Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

Questão
1999História

(Fuvest 1999) A peste, a fome e a guerra constituíram os elementos mais visíveis e terríveis do que se conhece como a crise do século XIV. Como consequência dessa crise, ocorrida na Baixa Idade Média,

Questão
1999Química

(FUVEST 1999) Em um laboratrio, trs frascos com lquidosincolores esto sem os devidos rtulos. Ao lado deles, esto os trs rtulos com as seguintes identificaes: cidoetanoico, pentano e 1-butanol. Para poder rotular corretamente os frascos, determinam-se, para esses lquidos,o ponto de ebulio (P.E.) sob 1 atm e a solubilidadeem gua (S) a 25 C. Lquido P.E./oC S/(g/100 mL) X 36 0,035 Y 117 7,3 Z 118 Infinita Com base nessas propriedades, conclui-se que os lquidosX, Y e Z so, respectivamente:

Questão
1999Matemática

(Fuvest 1999) Um estudante terminou um trabalho que tinha n páginas. Para numerar todas essas páginas, iniciando com a página 1, ele escreveu 270 algarismos. Então o valor de n é:

Questão
1999Geografia

(FUVEST) Alguns anos vivi em Itabira. Principalmente vivi em Itabira. Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro. Noventa por cento de ferro nas caladas. Oitenta por cento de ferro nas almas... Carlos Drummond de Andrade Os versos acima referem-se cidade de Itabira,

Questão
1999Português

(Fuvest 1999) Transforma-se o amador na cousa amada, por virtude do muito imaginar; no tenho, logo, mais que desejar, pois em mim tenho a parte desejada. Se nela est minhalma transformada, que mais deseja o corpo de alcanar? Em si somente pode descansar, pois consigo tal alma est liada. Mas esta linda e pura semideia, que, como um acidente em seu sujeito, assi co a alma minha se conforma, est no pensamento como ideia: e o vivo e puro amor de que sou feito, como a matria simples busca a forma. (Cames, ed. A. J. da Costa Pimpo) A relao semntica expressa pelo termo LOGO no verso No tenho, LOGO, mais que desejar ocorre igualmente em:

Questão
1999Matemática

(Fuvest 1999) A diferença entre 1/3 e seu valor aproximado 0,333 é igual a x% do valor exato. Então o valor de x é:

Questão
1999Matemática

(FUVEST - 1999) O nmero de faces triangulares de uma pirmide 11. Pode-se, ento, afirmar que esta pirmide possui

Questão
1999Geografia

(Fuvest 1999) Os itens referem-se a uma realidade regional brasileira em dois momentos distintos. Dcada de 50 - agricultura de subsistncia - terras frteis em poucas reas - pecuria extensiva - pastos naturais - rea sem futuro promissor (Adap. de Atlas do Brasil/ IBGE, 1959). Dcada de 90 - existncia de seis meses de seca, de abril a setembro - 37% do bioma j perdeu sua cobertura primitiva - uso atual: extensas reas de soja, milho, arroz e pastagens (Adap. de Tarifa, 1994). Os comentrios anteriores referem-se:

Questão
1999Matemática

(FUVEST - 1999) Dados dois nmeros reais a e b que satisfazem as desigualdades 1 a 2 e 3 b 5, pode-se afirmar que

Questão
1999Português

(Fuvest 1999) O espectador de olhar imediatista talvez tenha dificuldade para apreender a principal qualidade de KENOMA. Tal mérito não ocupa a tela de modo escancarado, mas por meio do acúmulo de imagens. É preciso aceitar o ritmo cadenciado e os silêncios da narrativa para perceber a sintonia da direção com o ambiente retratado - um grotão esquecido do Brasil, registrado por uma câmera realista, às vezes documental, mas com toques lúdicos. Mérito significativo em se tratando de um relato de investigação sobre uma realidade social e geográfica distante dos realizadores. Ainda mais em uma época tomada por filmes cujo ritmo acelerado impede a permanência das imagens na retina e a apreensão de seus significados após a sessão. (ÉPOCA, 31/08/98, p. 89) O termo MÉRITO em Tal MÉRITO não ocupa... refere-se a

Questão
1999História

(Fuvest) Em 10 de novembro de 1937, para justificar o golpe que instaurava o Estado Novo, Getlio Vargas discursava: Colocada entre as ameaas caudilhescas e o perigo das formaes partidrias sistematicamente agressivas, a Nao, embora tenha por si o patriotismo da maioria absoluta dos brasileiros e o amparo decisivo e vigilante das foras armadas no dispe de meios defensivos eficazes dentro dos quadros legais, vendo-se obrigada a lanar mo das medidas excepcionais que caracterizam o estado de risco iminente da soberania nacional e da agresso externa. Baseando-se no texto anterior, pode-se entender que

Questão
1999Português

(FUVEST) A carruagem parou ao p de uma casa amarelada, com uma portinha pequena. Logo entrada, um cheiro mole e salobro enojou-a. A escada, de degraus gastos, subia ingrememente, apertada entre paredes onde a cal caa, e a umidade fizera ndoas. No patamar da sobreloja, uma janela com um gradeadozinho de arame, parda do p acumulado, coberta de teias de aranha, coava a luz suja do saguo. E por trs de uma portinha, ao lado, sentia-se o ranger de um bero, o chorar doloroso de uma criana. (Ea de Queirs, O primo Baslio) O segmento do texto em que a preposio DE estabelece uma relao de causa :

Questão
1999Português

(Fuvest - 1999) Leia: Oh! Benedito o que semeia Livros... livros mo cheia... E manda o povo pensar! O livro caindo nalma germe - que faz a palma, chuva - que faz o mar. Vs, que o templo das ideias Largo - abris s multides, Pra o batismo luminoso Das grandes revolues Agora que o trem de ferro Acorda o tigre no cerro E espanta os caboclos nus, Fazei desse rei dos ventos - Ginete dos pensamentos, - Arauto da grande luz!... (Castro Alves) Se iniciarmos a segunda estrofe pelo pronome TU, os verbos ABRIS e FAZEI, que aparecem no texto, devero mudar, respectivamente, para:

Questão
1999Química

(Fuvest 1999) Um processo de obtenção de níquel consiste em: I) separação do sulfeto de níquel, Ni2S3 do minério pentlandita (constituídos dos sulfetos de níquel e ferro); II) aquecimento do sulfeto de níquel ao ar, com formação do óxido de níquel NiO, e de dióxido de enxofre. III) aquecimento do óxido de níquel, em forno com carvão, obtendo-se o metal e monóxido de carbono. A equação química global que representa a transformação do sulfeto ao metal é

Questão
1999Química

(Fuvest-SP) Têm-se amostras de 3 gases incolores X, Y e Z, que devem ser H2, He e SO2, não necessariamente nesta ordem. Para identificá-los, determinaram-se algumas de suas propriedades, as quais estão na tabela abaixo: Propriedade X Y Z Solubilidade em água Alta Baixa Baixa Reação com oxigênio na presença de catalisador Ocorre Ocorre Não ocorre Reação com solução aquosa de uma base Ocorre Não ocorre Não ocorre Com base nessas propriedades, conclui-se que X, Y e Z são, respectivamente: