Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 5
2015Matemática

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) A funo ݂f est definida da seguinte maneira: para cada inteiro mpar ݊n, a) Esboce o grfico de ݂f para b) Encontre os valores de x,, tais que f(x) =

Questão 5
2015Física

(Fuvest 2015 2fase)Uma criana de 30 kg est em repouso no topo de um escorregador plano de 2,5 m de altura, inclinado 30 em relao ao cho horizontal. Num certo instante, ela comea a deslizar e percorre todo o escorregador. Determine a) a energia cintica E e o mdulo Q da quantidade de movimento da criana, na metade do percurso; b) o mdulo F da fora de contato entre a criana e o escorregador; c) o mdulo a da acelerao da criana.

Questão 5
2015História

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) A cidade do Rio de Janeiro abre o sculo XX defrontando‐se com perspectivas extremamente promissoras. Aproveitando‐se de seu papel privilegiado na intermediao dos recursos da economia cafeeira e de sua condio de centro poltico do pas, a sociedade carioca via acumularem‐se no seu interior vastos recursos enraizados principalmente no comrcio e nas finanas, mas derivando j para as aplicaes industriais. A mudana da natureza das atividades econmicas do Rio foi de monta, portanto, a transform‐lo no maior centro cosmopolita da nao, em ntimo contato com a produo e o comrcio europeus e americanos, absorvendo‐os e irradiando‐os para todo o pas. Muito cedo, no entanto, ficou evidente o anacronismo da velha estrutura urbana do Rio de Janeiro diante das demandas dos novos tempos. Nicolau Sevcenko. Literatura como misso. Tenses sociais e criao cultural na Primeira Repblica. So Paulo: Brasiliense, 1983. Adaptado. a) Cite dois exemplos que justifiquem o mencionado anacronismo da velha estrutura urbana do Rio de Janeiro. b) Cite duas importantes mudanas socioeconmicas pelas quais a cidade do Rio de Janeiro passou no princpio do sculo XX.

Questão 6
2015Química

(FUVEST 2015 - 2 fase) O glicerol pode ser polimerizado em uma reao de condensao catalisada por cido sulfrico, com eliminao de molculas de gua, conforme se representa a seguir: a) Considerando a estrutura do monmero, pode‐se prever que o polmero dever ser formado por cadeias ramificadas. Desenhe a frmula estrutural de um segmento do polmero, mostrando quatro molculas do monmero ligadas e formando uma cadeia ramificada. Para investigar a influncia da concentrao do catalisador sobre o grau de polimerizao do glicerol (isto , a porcentagem de molculas de glicerol que reagiram), foram efetuados dois ensaios: Ao final desses ensaios, os polmeros 1 e 2 foram analisados separadamente. Amostras de cada um deles foram misturadas com diferentes solventes, observando‐se em que extenso ocorria a dissoluo parcial de cada amostra. A tabela a seguir mostra os resultados dessas anlises: b) Qual dos polmeros formados deve apresentar menor grau de polimerizao? Explique sua resposta, fazendo referncia solubilidade das amostras em etanol.

Questão 6
2015Física

(Fuvest 2015 2 fase) A regio entre duas placas metlicas, planas e paralelas est esquematizada na figura ao lado. As linhas tracejadas representam o campo eltrico uniforme existente entre as placas. A distncia entre as placas 5 mm e a diferena de potencial entre elas 300 V. As coordenadas dos pontos A, B e C so mostradas na figura. Determine a) os mdulos EA, EBe ECdo campo eltrico nos pontos A, B e C, respectivamente; b) as diferenas de potencial VABe VBCentre os pontos A e B e entre os pontos B e C, respectivamente; c) o trabalho realizado pela fora eltrica sobre um eltron que se desloca do ponto C ao ponto A.

Questão 6
2015Biologia

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) O rgido exoesqueleto dos artrpodes periodicamente substitudo para que seu corpo possa crescer. Aps as mudas, com o revestimento do corpo ainda flexvel, o animal cresce. O grfico abaixo representa o crescimento desses animais. Nas coordenadas da pgina de respostas, represente a) o crescimento de alguns moluscos, cujo exoesqueleto agrega material de maneira contnua, permitindo o crescimento continuado do animal; b) o crescimento de mamferos, que tm endoesqueleto sseo e crescem at se tornarem adultos.

Questão 6
2015História

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) Em 25 de abril de 1984, a Cmara dos Deputados do Brasil rejeitou a Emenda Constitucional que propunha o restabelecimento das eleies diretas para a presidncia da Repblica. Durante quase nove meses, situao e oposio realizaram articulaes polticas, visando escolha do novo presidente. Em 15 de janeiro de 1985, Tancredo Neves foi eleito presidente do Brasil por um Colgio Eleitoral. a) Explique em que consistia esse Colgio Eleitoral e como ele era composto. b) Identifique e caracterize a articulao poltica vitoriosa na eleio presidencial de 1985.

Questão 6
2015Matemática

(FUVEST - 2015 - 2 FASE) Um alfabeto minimalista constitudo por apenas dois smbolos, representados por *e #. Uma palavra de comprimento ݊, ݊n, 1, formada por nescolhas sucessivas de um desses dois smbolos. Por exemplo, # uma palavra de comprimento 1 e #**# uma palavra de comprimento 4. Usando esse alfabeto minimalista, a) quantas palavras de comprimento menor do que 6 podem ser formadas? b) qual o menor valor de ܰn para o qual possvel formar 1.000.000 de palavras de tamanho menor ou igual a n?

Questão 6
2015Português

(FUVEST 2015 - 2 fase) Examine a tirinha. a) De acordo com o contexto, o que explica o modo de falar das personagens representadas pelas duas traas? b) Mantendo o contexto em que se d o dilogo, reescreva as duas falas do primeiro quadrinho, empregando o portugus usual e gramaticalmente correto.

Questão 6
2015História

(FUVEST 2015) Se o açúcar do Brasil o tem dado a conhecer a todos os reinos e províncias da Europa, o tabaco o tem feito muito afamado em todas as quatro partes do mundo, em as quais hoje tanto se deseja e com tantas diligências e por qualquer via se procura. Há pouco mais de cem anos que esta folha se começou a plantar e beneficiar na Bahia [...] e, desta sorte, uma folha antes desprezada e quase desconhecida tem dado e dá atualmente grandes cabedais aos moradores do Brasil e incríveis emolumentos aos Erários dos príncipes. (André João Antonil. Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas. São Paulo: EDUSP, 2007. Adaptado.) O texto acima, escrito por um padre italiano em 1711, revela que

Questão 7
2015HistóriaPortuguês

(FUVEST 2015) Considerando-se o intervalo entre o contexto em que transcorre o enredo da obra Memórias de um sargento demilícias, de Manuel Antônio de Almeida, e a época de sua publicação, é correto afirmar que a esse período corresponde o processo de

Questão 7
2015Português

(FUVEST 2015 - 2 fase) Andai, ganha-pes, andai; reduzi tudo a cifras, todas as consideraes deste mundo a equaes de interesse corporal, comprai, vendei, agiotai. No fim de tudo isto, o que lucrou a espcie humana? Que h mais umas poucas de dzias de homens ricos. E eu pergunto aos economistas polticos, aos moralistas, se j calcularam o nmero de indivduos que foroso condenar misria, ao trabalho desproporcionado, desmoralizao, infmia, ignorncia crapulosa, desgraa invencvel, penria absoluta, para produzir um rico? Que lho digam no Parlamento ingls, onde, depois de tantas comisses de inqurito, j deve de andar orado o nmero de almas que preciso vender ao diabo, o nmero de corpos que se tm de entregar antes do tempo ao cemitrio para fazer um tecelo rico e fidalgo como Sir Roberto Peel, um mineiro, um banqueiro, um granjeeir ou seja o que for: cada homem rico, abastado, custa centos de infelizes, de miserveis. Almeida Garrett, Viagens na minha terra., a) Destas reflexes feitas pelo narrador de Viagens na minha terra, deduz-se que ele tinha em mente um determinado ideal de sociedade. O que caracteriza esse ideal? Explique resumidamente. b) Identifique, em Viagens na minha terra, o tipo social sobre o qual, principalmente, ir recair a crtica presente nas reflexes do narrador, no trecho aqui reproduzido. O que, de acordo com o livro, caracteriza esse tipo social?

Questão 8
2015Português

(FUVEST 2015 - 2 fase) Responda ao que se pede a) Qual a relao entre o sistema de filosofia do Humanitismo, tal como figurado nas Memrias pstumas de Brs Cubas, de Machado de Assis, e as correntes de pensamento filosfico e cientfico presentes no contexto histrico-cultural em que essa obra foi escrita? Explique resumidamente. b) De que maneira, em O cortio, de Alusio Azevedo, so encaradas as correntes de pensamento filosfico e cientfico de grande prestgio na poca em que o romance foi escrito? Explique sucintamente.

Questão 8
2015História

(FUVEST 2015) A colonização, apesar de toda violência e disrupção, não excluiu processos de reconstrução e recriação cultural conduzidos pelos povos indígenas. É um erro comum crer que a história da conquista representa, para os índios, uma sucessão linear de perdas em vidas, terras e distintividade cultural. A cultura xinguana que aparecerá para a nação brasileira nos anos 1940 como símbolo de uma tradição estática, original e intocada é, ao inverso, o resultado de uma história de contatos e mudanças, que tem início no século X d.C. e continua até hoje. (Carlos Fausto. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.) Com base no trecho acima, é correto afirmar que

Questão 9
2015História

(FUVEST 2015) O Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) foi criado em 1984, inserido em um contexto de

NOVIDADES
Kuadro