Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

Questão 6
2004Português

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 6)No conto A hora e vez de Augusto Matraga, de Guimares Rosa, o protagonista um homem rude e cruel, que sofre violenta surra de capangas inimigos e abandonado como morto, num brejo. Recolhido por um casal de matutos, Matraga passa por um lento e doloroso processo de recuperao, em meio ao qual recebe a visita de um padre, com quem estabelece o seguinte dilogo: - Mas, ser que Deus vai ter pena de mim, com tanta ruindade que fiz, e tendo nas costas tanto pecado mortal? - Tem, meu filho. Deus mede a espora pela rdea, e no tira o estribo do p de arrependido nenhum... (...) Sua vida foi entortada no verde, mas no fique triste, de modo nenhum, porque a tristeza aboio de chamar demnio, e o Reino do Cu, que o que vale, ningum tira de sua algibeira, desde que voc esteja com a graa de Deus, que ele no regateia a nenhum corao contrito. a) A linguagem figurada amplamente empregada pelo padre adequada ao seu interlocutor? Justifique sua resposta. b) Transcreva uma frase do texto que tenha sentido equivalente ao da frase no regateia a nenhum corao contrito.

Questão 7
2004Português

(FUVEST - 2004 - 1a fase) Uma flor, o Quincas Borba. Nunca em minha infncia, nunca em toda a minha vida, achei um menino mais gracioso, inventivo e travesso. Era a flor, e no j da escola, seno de toda a cidade. A me, viva, com alguma cousa de seu, adorava o filho e trazia-o amimado, asseado, enfeitado, com um vistoso pajem atrs, um pajem que nos deixava gazear a escola, ir caar ninhos de pssaros, ou perseguir lagartixas nos morros do Livramento e da Conceio, ou simplesmente arruar, toa, como dous peraltas sem emprego. E de imperador! Era um gosto ver o Quincas Borba fazer de imperador nas festas do Esprito Santo. De resto, nos nossos jogos pueris, ele escolhia sempre um papel de rei, ministro, general, uma supremacia, qualquer que fosse. Tinha garbo o traquinas, e gravidade, certa magnificncia nas atitudes, nos meneios. Quem diria que Suspendamos a pena; no adiantemos os sucessos. Vamos de um salto a 1822, data da nossa independncia poltica, e do meu primeiro cativeiro pessoal. (Machado de Assis,Memrias pstumas de Brs Cubas) Em Era a flor, e no j da escola, seno de toda a cidade., a palavra assinalada pode ser substituda, sem que haja alterao de sentido, por:

Questão 7
2004Matemática

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7)Na figura abaixo, os pontos A, B e C so vrtices de um tringulo retngulo, sendo B o ngulo reto. Sabendo-se que ) A = (0,0) , B pertence reta x 2y = 0 eP = (3,4) o centro da circunferncia inscrita no tringulo ABC, determinar as coordenadas a) do vrtice B. b) do vrtice C.

Questão 7
2004Geografia

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7) Nos climas tropicais midos, so comuns os solos espessos. Entretanto, alguns fatores naturais podem mudar essa tendncia geral. Observe a figura abaixo, representativa dessas reas. a) Cite dois fatores que causam a diferena de espessura do solo entre o perfil I e II. b) Explique um dos fatores citados.

Questão 7
2004História

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7) Na comunidade domstica de constituio patriarcal, ainda bem viva durante nosso Imprio, os escravos constituam uma simples ampliao do crculo familiar. Por isso e tambm por motivos compreensveis de interesse econmico, o bem estar dos escravos devia ser mais caro ao fazendeiro do que o dos colonos. Sergio Buarque de Holanda. Introduo da obra Memria de um colono no Brasil de Thomas Davatz. Com base no texto, a) Indique quais os conflitos decorrentes da tradio escravista dos fazendeiros com relao ao emprego da mo-de-obra livre. b) Explique o que levou os colonos a deixarem a Europa e virem para o Brasil, apesar dos problemas apontados.

Questão 7
2004Biologia

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7) a) O esquema mostra, de maneira simplificada, o ciclo de que elemento qumico? b) Que informao, dada pelo esquema, permite identificar esse elemento qumico? c) Cite duas classes de macromolculas presentes nos seres vivos, que contenham esse elemento qumico.

Questão 7
2004Química

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7)O Veculo Lanador de Satlites brasileiro emprega, em seus propulsores, uma mistura de perclorado de amnio slido (NH4CO4) e alumnio em p, junto com um polmero, para formar combustvel slido. a) Na decomposio trmica do perclorato de amnio, na ausncia de alumnio, formam-se quatro produtos. Um deles a gua e os outros trs so substncias simples diatmicas, duas das quais so componentes naturais do ar atmosfrico. Escreva a equao balanceada que representa essa decomposio. b) Quando se d a ignio do combustvel slido, todo o oxignio liberado na decomposio trmica do perclorato de amnio reage com o alumnio, produzindo xido de alumnio (A2O3). Escreva a equao balanceada representativa das transformaes que ocorrem pela ignio do combustvel slido. c) Para uma mesma quantidade de NH4CO4, haver uma diferena de calor liberado se sua decomposio for efetuada na presena ou na ausncia de alumnio. Quanto calor a mais ser liberado se 2 mols de NH4CO4forem decompostos na presena de alumnio? Mostre o clculo. Dado: Calor de formao do xido de alumnio = -1,68 x 103 kJ/mol

Questão 7
2004Português

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7)Considere o seguinte fragmento do antepenltimo captulo de Memrias de um sargento de milcias, no qual se narra a visita que D. Maria, Maria Regalada e a comadre fizeram ao Major Vidigal, para interceder por Leonardo (filho): O major recebeu-as de rodaque de chita e tamancos, no tendo a princpio suposto o quilate da visita; apenas porm reconheceu as trs, correu apressado camarinha vizinha, e envergou o mais depressa que pde a farda: como o tempo urgia, e era uma incivilidade deixar ss as senhoras, no completou o uniforme, e voltou de novo sala de farda, calas de enfiar, tamancos, e um leno de Alcobaa sobre o ombro, segundo seu uso. A comadre, ao v-lo assim, apesar da aflio em que se achava, mal pde conter uma risada que lhe veio aos lbios. ______________________________ Rodaque = espcie de casaco. Camarinha = quarto. Calas de enfiar = calas de uso domstico. a) Considerando o fragmento no contexto da obra, interprete o contraste que se verifica entre as peas do vesturio com que o major voltou sala para conversar com as visitas. b) Qual a relao entre o referido vesturio do major e a sua deciso de favorecer Leonardo (filho), fazendo concesses quanto aplicao da lei?

Questão 7
2004Física

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 7)Um sistema de alimentao de energia de um resistor R = 20 formado por duas baterias, B1 e B2, interligadas atravs de fios, com as chaves Ch1 e Ch2, como representado na figura. A bateria B1 fornece energia ao resistor, enquanto a bateria B2 tem a funo de recarregar a bateria B1. Inicialmente, com a chave Ch1 fechada (e Ch2 aberta), a bateria B1 fornece corrente ao resistor durante 100 s. Em seguida, para repor toda a energia qumica que a bateria B1 perdeu, a chave Ch2 fica fechada (e Ch1 aberta), durante um intervalo de tempo T. Em relao a essa operao, determine: a) O valor da corrente I1, em ampres, que percorre o resistor R, durante o tempo em que a chave Ch1 permanece fechada. b) A carga Q, em C, fornecida pela bateria B1, durante o tempo em que a chave Ch1 permanece fechada. c) O intervalo de tempo T, em s, em que a chave Ch2 permanece fechada. NOTE E ADOTE: As baterias podem ser representadas pelos modelos abaixo, comfem1 = 12 V e r1= 2efem2 = 36 V e r2= 4

Questão 8
2004História

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8) Reproduo de Cartaz da Revoluo de 1932. Observando o cartaz: a) Identifique os trs personagens. b) Explique a frase Abaixo a Ditadura.

Questão 8
2004Matemática

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8)Na figura abaixo, cada uma das quatro circunferncias externas tem mesmo raio r e cada uma delas tangente a outras duas e circunferncia interna C. Se o raio de C igual a 2, determinar a) o valor de r. b) a rea da regio hachurada.

Questão 8
2004Física

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8)Um certo relgio de pndulo consiste em uma pequena bola, de massa M = 0,1 kg, que oscila presa a um fio. O intervalo de tempo que a bolinha leva para, partindo da posio A, retornar a essa mesma posio seu perodo T0, que igual a 2s. Neste relgio, o ponteiro dos minutos completa uma volta (1 hora) a cada 1800 oscilaes completas do pndulo. Estando o relgio em uma regio em que atua um campo eltrico E, constante e homogneo, e a bola carregada com carga eltrica Q, seu perodo ser alterado, passando a TQ. Considere a situao em que a bolinha esteja carregada com carga Q = 3 x 10-5 C, em presena de um campo eltrico cujo mdulo E = 1 x 105 V/m. Ento, determine: a) A intensidade da fora efetiva Fe, em N, que age sobre a bola carregada. b) A razo R = TQ/T0 entre os perodos do pndulo, quando a bola est carregada e quando no tem carga. c) A hora que o relgio estar indicando, quando forem de fato trs horas da tarde, para a situao em que o campo eltrico tiver passado a atuar a partir do meio-dia. NOTE E ADOTE: Nas condies do problema, o perodo T do pndulo pode ser expresso por

Questão 8
2004Química

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8)Para demonstrar a combusto de substncias em oxignio puro, este gs pode ser gerado a partir de gua sanitria e gua oxigenada, que contm, respectivamente, hipoclorito de sdio e perxido de hidrognio. A reao que ocorre pode ser representada por NaCO+ H2O2 NaC+ H2O + O2(g) assim que, num frasco, coloca-se certo volume de gua oxigenada e acrescenta-se, aos poucos, certo volume de gua sanitria. Observa-se forte efervescncia. Ao final da adio, tampa-se o frasco com um pedao de papelo. Em seguida, palha de ao, presa a um fio de cobre, aquecida em uma chama at ficar em brasa. O frasco com oxignio destampado e, rapidamente, a palha de ao rubra nele inserida. Ento, observa-se luminosidade branca intensa, com partculas de ferro incandescentes espalhando-se pelo frasco. a) Calcule o volume de gua sanitria quando se usa, no experimento, um frasco de volume adequado, sabendo-se que deve ser gerado, nas condies ambiente, um volume de 500 mL de oxignio, volume este suficiente para expulsar o ar e preencher o frasco. b) Explique por que, ao ar atmosfrico, o ferro fica apenas vermelho rubro, mas queima rapidamente, quando exposto a oxignio puro. Dados: volume molar do oxignio nas condies ambiente: 25,0 L/mol massa molar do C: 35,5 g/mol densidade da gua sanitria: 1,0 g/mol composio da gua sanitria: 2,13 g de C, na forma de hipoclorito, em 100 g de soluo aquosa.

Questão 8
2004Geografia

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8) a) Identifique as duas maiores reas urbanas da regio Norte do pas. b) Apresente e explique uma caracterstica fsica e uma caracterstica econmica de cada rea citada.

Questão 8
2004Biologia

(FUVEST - 2004 - 2 fase - Questo 8)Num ambiente aqutico, vivem algas do fitoplncton, moluscos filtradores, peixes carnvoros e microrganismos decompositores. Considerando um tomo de carbono, desde sua captura como substncia inorgnica at sua liberao na mesma forma, depois de passar por forma orgnica, indique: a) a substncia inorgnica que capturada do ambiente, a maior seqncia de organismos nessa comunidade, pela qual esse tomo passa e a substncia inorgnica que liberada no ambiente; b) os processos que um nico ser vivo, dessa comunidade, pode realizar para capturar e eliminar esse tomo.