Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)Duas pequenas esferas iguais, A e B, carregadas, cada uma, com uma carga eltrica Q igual a 4,8 x 109 C, esto fixas e com seus centros separados por uma distncia de 12 cm. Deseja-se fornecer energia cintica a um eltron, inicialmente muito distante das esferas, de tal maneira que ele possa atravessar a regio onde se situam essas esferas, ao longo da direo x, indicada na figura, mantendo-se eqidistante das cargas. a) Esquematize, na figura da pgina de respostas, a direo e o sentido das foras resultantes F1 e F2, que agem sobre o eltron quando ele est nas posies indicadas por P1 e P2. b) Calcule o potencial eltrico V, em volts, criado pelas duas esferas no ponto P0. c) Estime a menor energia cintica E, em eV, que deve ser fornecida ao eltron, para que ele ultrapasse o ponto P0 e atinja a regio direita de P0 na figura.

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)Utilizando-se um gerador, que produz uma tenso V0, deseja-se carregar duas baterias, B-1 e B-2, que geram respectivamente 15 V e 10 V, de tal forma que as correntes que alimentam as duas baterias durante o processo de carga mantenham-se iguais (i1 = i2 = i). Para isso, utilizada a montagem do circuito eltrico representada ao lado, que inclui trs resistores R1, R2 e R3, com respectivamente 25 , 30 e 6 , nas posies indicadas. Um voltmetro inserido no circuito para medir a tenso no ponto A. a) Determine a intensidade da corrente i, em ampres, com que cada bateria alimentada. b) Determine a tenso VA, em volts, indicada pelo voltmetro, quando o sistema opera da forma desejada. c) Determine a tenso V0, em volts, do gerador, para que o sistema opere da forma desejada.

Questão
2008Química

(FUVEST 2008 - 2 fase)Existem solues aquosas de sais e glicose, vendidas em farmcias, destinadas ao tratamento da desidratao que ocorre em pessoas que perderam muito lquido. Uma dessas solues tem a seguinte composio: a) Calcule a concentrao, em , dos ons sdio e dos ons citrato, nessa soluo. b) Tal soluo aquosa apresenta atividade ptica. Qual das espcies qumicas presentes responsvel por essa propriedade? Justifique.

Questão
2008Português

(FUVEST - 2008 - Redao) Vigilncia epistmica* a preocupao que todos ns deveramos ter com relao a tudo o que lemos, ouvimos e aprendemos de outros seres humanos, para no sermos enganados, para no acreditarmos em tudo o que escrito e dito por a. preciso vigiar o futuro para sabermos separar o joio do trigo**. Hoje boa parte dos sites de busca indexam tudo o que encontram pela frente internet, mesmo que se trate de uma grande bobagem ou de evidente inverdade. Qualquer opinio emitida, vista como um direito de todos, divulgada aos quatro cantos do mundo. De fato, alguns desses sites de busca deveriam colocar, nos primeiros lugares, pginas de renomadas Universidades, preocupadas com a verdade. Todos precisamos estar muito atentos a dois aspectos com relao a tudo o que ouvimos e lemos: se quem nos fala ou escreve conhece a fundo o assunto, se um especialista comprovado, se sabe do que est falando; se quem nos fala ou escreve, na verdade, um idiota que ouviu falar algo e simplesmente repassa, aos outros, o que leu e ouviu, sem acrescentar absolutamente nada de til. Aumentar nossa vigilncia e preocupao com a verdade necessidade cada vez mais premente num tempo que todos os gurus chamam de Era da Informao. Discordo, profundamente, desses gurus. Estamos, na realidade, na Era da Desinformao, de tanto lixo e rudo sem significado que, na maior parte das vezes, nos so transmitidos, todos os dias, eletronicamente, sem que exista o menor cuidado com a preciso e seriedade do que se emite, por parte das fontes que colocam matrias na rede. mais uma conseqncia dessa idia que a maioria das pessoas tem sobre a liberdade de expressar o que bem quiser, de expressar qualquer opinio que seja, como se opinies no precisassem se basear no rigor cientfico, antes de serem emitidas. Stephen Kanitz, Revista Veja, 03/10/2007. Adaptado. * Vigilncia epistmica = capacidade de ficar atento e perceber se uma afirmao tem ou no valor cientfico. ** Separar o joio do trigo = no contexto, capacidade de diferenciar observaes equivocadas, mentiras mesmo, de outras afirmaes que contm verdades. Pases se unem em projeto da ONU Tesouros informativos de vrios pases estaro disponveis gratuitamente para qualquer internauta, a partir deste ms, com a formao da Biblioteca Digital Mundial, uma iniciativa da ONU. O portal ter, na primeira fase, mapas, fotografias e manuscritos, com textos explicativos em sete lnguas, inclusive portugus. Na segunda fase, ser possvel consultar livros. A Biblioteca Nacional brasileira uma das participantes. O Estado de S. Paulo, 02/10/2007. Adaptado. O acesso Informao (em sua maioria, eletrnica) se tornou o direito humano mais zelosamente defendido. E aquilo sobre o que a informao mais informa a fluidez do mundo habitado e a flexibilidade dos habitantes. O noticirio essa parte da informao eletrnica que tem maior chance de ser confundida com a verdadeira representao do mundo l fora dos mais perecveis bens da eletrnica. Mas a perecibilidade dos noticirios, como informao sobre o mundo real, em si mesma uma importante informao: a transmisso das notcias a celebrao constante e diariamente repetida da enorme velocidade da mudana, do acelerado envelhecimento e da perpetuidade dos novos comeos. Zygmunt Bauman. Modernidade Lquida. Adaptado. Instruo: Os textos apresentados trazem reflexes e notcias sobre o mundo digital. Com base nesses textos e em outras informaes e idias que julgar pertinentes, redija uma DISSERTAO EM PROSA, argumentando de modo claro e coerente.

Questão
2008Biologia

(FUVEST -2008 - 2 FASE) Na revista Nature, em 11 de agosto de 2005, foi publicada uma carta em que os autores sugeriram que as histrias do jovem bruxo Harry Potter, escritas por J. K. Rowling, poderiam ser teis no ensino da hereditariedade. Nessas histrias, os indivduos podem ser bruxos ou trouxas. I. Harry Potter filho nico de um casal de bruxos. II. O amigo de Potter, Ron Weasley, bruxo e tem pai e me bruxos. Os irmos de Ron, Fred e George, e sua irm Gina tambm so bruxos. III. A jovem bruxa Hermione nasceu do casamento entre uma trouxa e um trouxa. IV. O bruxo Draco Malfoy, inimigo de Potter, tem pai e me bruxos. Com base nessas informaes, responda: a) Supondo que ser bruxo ou trouxa um carter hereditrio monognico, qual(quais) das famlias permite(m) concluir que o gene que determina tal caracterstica no se localiza no cromossomo X? Justifique. b) O bruxo Draco Malfoy despreza pessoas como Hermione, que tm pais trouxas, pois se considera um bruxo de sangue puro. Se vierem a se casar com bruxos, quem tem maior probabilidade de ter crianas bruxas, Draco ou Hermione? Por qu?

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)Para carregar um pesado pacote, de massa M = 90 kg, ladeira acima, com velocidade constante, duas pessoas exercem foras diferentes. O Carregador 1, mais abaixo, exerce uma fora F1 sobre o pacote, enquanto o Carregador 2, mais acima, exerce uma fora F2. No esquema da pgina de respostas esto representados, em escala, o pacote e os pontos C1 e C2, de aplicao das foras, assim como suas direes de ao. a) Determine, a partir de medies a serem realizadas no esquema da pgina de respostas, a razo R = F1/F2, entre os mdulos das foras exercidas pelos dois carregadores. b) Determine os valores dos mdulos de F1 e F2, em newtons. c) Indique, no esquema da pgina de respostas, com a letra V, a posio em que o Carregador 2 deveria sustentar o pacote para que as foras exercidas pelos dois carregadores fossem iguais.

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)Em um museu, um sistema tico permite que o visitante observe detalhes de um quadro sem se aproximar dele. Nesse sistema, uma lente convergente, de distncia focal fixa, projeta a imagem do quadro (ou parte dela) sobre uma tela de receptores, que reproduzem essa imagem em um monitor (do mesmo tamanho da tela). O sistema pode ser aproximado ou afastado do quadro, pelo visitante, que deve ainda ajustar a distncia entre a lente e a tela, para focalizar a imagem na tela. A Figura 1, da pgina de respostas, esquematiza a situao em que um quadro projetado na tela/monitor. A Figura 2 esquematiza a situao em que o visitante aproxima a lente do quadro e ajusta a distncia lentetela, obtendo uma imagem ntida na tela/monitor. Para verificar o que observado, nesse caso, pelo visitante, a) assinale, na Figura 1 da pgina de respostas, traando as linhas de construo necessrias, a posio do foco da lente, indicando-a pela letra F. b) assinale, na Figura 2 da pgina de respostas, traando as linhas de construo necessrias, a nova posio da tela para que a imagem seja projetada com nitidez, indicando-a pela letra T. c) desenhe, na Figura 2, a imagem formada sobre a tela, tal como vista no monitor.

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE) A usina hidreltrica de Itaipu possui 20 turbinas, cada uma fornecendo uma potncia eltrica til de 680 MW, a partir de um desnvel de gua de 120 m. No complexo, construdo no Rio Paran, as guas da represa passam em cada turbina com vazo de 600 m/s. a) Estime o nmero de domiclios, N, que deixariam de ser atendidos se, pela queda de um raio, uma dessas turbinas interrompesse sua operao entre 17h30min e 20h30min, considerando que o consumo mdio de energia, por domiclio, nesse perodo, seja de 4 kWh. b) Estime a massa M, em kg, de gua do rio que entra em cada turbina, a cada segundo. c) Estime a potncia mecnica da gua P, em MW, em cada turbina.

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)A propagao de ondas na gua estudada em grandes tanques, com detectores e softwares apropriados. Em uma das extremidades de um tanque, de 200 m de comprimento, um dispositivo D produz ondas na gua, sendo que o perfil da superfcie da gua, ao longo de toda a extenso do tanque, registrado por detectores em instantes subseqentes. Um conjunto de ondas, produzidas com freqncia constante, tem seu deslocamento y, em funo do tempo, representado ao lado, tal como registrado por detectores fixos na posio x = 15 m. Para esse mesmo conjunto de ondas, os resultados das medidas de sua propagao ao longo do tanque so apresentados na pgina de respostas. Esses resultados correspondem aos deslocamentos y do nvel da gua em relao ao nvel de equilbrio (y = 0 m), medidos no instante t = 25 s para diversos valores de x. A partir desses resultados: a) Estime a freqncia f, em Hz, com que as ondas foram produzidas. b) Estime o comprimento de onda L, em metros, das ondas formadas. c) Estime a velocidade V, em m/s, de propagao das ondas no tanque. d) Identifique, no grfico da pgina de respostas (t = 25 s), as posies das ondas A, B, C, D e E, assinaladas na figura acima, ainda que, como pode ser observado, as amplitudes dessas ondas diminuam com sua propagao.

Questão
2008Física

(FUVEST 2008 - 2 FASE)Para se estimar o valor da presso atmosfrica, Patm, pode ser utilizado um tubo comprido, transparente, fechado em uma extremidade e com um pequeno gargalo na outra. O tubo, aberto e parcialmente cheio de gua, deve ser invertido, segurando-se um carto que feche a abertura do gargalo (Situao I). Em seguida, deve-se mover lentamente o carto de forma que a gua possa escoar, sem que entre ar, coletando-se a gua que sai em um recipiente (Situao II). A gua pra de escoar quando a presso no ponto A, na abertura, for igual presso atmosfrica externa, devendo-se, ento, medir a altura h da gua no tubo (Situao III). Em uma experincia desse tipo, foram obtidos os valores, indicados na tabela, para V0, volume inicial do ar no tubo, , volume da gua coletada no recipiente e h, altura final da gua no tubo. Em relao a essa experincia, e considerando a Situao III, a) determine a razo R = P/Patm, entre a presso final P do ar no tubo e a presso atmosfrica; b) escreva a expresso matemtica que relaciona, no ponto A, a Patm com a presso P do ar e a altura h da gua dentro do tubo; c) estime, utilizando as expresses obtidas nos itens anteriores, o valor numrico da presso atmosfrica Patm, em N/m2 .

Questão 1
2007Português

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 1) Salo repleto de luzes, orquestra ao fundo, brilho de cristais por todo lado. O crupi* distribui fichas sobre o pano verde, cercado de mulheres em longos vestidos e homens de black-tie**. A roleta em movimento paralisa o tempo, todos retm a respirao. Em breve estaro definidos a sorte de alguns e o azar de muitos. Foi mais ou menos assim, como um lance de roleta, que a era de ouro dos cassinos ⎯ maravilhosa para uns, totalmente reprovvel para outros ⎯ se encerrou no Brasil. Para surpresa da nao, logo depois de assumir o governo, em 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra ps fim, com uma simples penada, a um dos negcios mais lucrativos da poca: a explorao de jogos de azar, tornando-os proibidos em todo o pas. (...) Jane Santucci, O dia em que as roletas pararam, Nossa Histria. * crupi: empregado de uma casa de jogos ** black-tie: smoking, traje de gala a) No texto acima, a autora utiliza vrios recursos descritivos. Aponte um desses recursos. Justifique sua escolha. b) A que fato relatado no texto se aplica a comparao como num lance de roleta?

Questão 1
2007Geografia

(Fuvest 2007) A observao de faunas dos continentes do hemisfrio Sul revela profundas diferenas. Na Amrica do Sul, existem preguias, antas, capivaras, tamandus e onas; na frica, h lees, girafas, camelos, zebras e hipoptamos; na Austrlia, cangurus, ornitorrincos e equidnas e, na Antrtida, os pingins. Entretanto, descobriram-se espcies fsseis idnticas nessas regies. Assim, fsseis da gimnosperma Glossopteris foram encontrados ao longo das costas litorneas da frica, Amrica do Sul, Austrlia e Antrtida, e ainda fsseis dos rpteis Cynognathus e Lystrosaurus foram descobertos na Amrica do Sul, frica e Antrtida. Para explicar esses fatos, formularam-se as seguintes hipteses: I. A presena de fsseis idnticos, nos vrios continentes, prova que todas as formas de vida foram criadas simultaneamente nas diversas regies da Terra e se diferenciaram mais tarde. II. As faunas e floras atuais so resultado da seleo natural em ambientes diversos, isolados geograficamente. III. Os continentes, h milhes de anos, eram unidos, separando-se posteriormente. Est correto o que se afirma em

Questão 1
2007Biologia

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 1) Na dupla fecundao que ocorre em certas plantas, um dos ncleos espermticos do tubo polnico funde-se oosfera e origina o zigoto diplide. O outro ncleo espermtico funde-se aos dois ncleos polares do vulo e origina uma clula triplide que, por mitoses sucessivas, produz o endosperma. a) 1. A dupla fecundao caracterstica de que grupo de plantas? 2. Quais das estruturas mencionadas no texto correspondem aos gametas masculino e feminino, respectivamente? b) O gameta feminino de uma planta heterozigtica Aa, fecundado pelo gameta masculino de uma planta homozigtica aa, produz um zigoto heterozigtico. Qual o gentipo das clulas do endosperma?

Questão 1
2007História

(FUVEST - 2007 - 2 fase - Questo 1) Tendo em vista a economia, a sociedade, a poltica e a religio, os manuais de Histria Antiga agrupam, de um lado, as civilizaes do Egito e da Mesopotmia, e, de outro, as da Grcia e de Roma. Indique e descreva dois aspectos comuns aos pares indicados, isto , s civilizaes a) egpcia e mesopotmica. b) grega e romana.

Questão 1
2007Biologia

(FUVEST - 2007 - 1a fase)A observao de faunas dos continentes do hemisfrio Sul revela profundas diferenas. Na Amrica do Sul, existem preguias, antas, capivaras, tamandus e onas; na frica, h lees, girafas, camelos, zebras e hipoptamos; na Austrlia, cangurus, ornitorrincos e equidnas e, na Antrtida, os pingins. Entretanto, descobriram-se espcies fsseis idnticas nessas regies. Assim, fsseis da gimnosperma Glossopteris foram encontrados ao longo das costas litorneas da frica, Amrica do Sul, Austrlia e Antrtida, e ainda fsseis dos rpteis Cynognathus e Lystrosaurus foram descobertos na Amrica do Sul, frica e Antrtida. Para explicar esses fatos, formularam-se as seguintes hipteses: I. A presena de fsseis idnticos, nos vrios continentes, prova que todas as formas de vida foram criadas simultaneamente nas diversas regies da Terra e se diferenciaram mais tarde. II. As faunas e floras atuais so resultado da seleo natural em ambientes diversos, isolados geograficamente. III. Os continentes, h milhes de anos, eram unidos, separando-se posteriormente. Est correto o que se afirma em

NOVIDADES
Kuadro