Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Considere uma soluo aquosa diluda de dicromato de potssio, a 25 C. Dentre os equilbrios que esto presentes nessa soluo, destacam-se a) Calcule o valor da constante de equilbrio K3. b) Essa soluo de dicromato foi neutralizada. Para a soluo neutra, qual o valor numrico da relao?Mostre como obteve esse valor. c) A transformao de ons dicromato em ons cromato, em meio aquoso, uma reao de oxirreduo? Justifique

Questão
2006BiologiaQuímica

(FUVEST - 2006) O valor biolgico proteico dos alimentos avaliado comparando-se a porcentagem dos aminocidos, ditos essenciais, presentes nas protenas desses alimentos, com a porcentagem dos mesmos aminocidos presentes na protena do ovo, que tomada como referncia. Quando, em um determinado alimento, um desses aminocidos estiver presente em teor inferior ao do ovo, limitar a quantidade de protena humana que poder ser sintetizada. Um outro alimento poder compensar tal deficincia no referido aminocido. Esses dois alimentos contero protenas complementares e, juntos, tero um valor nutritivo superior a cada um em separado. Na tabela que se segue, esto as porcentagens de alguns aminocidos essenciais em dois alimentos em relao s do ovo (100%). a) Explique por que a combinao arroz com feijo adequada em termos de protenas complementares. A equao que representa a formao de um peptdio, a partir dos aminocidos isoleucina e valina, dada abaixo. b) Mostre, com um crculo, na frmula estrutural do peptdio, a parte que representa a ligao peptdica. c) Determine o valor de x na equao qumica dada. d) 100 g de protena de ovo contm 0,655g de isoleucina e 0,810 g de valina. Dispondo-se dessas massas de aminocidos, qual a massa aproximada do peptdio, representado na pgina ao lado, que pode ser obtida, supondo reao total? Mostre os clculos. Massa molar (g/mol): valina ..............117 isoleucina .......131 gua .................18

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Constri-se uma pilha formada por: um eletrodo, constitudo de uma placa de prata metlica, mergulhada em uma soluo aquosa de nitrato de prata de concentrao 0,1 mol / L. outro eletrodo, constitudo de uma placa de prata metlica, recoberta de cloreto de prata slido, imersa em uma soluo aquosa de cloreto de sdio de concentrao 0,1 mol / L. uma ponte salina de nitrato de potssio aquoso, conectando esses dois eletrodos. Constri-se outra pilha, semelhante primeira, apenas substituindo-se AgCl (s) por AgBr (s) e NaCl (aq, 0,1 mol/L) por NaBr (aq, 0,1 mol / L). Em ambas as pilhas, quando o circuito eltrico fechado, ocorre produo de energia. a) D a equao global da reao da primeira pilha. Justifique o sentido em que a transformao se d. b) D a equao da semi-reao que ocorre no plo positivo da primeira pilha. c) Qual das pilhas tem maior fora eletromotriz? Justifique sua resposta com base nas concentraes inicas iniciais presentes na montagem dessas pilhas e na tendncia de a reao da pilha atingir o equilbrio. Para a primeira pilha, as equaes das semi-reaes de reduo, em meio aquoso, so: Produtos de solubilidade:AgCl..... 1,8 10-10 ; AgBr ....5,4 10-13

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Considere os seguintes dados: a) Qual dos alcenos (A ou B) o mais estvel? Justifique. Neste caso, considere vlido raciocinar com entalpia. A desidratao de lcoois, em presena de cido, pode produzir uma mistura de alcenos, em que predomina o mais estvel. b) A desidratao do lcool, em presena de cido, produz cerca de 90% de um determinado alceno. Qual deve ser a frmula estrutural desse alceno? Justifique.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Industrialmente, HCl gasoso produzido em um maarico, no qual entram, nas condies-ambiente, hidrognio e cloro gasosos, observando-se uma chama de vrios metros de altura, proveniente da reao entre esses gases. a) Escreva a equao qumica que representa essa transformao, utilizando estruturas de Lewis tanto para os reagentes quanto para o produto. b) Como se obtm cido clordrico a partir do produto da reao de hidrognio com cloro? Escreva a equao qumica dessa transformao. c) Hidrognio e cloro podem ser produzidos pela eletrlise de uma soluo concentrada de cloreto de sdio (salmoura). D as equaes que representam a formao de cada um desses gases. d) Que outra substncia produzida, simultaneamente ao cloro e ao hidrognio, no processo citado no item anterior? Nmero atmico (Z) hidrognio..............1 cloro.....................17

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006) Imagens por ultrassom podem ser obtidas a partir da comparao entre o pulso de um sinal emitido e o pulso proveniente da reflexo em uma superfcie do objeto que se quer analisar. Em um teste de controle de qualidade, para conferir a espessura de uma placa de plstico, so usados pulsos de ondas com frequncia f = 1,5 MHz. Os grficos I e II representam, respectivamente, as intensidades em funo do tempo dos pulsos emitidos e dos pulsos captados no receptor, em uma certa parte da placa. a) Determine o intervalo de tempo t, em s, entre os pulsos emitidos e os pulsos captados. b) Estime a espessura D, em mm, da placa. c) Determine o comprimento de onda , em mm, das ondas de ultrassom utilizadas.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Um gaveteiro, cujas dimenses esto indicadas no corte transversal, em escala, representado nas figuras, possui trs gavetas iguais, onde foram colocadas massas de 1 kg, 8 kg e 3 kg, distribudas de modo uniforme, respectivamente no fundo das gavetas G1, G2 e G3. Quando a gaveta G2 puxada, permanecendo aberta, existe o risco de o gaveteiro ficar desequilibrado e inclinar-se para frente a) Indique, no esquema abaixo, a posio do centro de massa de cada uma das gavetas quando fechadas, identificando esses pontos com o smbolo . b) Determine a distncia mxima D, em cm, de abertura da gaveta G2 , nas condies da figura 2, de modo que o gaveteiro no tombe para frente. c) Determine a maior massa Mmax , em kg, que pode ser colocada em G2 , sem que haja risco de desequilibrar o gaveteiro quando essa gaveta for aberta completamente, mantendo as demais condies.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Um elevador de carga, com massa M = 5 000 kg, suspenso por um cabo na parte externa de um edifcio em construo. Nas condies das questes abaixo, considere que o motor fornece a potncia P = 150 kW. a) Determine a fora F1, em N, que o cabo exerce sobre o elevador, quando ele puxado com velocidade constante. b) Determine a fora F2, em N, que o cabo exerce sobre o elevador, no instante em que ele est subindo com uma acelerao para cima de mdulo a = 5 m/s2. c) Levando em conta a potncia P do motor, determine a velocidade V2, em m/s, com que o elevador estar subindo, nas condies do item (b) (a = 5 m/s2 ). d) Determine a velocidade mxima VL, em m/s, com que o elevador pode subir quando puxado pelo motor.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Na poca da formao da Terra, estimada como tendo ocorrido h cerca de 4,2 bilhes de anos, os istopos de Urnio radioativo 235U e 238U existiam em maior quantidade, pois, ao longo do tempo, parte deles desintegrouse, deixando de existir como elemento Urnio. Alm disso, eram encontrados em propores diferentes das de hoje, j que possuem meias-vidas diferentes. Atualmente, em uma amostra de 1,000 kg de Urnio, h 0,993 kg de 238U e 0,007 kg de 235U, de modo que o 235U corresponde a 0,7% da massa total e tem importncia estratgica muito grande, pela sua utilizao em reatores nucleares. a) Estime a massa M238, em kg, de uma amostra de 238U, na poca da formao da Terra, a partir da qual restaram hoje 0,993 kg de 238U. b) Estime, levando em conta o nmero de meias-vidas do 235U, a massa M235, em kg, de uma amostra de 235U, na poca da formao da Terra, a partir da qual restaram hoje 0,007 kg de 235U. c) Estime a porcentagem P em massa de 235U em relao massa total de Urnio em uma amostra na poca da formao da Terra.

Questão
2006Biologia

(FUVEST - 2006)No heredograma, esto representadas pessoas que tm uma doena determinada por um alelo mutante dominante em relao ao alelo normal. a) Responda se a doena tem padro de herana ligado ao X ou autossmico, indicando a situao do heredograma que permitiu sua concluso. b) Quais os gentipos do casal de primos III-7 x III-8? c) III-8 est grvida de uma menina. Calcule a probabilidade de que essa menina, filha de III-7 e III-8, no tenha a doena.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) ons indesejveis podem ser removidos da gua, tratando-a com resinas de troca inica, que so constitudas por uma matriz polimrica, qual esto ligados grupos que podem reter ctions ou nions. Assim, por exemplo, para o sal C+ A- , dissolvido na gua, a troca de ctions e nions, com os ons da resina, pode ser representada por: No tratamento da gua com as resinas de troca inica, a gua atravessa colunas de vidro ou plstico, preenchidas com a resina sob a forma de pequenas esferas. O lquido que sai da coluna chamado de eludo. Considere a seguinte experincia, em que gua, contendo cloreto de sdio e sulfato de cobre (II) dissolvidos, atravessa uma coluna com resina do tipo I. A seguir, o eludo, assim obtido, atravessa outra coluna, desta vez preenchida com resina do tipo II. Supondo que ambas as resinas tenham sido totalmente eficientes, indique a) os ons presentes no eludo da coluna com resina do tipo I. b) qual deve ser o pH do eludo da coluna com resina do tipo I (maior, menor ou igual a 7). Justifique. c) quais ons foram retidos pela coluna com resina do tipo II. d) qual deve ser o pH do eludo da coluna com resina do tipo II (maior, menor ou igual a 7). Justifique.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Uma balana de dois pratos, tendo em cada prato um frasco aberto ao ar, foi equilibrada nas condies-ambiente de presso e temperatura. Em seguida, o ar atmosfrico de um dos frascos foi substitudo, totalmente, por outro gs. Com isso, a balana se desequilibrou, pendendo para o lado em que foi feita a substituio. a) D a equao da densidade de um gs (ou mistura gasosa), em funo de sua massa molar (ou massa molar mdia) . b) Dentre os gases da tabela, quais os que, no sendo txicos nem irritantes, podem substituir o ar atmosfrico para que ocorra o que foi descrito? Justifique. Equao dos gases ideais: PV = nRT P = presso V = volume n = quantidade de gs R = constante dos gases T = temperatura M = massa molar (ou massa molar mdia)

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Uma mesma olefina pode ser transformada em lcoois isomricos por dois mtodos alternativos: e com base nas informaes fornecidas (mtodo A e mtodo B), d a frmula estrutural da olefina a ser utilizada e o mtodo que permite preparar a) o lcool I. b) o lcool II. Para os itens a e b, caso haja mais de uma olefina ou mais de um mtodo, cite-os todos. c) Copie, na folha de respostas, as frmulas estruturais dos lcoois I e II e, quando for o caso, assinale com asteriscos os carbonos assimtricos.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Em soluo aquosa, iodeto de potssio reage com persulfato de potssio (K2S2O8). H formao de iodo e de sulfato de potssio. No estudo cintico desta reao, foram realizadas quatro experincias. Em cada uma delas, foram misturados volumes adequados de solues-estoque dos dois reagentes, ambas de concentrao 4,0 10-1mol / L e, a seguir, foi adicionada gua, at que o volume final da soluo fosse igual a 1,00 L. Na tabela, esto indicadas as concentraes iniciais dos reagentes, logo aps a mistura e adio de gua (tempo igual a zero). Na pgina ao lado, est o grfico correspondente ao estudo cintico citado e, tambm, uma tabela a ser preenchida com os volumes das solues-estoque e os de gua, necessrios para preparar as solues das experincias de 1 a 4. a) Escreva a equao qumica balanceada que representa a reao de oxirreduo citada. b) Preencha a tabela da pgina ao lado . c) No grfico, preencha cada um dos crculos com o nmero correspondente experincia realizada. Justifique sua escolha com base em argumentos cinticos e na quantidade de iodo formado em cada experincia. Tabela e grfico:

Questão
2006Redação

Texto 1 O trabalho no uma essncia atemporal do homem. Ele uma inveno histrica e, como tal, pode ser transformado e mesmo desaparecer. Adaptado de A.Simes Texto 2 H algumas dcadas, pensava-se que o progresso tcnico e o aumento da capacidade de produo permitiriam que o trabalho ficasse razoavelmente fora de moda e a humanidade tivesse mais tempo para si mesma. Na verdade, o que se passa hoje que uma parte da humanidade est se matando de tanto trabalhar, enquanto a outra parte est morrendo por falta de emprego. M.A. Marques Texto 3 O trabalho de arte um processo. Resulta de uma vida. Em 1501, Michelangelo retorna de viagem a Florena e concentra seu trabalho artstico em um grande bloco de mrmore abandonado. Quatro anos mais tarde fica pronta a escultura David. Adaptado de site da Internet INSTRUO: Os trs textos acima apresentam diferentes vises de trabalho. O primeiro procura conceituar essa atividade e prever seu futuro. O segundo trata de suas condies no mundo contemporneo e o ltimo, ilustrado pela famosa escultura de Michelangelo, refere-se ao trabalho de artista. Relacione esses trs textos e com base nas ideias neles contidas, alm de outras que julgue relevantes, redija uma DISSERTAO EM PROSA, argumentando sobre o que leu acima e tambm sobre os outros pontos que voc tenha considerado pertinentes.

NOVIDADES
Kuadro