente para que um balo seja inflado dentro dele, expulse parte da gua e permita que o barco seja iado at uma profundidade de 10 m. O balo dispe de uma vlvula que libera o ar, medida que o barco sobe, para manter seu volume inalterado. No incio da operao, a 90 m de profundidade, so injetados 20.000 mols de ar no balo. Ao alcanar a profundidade de 10 m, a porcentagem do ar injetado que ainda permanece no balo : Obs:Presso na superfcie do mar = 1 atm No mar, a presso da gua aumenta em 1 atm a cada 10 m de profundidade. A presso do ar no balo sempre igual presso externa da gua.

Questão
2007Química

(FUVEST - 2007 - 1a fase)A figura mostra modelos de algumas molculas com ligaes covalentesentre seus tomos. Analise a polaridade dessas molculas, sabendo que tal propriedade depende da - diferena de eletronegatividade entre os tomos que esto diretamente ligados. (Nasmolculas apresentadas, tomos de elementos diferentes tm eletronegatividades diferentes.) - forma geomtrica das molculas. (Observao: Eletronegatividade a capacidade de um tomo para atrair os eltrons daligao covalente.) Dentre essas molculas, pode-se afirmar que so polares apenas

Questão
2007Geografia

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 10) O mapa 1 representa reas da regio nordeste do Brasil com diversas caractersticas fsicas. O mapa 2 detalha a hidrografia atual e a rede de canais artificiais que poder resultar da transposio do rio So Francisco. a) Identifique a rea anotada com a letra B, no mapa 1, e caracterize-a do ponto de vista climtico e hidrogrfico. b) Apresente um argumento favorvel ou contrrio obra da transposio do rio So Francisco, considerando caractersticas fsicas e socioeconmicas da rea B. Justifique.

Questão
2007Química

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 1) Um determinado agente antimofo consiste em um pote com tampa perfurada, contendo 80 g de cloreto de clcio anidro que, ao absorver gua, se transforma em cloreto de clcio diidratado (CaCl2 . 2H2O). Em uma experincia, o agente foi mantido durante um ms em ambiente mido. A cada 5 dias, o pote foi pesado e registrado o ganho de massa: a) Construa, na folha de respostas ao lado, o grfico que representa o ganho de massa versus o nmero de dias. b) Qual o ganho de massa quando todo o cloreto de clcio, contido no pote, tiver se transformado em cloreto de clcio diidratado? Mostre os clculos. c) A quantos dias corresponde o ganho de massa calculado no item anterior? Indique no grfico, utilizando linhas de chamada. folha de respostas

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 7) Em uma ilha distante, um equipamento eletrnico de monitoramento ambiental, que opera em 12 V e consome 240 W, mantido ligado 20 h por dia. A energia fornecida por um conjunto de N baterias ideais de 12 V. Essas baterias so carregadas por um gerador a diesel, G, atravs de uma resistncia R de 0,2 . Para evitar interferncia no monitoramento, o gerador ligado durante 4 h por dia, no perodo em que o equipamento permanece desligado. Determine a) a corrente I, em ampres, que alimenta o equipamento eletrnico C. b) o nmero mnimo N, de baterias, necessrio para manter o sistema, supondo que as baterias armazenem carga de 50 Ah cada uma. c) a tenso V, em volts, que deve ser fornecida pelo gerador, para carregar as baterias em 4 h. NOTE E ADOTE (1 ampre x 1 segundo = 1 coulomb) O parmetro usado para caracterizar a carga de uma bateria, produto da corrente pelo tempo, o amprehora (Ah). Suponha que a tenso da bateria permanea constante at o final de sua carga.

Questão
2007Física

(FUVEST - 2007 - 1a fase)Em um terminal de cargas, uma esteira rolante utilizada para transportar caixas iguais, de massa M = 80 kg,com centros igualmente espaados de 1 m.Quando a velocidade da esteira 1,5 m/sa potncia dos motores para mant-la em movimento .Em um trecho de seu percurso, necessrio planejar uma inclinao para que a esteira eleve a carga a uma altura de 5 m,como indicado. Para acrescentar essa rampa e manter a velocidade da esteira, os motores devem passar a fornecer uma potncia adicional aproximada de

Questão 1
2006Geografia

(FUVEST - 2006) a) Analise os momentos I e II da charge do continente africano. b) Como os momentos I e II podem ser caracterizados na frica do Sul?

Questão 1
2006História

(FUVEST - 2006)Tendo em vista as cidades-estado (polis), comente a seguinte passagem do livro Histria (Livro VIII, 144), na qual Herdoto verifica a existncia da unidade de todos os helenos pelo sangue e pela lngua, e os templos dos deuses e os sacrifcios oferecidos em comum, e a semelhana de nossa maneira de viver. Faa o comentrio em termos a) da identidade dos gregos. b) do significado da polis.

Questão 1
2006Matemática

(FUVEST - 2006)Um tapete deve ser bordado sobre uma tela de 2 m por 2 m, com as cores marrom, mostarda, verde e laranja, da seguinte forma: o padro quadrado de 18 cm por 18 cm, mostrado abaixo, ser repetido tanto na horizontal quanto na vertical; e uma faixa mostarda, de 5 cm de largura, ser bordada em toda a volta do tapete, como na figura. a) Qual o tamanho do maior tapete quadrado, como descrito acima, que pode ser bordado na tela? Quantas vezes o padro ser repetido? b) Se com um novelo de l pode-se bordar 400 cm , qual o nmero mnimo de novelos de l mostarda necessrio para confeccionar esse tapete?

Questão 1
2006Português

(FUVEST - 2006) Atribuir ao doente a culpa dos males que o afligem procedimento tradicional na histria da humanidade. A obesidade no foge regra. Na Idade Mdia, a sociedade considerava a hansenase um castigo de Deus para punir os mpios. No sculo 19, quando proliferaram os aglomerados urbanos e a tuberculose adquiriu caractersticas epidmicas, dizia-se que a enfermidade acometia pessoas enfraquecidas pela vida devassa que levavam. Com a epidemia de Aids, a mesma histria: apenas os promscuos adquiririam o HIV. Coube cincia demonstrar que so bactrias os agentes causadores de tuberculose e da hansenase, que a Aids transmitida por um vrus e que esses microorganismos so alheios s virtudes e fraquezas humanas: infectam crianas, mulheres ou homens, no para puni-los ou v-los sofrer, mas porque pretendem crescer e multiplicar-se como todos os seres vivos. Tanto se lhes d se o organismo que lhes oferece condies de sobrevivncia pertence vestal ou ao pecador contumaz. (...) Drauzio Varella, Folha de S. Paulo, 12/11/2005. a) Crie uma frase com a palavra obesidade que possa ser acrescentada ao final do 2 pargrafo sem quebra de coerncia. b) Fazendo as adaptaes necessrias e respeitando a equivalncia de sentido que a expresso Tanto se lhes d (...) tem no texto, proponha uma frase, substituindo o pronome lhes pelo seu referente.

NOVIDADES
Kuadro