Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão 13
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Uma regra prtica para orientao no hemisfrio Sul, em uma noite estrelada, consiste em identificar a constelao do Cruzeiro do Sul e prolongar trs vezes e meia o brao maior da cruz, obtendo-se assim o chamado Plo Sul Celeste, que indica a direo Sul. Suponha que, em determinada hora da noite, a constelao seja observada na Posio I. Nessa mesma noite, a constelao foi/ser observada na Posio II, cerca de

Questão 14
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Um aquecedor eltrico mergulhado em um recipiente com gua a 10 C e,cinco minutos depois, a gua comea a ferver a 100 C. Se o aquecedor no for desligado, todaa gua ir evaporar e o aquecedor ser danificado. Considerando o momento em que a guacomea a ferver, a evaporao de toda a gua ocorrer em um intervalo de aproximadamente Calor especfico da gua = 1,0 cal/(gC) Calor de vaporizao da gua = 540 cal/g Desconsidere perdas de calor para o recipiente, para o ambiente e para o prprio aquecedor.

Questão 14
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Em algumas situaes de resgate, bombeiros utilizam cilindros de ar comprimido para garantir condies normais de respirao em ambientes com gases txicos. Esses cilindros, cujas caractersticas esto indicadas a seguir, alimentam mscaras que se acoplam ao nariz. Quando acionados, os cilindros fornecem para a respirao, a cada minuto, cerca de 40 litros de ar, a presso atmosfrica e temperatura ambiente. Nesse caso, a durao do ar de um desses cilindros seria de aproximadamente:

Questão 16
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)Um sistema de duas lentes, sendo uma convergente e outra divergente, ambas com distncias focais iguais a 8 cm, montado para projetar crculos luminosos sobre um anteparo. O dimetro desses crculos pode ser alterado, variando-se a posio das lentes. Em uma dessas montagens, um feixe de luz, inicialmente de raios paralelos e 4 cm de dimetro, incide sobre a lente convergente, separada da divergente por 8 cm, atingindo finalmente o anteparo, 8 cm adiante da divergente. Nessa montagem especfica, o crculo luminoso formado no anteparo melhor representado por

Questão 17
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)Uma estudante quer utilizar uma lmpada (dessas de lanterna de pilhas) e dispe de uma bateria de 12 V. A especificao da lmpada indica que a tenso de operao 4,5 V e a potncia eltrica utilizada durante a operao de 2,25 W. Para que a lmpada possa ser ligada bateria de 12 V, ser preciso colocar uma resistncia eltrica, em srie, de aproximadamente

Questão 18
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Trs esferas metlicas, M1, M2 e M3, de mesmo dimetro e montadas emsuportes isolantes, esto bem afastadas entre si e longe de outros objetos. Inicialmente M1 e M3 tm cargas iguais, com valor Q, e M2 est descarregada. So realizadasduas operaes, na sequncia indicada: I. A esfera M1 aproximada de M2 at que ambas fiquem em contato eltrico. A seguir, M1 afastada at retornar sua posio inicial. II. A esfera M3 aproximada de M2 at que ambas fiquem em contato eltrico. A seguir, M3 afastada at retornar sua posio inicial. Aps essas duas operaes, as cargas nas esferas sero cerca de

Questão 19
2008Física

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)Um objeto de ferro, de pequena espessura e em forma de cruz, est magnetizado e apresenta dois plos Norte (N) e dois plos Sul (S). Quando esse objeto colocado horizontalmente sobre uma mesa plana, as linhas que melhor representam, no plano da mesa, o campo magntico por ele criado, so as indicadas em

Questão 20
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Hidrognio reage com nitrognio formando amnia. A equao no balanceada que representa essa transformao : H2(g) + N2(g) NH3(g) Outra maneira de escrever essa equao qumica, mas agora balanceando-a e representando as molculas dos trs gases, :

Questão 21
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)O glicerol um sub-produto do biodiesel, preparado pela transesterificao de leos vegetais. Recentemente, foi desenvolvido um processo para aproveitar esse subproduto: Tal processo pode ser considerado adequado ao desenvolvimento sustentvel porque I. permite gerar metanol, que pode ser reciclado na produo de biodiesel. II. pode gerar gasolina a partir de uma fonte renovvel, em substituio ao petrleo, no renovvel. III. tem impacto social, pois gera gs de sntese, no txico, que alimenta foges domsticos. verdadeiro apenas o que se afirma em

Questão 22
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)No seguinte trecho (adaptado) de uma pea teatral de C. Djerassi e R. Hoffmann, as esposas de trs qumicos do sculo XVIII conversam sobre um experimento feito com uma mistura de gases. SENHORA POHL Uma vez o farmacutico Scheele estava borbulhando [a mistura gasosa] atravs de uma espcie de gua. MADAME LAVOISIER Deve ter sido gua de cal. SENHORA PRIESTLEY A gua ficou turva, no ficou? MADAME LAVOISIER o mesmo gs que expiramos... o gs que removemos com a passagem atravs da gua de cal. SENHORA POHL Depois ele me pediu que colocasse no gs remanescente um graveto j apagado, apenas em brasa numa das extremidades. J estava escurecendo. SENHORA PRIESTLEY E o graveto inflamou-se com uma chama brilhante... e permaneceu aceso! Empregando smbolos e frmulas atuais, podem-se representar os referidos componentes da mistura gasosa por

Questão 23
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Certas quantidades de gua comum () e de gua deuterada () -gua que contm tomos de deutrio em lugar de tomos de hidrognio -foram misturadas. Ocorreu a troca de tomos de hidrognio e de deutrio, formando-se molculas de HDO e estabelecendo-se o equilbrio (estado I) As quantidades, em mols, de cada composto no estado I esto indicadas pelos patamares, esquerda, no diagrama. Depois de certo tempo, mantendo-se a temperatura constante, acrescentou-se mais gua deuterada, de modo que a quantidade de D2O, no novo estado de equilbrio (estado II), fosse o triplo daquela antes da adio. As quantidades, em mols, de cada composto envolvido no estado II esto indicadas pelos patamares, direita, no diagrama. A constante de equilbrio, nos estados I e II, tem, respectivamente, os valores

Questão 24
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) Para a transformao representada por 2NO(g) + 2H2(g) N2(g) + 2H2O(g), a velocidade da reao, em funo da presso de hidrognio P(H2), para duas diferentes presses de xido ntrico P(NO), temperatura de 826 C, est indicada no grfico a seguir: Examinando o grfico, pode-se concluir que as ordens da reao, em relao ao xido ntrico e em relao ao hidrognio, so, respectivamente,

Questão 25
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)Muitos acreditam ser mais saudvel consumir produtos orgnicos do que produtos cultivados de forma convencional. possvel diferenciar esses dois tipos de produtos, determinando-se as quantidades relativas de e em cada um deles. Essas quantidades relativas sero diferentes, se o solo for adubado com esterco ou fertilizantes sintticos. O esterco contm compostos originados no metabolismo animal, enquanto fertilizantes sintticos, como, por exemplo, o nitrato de amnio, provm da amnia. Considere as afirmaes: I. e diferem quanto ao nmero de prtons, mas no quanto ao nmero de nutrons. II. Os fertilizantes nitrogenados, sejam sintticos ou naturais, fornecem o nitrognio necessrio formao de aminocidos e protenas nos vegetais. III. O fertilizante nitrato de amnio pode ser obtido pela reao da amnia com o cido ntrico. correto apenas o que se afirma em

Questão 26
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE)A velocidade com que um gs atravessa uma membrana inversamente proporcional raiz quadrada de sua massa molar. Trs bexigas idnticas, feitas com membrana permevel a gases, expostas ao ar e inicialmente vazias, foram preenchidas, cada uma, com um gs diferente. Os gases utilizados foram hlio, hidrognio e metano, no necessariamente nesta ordem. As bexigas foram amarradas, com cordes idnticos, a um suporte. Decorrido algum tempo, observou-se que as bexigas estavam como na figura. Conclui-se que as bexigas A, B e C foram preenchidas, respectivamente, com Dados: massas molares (g/mol): H --- 10; He --- 4,0; C --- 12 Massa molar mdia do ar --- 29 g/mol

Questão 28
2008Química

(FUVEST - 2008 - 1 FASE) As surfactinas so compostos com atividade antiviral. A estrutura de uma surfactina Os seguintes compostos participam da formao dessa substncia: Na estrutura dessa surfactina, reconhecem-se ligaes peptdicas. Na construo dessa estrutura, o cido asprtico, a leucina e a valina teriam participado na proporo, em mols, respectivamente, de

NOVIDADES
Kuadro