Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2015Biologia

(FUVEST - 2015)No processo de sntese de certa protena, os RNA transportadores responsveis pela adio dos aminocidos serina, asparagina e glutamina a um segmento da cadeia polipeptdica tinham os anticdons UCA, UUA e GUC, respectivamente. No gene que codifica essa protena, a sequncia de bases correspondente a esses aminocidos :

Questão
2015Química

(FUVEST - 2015) Amnia e gs carbnico podem reagir formando ureia e gua. O grfico abaixo mostra as massas de ureia e de gua que so produzidas em funo da massa de amnia, considerando as reaes completas. A partir dos dados do grfico e dispondo-se de 270 g de amnia, a massa aproximada, em gramas, de gs carbnico minimamente necessria para reao completa com essa quantidade de amnia

Questão
2015Biologia

(FUVEST - 2015)Num determinado lago, a quantidade dos organismos do fitoplncton controlada por um crustceo do gnero Artemia, presente no zooplncton. Graas a esse equilbrio, a gua permanece transparente. Depois de um ano muito chuvoso, a salinidade do lago diminuiu, o que permitiu o crescimento do nmero de insetos do gnero Trichocorixa, predadores de Artemia. A transparncia da gua do lago diminuiu. Considere as afirmaes: I. A predao provocou o aumento da populao dosprodutores II. A predao provocou a diminuio da populao dos consumidores secundrios III. A predao provocou a diminuio da populao dos consumidores primrios. Est correto o que se afirma apenas em:

Questão
2015Química

(FUVEST - 2015) Uma estudante de Qumica realizou o seguinte experimento: pesou um tubode ensaio vazio, colocou nele um pouco de NaHCO3(s) e pesou novamente. Em seguida,adicionou ao tubo de ensaio excesso de soluo aquosa de HCℓ, o que provocou a reaoqumica representada por NaHCO3(s)+HCℓ(aq) NaCℓ(aq)+ CO2(g)+H2O(ℓ) Aps a reao ter-se completado, a estudante aqueceu o sistema cuidadosamente, at querestasse apenas um slido seco no tubo de ensaio. Deixou o sistema resfriar at a temperaturaambiente e o pesou novamente. A estudante anotou os resultados desse experimento em seucaderno, juntamente com dados obtidos consultando um manual de Qumica: A estudante desejava determinar a massa de I. HCℓ que no reagiu; II. NaCℓque se formou; III. CO2 que se formou. Considerando as anotaes feitas pela estudante, possvel determinar a massa de

Questão
2015Redação

(FUVEST 2015) Tendo em conta as sugestões desses textos abaixo, além de outras informações que julgue relevantes, redija uma dissertação em prosa, na qual você exponha seu ponto de vista sobre o tema Camarotização da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia.

Questão
2015Biologia

(FUVEST - 2015) Abaixo esto listados grupos de organismos clorofilados e caractersticas que os distinguem: I. Traquefitas vaso condutor de seiva. II. Antfitas flor. III. Espermatfitas semente. IV. Embrifitas embrio. V. Talfitas corpo organizado em talo. Considere que cada grupo corresponde a um conjunto e que a interseo entre eles representa o compartilhamento de caractersticas. Sendo P um pinheiro-do-paran (araucria), indique a alternativa em que P est posicionado corretamente, quanto s caractersticas que possui.

Questão
2015Biologia

(FUVEST - 2015)No intestino humano, cada uma das vilosidades da superfcie interna do intestino delgado tem uma arterola, uma vnula e uma rede de capilares sanguneos. Aps uma refeio, as maiores concentraes de oxignio, glicose e aminocidos no sangue so encontradas nas

Questão 1
2014História

(FUVEST 2014 - 2 fase) Vivemos numa forma de governo que no se baseia nas instituies de nossos vizinhos; ao contrrio, servimos de modelo a alguns, ao invs de imitar outros. [...] Nela, enquanto no tocante s leis todos so iguais para a soluo de suas divergncias privadas, quando se trata de escolher (se preciso distinguir em algum setor), no o fato de pertencer a uma classe, mas o mrito, que d acesso aos postos mais honrosos; inversamente, a pobreza no razo para que algum, sendo capaz de prestar servios cidade, seja impedido de faz‐lo pela obscuridade de sua condio. Conduzimo‐nos liberalmente em nossa vida pblica, e no observamos com uma curiosidade suspicaz [desconfiada] a vida privada de nossos concidados, pois no nos ressentimos com nosso vizinho se ele age como lhe apraz, nem o olhamos com ares de reprovao que, embora incuos, lhe causariam desgosto. Ao mesmo tempo que evitamos ofender os outros em nosso convvio privado, em nossa vida pblica nos afastamos da ilegalidade principalmente por causa de um temor reverente, pois somos submissos s autoridades e s leis, especialmente quelas promulgadas para socorrer os oprimidos e s que, embora no escritas, trazem aos agressores uma desonra visvel a todos. Orao fnebre de Pricles, 430 a.C., in Tucdides. Histria da Guerra do Peloponeso. Braslia: Editora UnB, 2001, p. 109. Adaptado a) Com base nas informaes contidas no texto, identifique o sistema poltico nele descrito e indique suas principais caractersticas. b) Identifique a cidade que foi a principal adversria de Atenas na Guerra do Peloponeso e diferencie os sistemas polticos vigentes em cada uma delas.

Questão 1
2014Geografia

(FUVEST 2014 - 2 fase) Considere os mapas a seguir. Os mapas representam alteraes na distribuio espacial e quantitativa do efetivo de bovinos no Brasil. a) Identifique e explique dois fatores responsveis por essa mudana. b) Explique dois impactos ambientais decorrentes da alterao na distribuio espacial do efetivo de bovinos, no Brasil.

Questão 1
2014Inglês

(Fuvest 2014) Com base no texto, responda em português: a) Qual é o foco específico dos estudos realizados no campo de pesquisas denominado "Human-Robot Interaction" (H.I.R.) ? b) O que os pesquisadores do H.R.I. têm descoberto sobre as relações dos humanos ao comportamento dos robôs?

Questão 1
2014Matemática

(Fuvest 2014 - 2 fase) Dados e ݊inteiros, considere a função ݂ definida por para a) No caso em que, mostre que a igualdadese verifica. b) No caso em que, ache as interseções do gráfico decom os eixos coordenados. c) No caso em que, esboce a parte do gráfico deem que, levando em conta as informações obtidas nos itens a) e b). Utilize o par de eixos dado na página de de respostas (imagem abaixo). d) Existe um par de inteirostal que a condiçãocontinue sendo satisfeita?

Questão 1
2014Biologia

(FUVEST 2014 - 2 fase) As Figuras I, II e III esquematizam a circulao sangunea em diferentes vertebrados. a) Analise a Figura II. A partir da cavidade apontada pela seta, ordene as demais cavidades cardacas e os circuitos 1 e 2, na sequncia correspondente circulao do sangue. b) Faa o mesmo, em relao Figura III. c) Qual(is) das trs figuras mostra(m) o corao em que h mistura de sangue arterial e sangue venoso? d) D um exemplo de grupo de vertebrados para o tipo de circulao esquematizado em cada uma das trs figuras.

Questão 1
2014Química

(FUVEST 2014 - 2 fase) Em uma aula de laboratrio de Qumica, a professora props a realizao da eletrlise da gua. Aps a montagem de uma aparelhagem como a da figura ao lado, e antes de iniciar a eletrlise, a professora perguntou a seus alunos qual dos dois gases, gerados no processo, eles esperavam recolher em maior volume. Um dos alunos respondeu: O gs oxignio deve ocupar maior volume, pois seus tomos tm oito prtons e oito eltrons (alm dos nutrons) e, portanto, so maiores que os tomos de hidrognio, que, em sua imensa maioria, tm apenas um prton e um eltron. Observou‐se, porm, que, decorridos alguns minutos, o volume de hidrognio recolhido era o dobro do volume de oxignio (e essa proporo se manteve no decorrer da eletrlise), de acordo com a seguinte equao qumica: a) Considerando que a observao experimental no corresponde expectativa do aluno, explique por que a resposta dada por ele est incorreta. Posteriormente, o aluno perguntou professora se a eletrlise da gua ocorreria caso a soluo aquosa de Na2SO4fosse substituda por outra. Em vez de responder diretamente, a professora sugeriu que o estudante repetisse o experimento, porm substituindo a soluo aquosa de Na2SO4por uma soluo aquosa de sacarose (C12H22O11). b) O que o aluno observaria ao realizar o novo experimento sugerido pela professora? Explique.

Questão 1
2014Português

(FUVEST 2014 - 2 fase) Leia o seguinte texto, que trata das diferenas entre fala e escrita: Talvez ainda mais digno de ateno seja o desaparecimento [na escrita] da mmica e das inflexes ou variaes do tom da voz. A sua falta tem de ser suprida por outros recursos. , neste sentido, que se torna altamente instrutiva a velha anedota, que nos conta a indignao de um rico fazendeiro ao receber de seu filho um telegrama com a frase singela mande-me dinheiro, que ele lia e relia emprestando-lhe um tom rude e imperativo. O bom homem no era to nscio quanto a anedota d a entender: estava no direito de exigir da formulao verbal uma qualidade que lhe fizesse sentir a atitude filial de carinho e respeito e de refugar uma frase que, sem a ajuda de gestos e entoao adequada, soa leitura espontaneamente como rspida e seca. J. Mattoso Cmara Jr., Manual de expresso oral e escrita. Adaptado. a) Considerando-se que o verbo da frase do telegrama est no imperativo, se essa mesma frase fosse dita em uma conversa telefnica, haveria possibilidade de o pai entend-la de modo diferente? Explique. b) Reescreva a frase do telegrama, acrescentando-lhe, no mximo, trs palavras e a pontuao adequada, de modo a atender a exigncia do pai, mencionada no texto.

Questão 2
2014Biologia

(FUVEST 2014 - 2 fase) Os genes que condicionam a viso para cores e a sntese da enzima G6PD (desidrogenase da glicose‐6‐fosfato) esto localizados no cromossomo X humano. O alelo recessivo d determina o daltonismo e o alelo recessivo g, a deficincia da enzima G6PD. No heredograma ao lado, o homem I‐1 daltnico e tem tambm deficincia da enzima G6PD. Sua mulher I‐2 homozigtica, com viso normal para cores, no tendo deficincia de G6PD. A filha II‐1 desse casal casou‐se com o homem II‐2, que possui viso normal para cores e no tem deficincia de G6PD. Os quatro filhos desse casal (III‐1, 2, 3 e 4) diferem entre si quanto aos fentipos em relao viso para cores e sntese de G6PD. Com relao a essas caractersticas, a) quais so os gentipos de I‐1 e I‐2? b) quais so os gentipos de II‐1 e II‐2? c) que fentipos e respectivos gentipos os filhos de II‐1 e II‐2 podem ter? d) explique como III‐1, 2, 3 e 4 podem ter herdado gentipos diferentes.

NOVIDADES
Kuadro