Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 2
2003História

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Observe o mapa e explique: a) Por que no esto representados todos os continentes? b) Quais os conhecimentos necessrios na poca, final do sculo 15, para se confeccionar um mapa com essas caractersticas?

Questão 2
2003Biologia

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )A seqncia de eventos cromossmicos que ocorrem na duplicao de uma clula somtica animal est representada nos desenhos abaixo. a) Em qual das fases representadas ocorre a duplicao do DNA? b) Considere um gene autossmico H. Quantas cpias desse gene existem no final da fase A? Na fase B? Na fase C? Na fase D? Em cada uma das clulas formadas na fase E?

Questão 2
2003Física

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Um recipiente cilndrico contm 1,5 L (litro) de gua temperatura de 40C. Uma tampa, colocada sobre a superfcie da gua, veda o lquido e pode se deslocar verticalmente sem atrito. Um aquecedor eltrico E, de 1800 W, fornece calor gua. O sistema est isolado termicamente de forma que o calor fornecido gua no se transfere ao recipiente. Devido ao peso da tampa e presso atmosfrica externa, a presso sobre a superfcie da gua permanece com o valor P0=1,00Pa. Ligando-se o aquecedor, a gua esquenta at atingir, depois de um intervalo de tempo tA, a temperatura de ebulio (100C). A seguir a gua passa a evaporar, preenchendo a regio entre a superfcie da gua e a tampa, at que, depois de mais um intervalo de tempo tB, o aquecedor desligado. Neste processo, 0,27 mol de gua passou ao estado de vapor. Determine a) o intervalo de tempo tA, em segundos, necessrio para levar a gua at a ebulio. b) o intervalo de tempo tB, em segundos, necessrio para evaporar 0,27 mol de gua. c) o trabalho , em joules, realizado pelo vapor de gua durante o processo de ebulio.

Questão 2
2003Português

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Leia o texto a seguir: Zo Uma cascavel, nas encolhas*. Sua massa infame. Crime: prenderam, na gaiola da cascavel, um ratinho branco. O pobrinho se comprime num dos cantos do alto da parede de tela, no lugar mais longe que pde. Olha para fora, transido, arrepiado, no ousando choramingar. Periodicamente, treme. A cobra ainda dorme. * Meu Deus, que pelo menos a morte do ratinho branco seja instantnea! * Tenho de subornar um guarda, para que liberte o ratinho branco da jaula da cascavel. Talvez ainda no seja tarde. * Mas, ainda que eu salve o ratinho branco, outro ter de morrer em seu lugar. E, deste outro, terei sido eu o culpado. (*) nas encolhas = retrada, imvel (Fragmentos extrados de Ave, palavra, de Guimares Rosa) Por meio de frases como A cobra ainda dorme, Talvez ainda no seja tarde e ainda que eu salve o ratinho branco, o narrador

Questão 2
2003Geografia

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )A explorao dos recursos naturais ocupa posio de destaque na Regio Norte do pas. Aponte e explique uma caracterstica da minerao de ferro relacionada a) atividade econmica. b) aos impactos ambientais que acarreta.

Questão 2
2003Matemática

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Um caminho transporta mas, pras e laranjas, num total de 10.000 frutas. As frutas esto condicionadas em caixas (cada caixa s contm um tipo de fruta), sendo que cada caixa de mas, pras e laranjas, tem, respectivamente 50 mas, 60 pras e 100 laranjas e custam, respectivamente, 20, 40 e 10 reais. Se a carga do caminho tem 140 caixas e custa 3300 reais, calcule quantas mas, pras e laranjas esto sendo transportadas.

Questão 2
2003Português

(FUVEST - 2003 - 2 FASE ) Conta-me Cladio Mello e Souza. Estando em um caf de Lisboa a conversar com dois amigos brasileiros, foram eles interrompidos pelo garom, que perguntou, intrigado: - Que raio de lngua essa que esto a a falar, que eu percebo(*) tudo? ______________________ (*) percebo = compreendo (Rubem Braga) a) A graa da fala do garom reside num paradoxo. Destaque dessa fala as expresses que constituem esse paradoxo. Justifique. b) Transponha a fala do garom para o discurso indireto. Comece com: O garom lhes perguntou, intrigado, que raio de lngua....

Questão 3
2003Português

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Responda ao que se pede: a) Noticiando o lanamento de um dicionrio de filmes brasileiros, um jornal fez o seguinte comentrio a propsito do filme Aluga-se moas, de 1981: O ttulo traz um dos maiores erros ortogrficos j vistos no cinema brasileiro. O ttulo correto do longa seria Alugam-se moas. O comentrio e a correo feitos pelo jornal so justificveis do ponto de vista gramatical? Por qu? b) Ao lado de um caixa eletrnico de um grande banco, pode ser lido o seguinte aviso: Em caso de dvida, somente aceite ajuda de funcionrio do banco. Reescreva a frase, posicionando adequadamente o termo sublinhado, de modo a eliminar a ambigidade nela existente.

Questão 3
2003Química

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )As florestas, que cobrem partes de nosso planeta, participam da remoo do dixido de carbono do ar atmosfrico que respiramos. No entanto, em uma nave espacial, preciso utilizar determinadas substncias para retirar o dixido de carbono do ar que os astronautas respiram. Isto pode ser feito por meio de qualquer das seguintes transformaes: perxido de sdio + dixido de carbono carbonato de sdio + oxignio hidrxido de magnsio + dixido de carbono carbonato de magnsio + gua hidrxido de ltio + dixido de carbono carbonato de ltio + gua a) Utilizando frmulas qumicas, escreva as equaes balanceadas que representam essas transformaes. b) Uma nave espacial deve carregar o mnimo de carga. Assim, qual dos reagentes das trs transformaes acima seria o mais adequado para uma viagem interplanetria? Explique. c) Um astronauta produz cerca de 400 L de , medidos a 25 C e 1 atm, a cada 24 horas. Calcule a massa do reagente, escolhido no item b, que ser necessria para remover esse volume de . Dados: Volume molar de gs a 25 C e 1 atm: 25 L/mol Massas molares (g/mol) H...1,0 Li...7,0 C...12 O...16 Na...23 Mg...24

Questão 3
2003História

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )A palavra [escravido] carrega (...) a histria dolorosssima de vrios milnios, durante os quais, em quase todos os cantos do mundo, o mais cruel e desumanizador sistema de recrutar e controlar trabalho predominou sobre todos os demais. To ampla foi sua vigncia no espao e no tempo que hoje todos, na Europa, na sia, na frica e nas Amricas, fora de grupos como os pigmeus ou os bosqumanos, somos descendentes de escravos e de senhores e mercadores de escravos. Alberto da Costa e Silva, A manilha e o libambo . Partindo da afirmao do autor, destaque as particularidades da escravido na Antigidade e na poca Moderna, indicando suas semelhanas e diferenas.

Questão 3
2003Português

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Leia o texto a seguir: Zo Uma cascavel, nas encolhas*. Sua massa infame. Crime: prenderam, na gaiola da cascavel, um ratinho branco. O pobrinho se comprime num dos cantos do alto da parede de tela, no lugar mais longe que pde. Olha para fora, transido, arrepiado, no ousando choramingar. Periodicamente, treme. A cobra ainda dorme. * Meu Deus, que pelo menos a morte do ratinho branco seja instantnea! * Tenho de subornar um guarda, para que liberte o ratinho branco da jaula da cascavel. Talvez ainda no seja tarde. * Mas, ainda que eu salve o ratinho branco, outro ter de morrer em seu lugar. E, deste outro, terei sido eu o culpado. (*) nas encolhas = retrada, imvel (Fragmentos extrados de Ave, palavra, de Guimares Rosa) O ltimo pargrafo permite inferir que a convico final do narrador a de que

Questão 3
2003Matemática

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )a) A reta r passa pela origem do plano cartesiano e tem coeficiente angular m 0 . A circunferncia C passa pelos pontos (1, 0 ) e (3,0) e tem centro no eixo x. Para qual valor de m a reta r tangente a C? b) Suponha agora que o valor de m seja menor que aquele determinado no item anterior. Calcule a rea do tringulo determinado pelo centro de C e pelos pontos de interseco de r com C.

Questão 3
2003Geografia

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Leia a letra da msica Mano na porta do bar: Voc viu aquele mano na porta do bar, Ultimamente andei ouvindo ele reclamar Que a sua falta de dinheiro era problema, Que a sua vida pacata j no vale a pena, Queria ter um carro confortvel, Queria ser um cara mais notado . Tudo bem, at a nada posso dizer, Um cara de destaque tambm quero ser (...) A lei da selva, consumir necessrio; Compre mais, compre mais, Supere seu adversrio. O seu status depende da tragdia de algum. isso, capitalismo selvagem. Mano Brown. CD Racionais MCs. Faixa 3, Zimbabwe, So Paulo, s/d. a) Qual a crtica expressa em relao sociedade atual? b) Relacione a letra da msica a um aspecto do cotidiano da periferia urbana das metrpoles brasileiras. Discorra sobre esse aspecto.

Questão 3
2003Biologia

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Considere uma levedura, que um fungo unicelular, multiplicando-se num meio nutritivo, onde a nica fonte de carbono a sacarose, acar que no atravessa a membrana celular. a) De que processo inicial depende o aproveitamento da sacarose pela levedura? b) Que composto de carbono eliminado pela levedura caso ela utilize os produtos originados da sacarose nas reaes de oxidao que ocorrem em suas mitocndrias?

Questão 3
2003Física

(FUVEST - 2003 - 2 FASE )Considere uma bolinha, de pequeno raio, abandonada de uma certa altura, no instante t=0, a partir do repouso, acima de uma pesada placa metlica horizontal. A bolinha atinge a placa, pela primeira vez, com velocidade V = 10 m/s, perde parte de sua energia cintica, volta a subir verticalmente e sofre sucessivos choques com a placa. O mdulo da velocidade logo aps cada choque vale 80% do mdulo da velocidade imediatamente antes do choque (coeficiente de restituio = 0,80). A acelerao da gravidade no local g = 10m/. Suponha que o movimento ocorra no vcuo. a) Construa, na figura da folha de respostas, o grfico da velocidade da bolinha em funo do tempo, desde o instante t=0, em que ela abandonada, at o terceiro choque com a placa. Considere positivas as velocidades com sentido para cima e negativas, as para baixo. b) Determine o mdulo V3 da velocidade da bolinha logo aps o terceiro choque. c) Analisando atentamente o grfico construdo, estime o instante T, a partir do qual a bolinha pode ser considerada em repouso sobre a placa.

NOVIDADES
Kuadro