Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

Questão 83
2013HistóriaPortuguês

(FUVEST 2013) Os momentos histricos em que se desenvolvem os enredos de Viagens na minha terra, Memrias de um sargento de milcias e Memrias pstumas de Brs Cubas (quanto a este ltimo, em particular no que se refere primeira juventude do narrador) so, todos, determinados de modo decisivo por um antecedente histrico comum menos ou mais imediato, conforme o caso. Trata-se da

Questão 84
2013Português

(FUVEST 2013) Morro da Babilnia noite, do morro descem vozes que criam o terror (terror urbano, cinquenta por cento de cinema, e o resto que veio de Luanda ou se perdeu na lngua geral). Quando houve revoluo, os soldados se espalharam no morro, o quartel pegou fogo, eles no voltaram. Alguns, chumbados, morreram. O morro ficou mais encantado. Mas as vozes do morro no so propriamente lgubres. H mesmo um cavaquinho bem afinado que domina os rudos da pedra e da folhagem e desce at ns, modesto e recreativo, como uma gentileza do morro. Carlos Drummond de Andrade, Sentimento do mundo. Leia as seguintes afirmaes sobre o poema de Drummond, considerado no contexto do livro a que pertence: I. No conjunto formado pelos poemas do livro, a referncia ao Morro da Babilnia feita no ttulo do texto mais as menes ao Leblon e ao Mier, a Copacabana, a So Cristvo e ao Mangue, presentes em outros poemas , sendo todas, ao mesmo tempo, espaciais e de classe, constituem uma espcie de discreta topografia social do Rio de Janeiro. II. Nesse poema, assim como ocorre em outros textos do livro, a ateno vida presente abre-se tambm para a dimenso do passado, seja ele dado no registro da histria ou da memria. III. A meno ao cavaquinho bem afinado, ao cabo do poema, revela ter sido nesse livro que o poeta finalmente assumiu as canes da msica popular brasileira como o modelo definitivo de sua lrica, superando, assim, seu antigo vnculo com a poesia de matriz culta ou erudita. Est correto o que se afirma em

Questão 85
2013Português

(FUVEST 2013) Morro da Babilônia À noite, do morro descem vozes que criam o terror (terror urbano, cinquenta por cento de cinema, e o resto que veio de Luanda ou se perdeu na língua [geral). Quando houve revolução, os soldados se espalharam [no morro, o quartel pegou fogo, eles não voltaram. Alguns, chumbados, morreram. O morro ficou mais encantado. Mas as vozes do morro não são propriamente lúgubres. Há mesmo um cavaquinho bem afinado que domina os ruídos da pedra e da folhagem e desce até nós, modesto e recreativo, como uma gentileza do morro. Carlos Drummond de Andrade, Sentimento do mundo. Guardadas as diferenças que separam as obras a seguir comparadas, as tensões a que remete o poema de Drummond derivam de um conflito de

Questão 86
2013Inglês

(FUVEST 2013) Time was, advertising was a relatively simple undertaking: buy some print space and airtime, create the spots, and blast them at a captive audience. Todayits chaos: while passive viewers still exist, mostly we pick and choose what to consume, ignoring ads with a touch of the DVR remote. Ads are forced to become more like content, and the best aim to engage consumers so much that they pass the material on to friends by email, Twitter, Facebook who will pass it on to friends, who will you get the picture. In the industry, viral has become a usefully vague way to describe any campaign that spreads from person to person, acquiring its own momentum. Its not that online advertising has eclipsed TV, but it has become its full partner and in many ways the more substantive one, a medium in which the audience must be earned, not simply bought. Newsweek, March 26 April 2, 2012. Adaptado De acordo com o texto, a indústria publicitária

Questão 87
2013Inglês

(FUVEST 2013) Time was, advertising was a relatively simple undertaking: buy some print space and airtime, create the spots, and blast them at a captive audience. Todayits chaos: while passive viewers still exist, mostly we pick and choose what to consume, ignoring ads with a touch of the DVR remote. Ads are forced to become more like content, and the best aim to engage consumers so much that they pass the material on to friends by email, Twitter, Facebook who will pass it on to friends, who will you get the picture. In the industry, viral has become a usefully vague way to describe any campaign that spreads from person to person, acquiring its own momentum. Its not that online advertising has eclipsed TV, but it has become its full partner and in many ways the more substantive one, a medium in which the audience must be earned, not simply bought. Newsweek, March 26 April 2, 2012. Adaptado No texto, a palavra viral refere-se a

Questão 88
2013Inglês

(FUVEST 2013) Time was, advertising was a relatively simple undertaking: buy some print space and airtime, create the spots, and blast them at a captive audience. Todayits chaos: while passive viewers still exist, mostly we pick and choose what to consume, ignoring ads with a touch of the DVR remote. Ads are forced to become more like content, and the best aim to engage consumers so much that they pass the material on to friends by email, Twitter, Facebook who will pass it on to friends, who will you get the picture. In the industry, viral has become a usefully vague way to describe any campaign that spreads from person to person, acquiring its own momentum. Its not that online advertising has eclipsed TV, but it has become its full partner and in many ways the more substantive one, a medium in which the audience must be earned, not simply bought. Newsweek, March 26 April 2, 2012. Adaptado Afirma-se, no texto, que, diferentemente da TV, na publicidade online a audiência tem de ser

Questão 89
2013Inglês

(FUVEST 2013) Missing Out: In Praise of the Unlived Life is Adam Phillipss 17th book and is a characteristic blend of literary criticism and philosophical reflection packaged around a central idea. The theme here is missed opportunities, roads not taken, alternative versions of our lives and ourselves, all of which, Phillips argues, exert a powerful hold over our imaginations. Using a series of examples and close readings of authors including Philip Larkin and Shakespeare, the booksuggests that a broader understanding of lifes inevitable disappointments and thwarted desires can enable us to live fuller, richer lives. Good things come to those who wait. Does he see himself as a champion of frustration? Im not on the side of frustration exactly, so much as the idea that one has to be able to bear frustration in order for satisfaction to be realistic. Im interested in how the culture of consumer capitalism depends on the idea that we cant bear frustration, so that every time we feel a bit restless or bored or irritable, we eat, or we shop. guardian.co.uk, 1 June 2012. Adaptado. Segundo o texto, o livro Missing Out: In Praise of the Unlived Life sugere que

Questão 90
2013Inglês

(FUVEST 2013) Missing Out: In Praise of the Unlived Life is Adam Phillipss 17th book and is a characteristic blend of literary criticism and philosophical reflection packaged around a central idea. The theme here is missed opportunities, roads not taken, alternative versions of our lives and ourselves, all of which, Phillips argues, exert a powerful hold over our imaginations. Using a series of examples and close readings of authors including Philip Larkin and Shakespeare, the booksuggests that a broader understanding of lifes inevitable disappointments and thwarted desires can enable us to live fuller, richer lives. Good things come to those who wait. Does he see himself as a champion of frustration? Im not on the side of frustration exactly, so much as the idea that one has to be able to bear frustration in order for satisfaction to be realistic. Im interested in how the culture of consumer capitalism depends on the idea that we cant bear frustration, so that every time we feel a bit restless or bored or irritable, we eat, or we shop. guardian.co.uk, 1 June 2012. Adaptado. No texto, em resposta à pergunta Does he see himself as a champion of frustration?, o autor do livro argumenta ser necessário que as pessoas

Questão
2013Física

(Fuvest 2013 1 fase) No circuito da figura, a diferena de potencial, em mdulo, entre os pontos A e B de

Questão
2013Biologia

(FUVEST - 2013) Na figura abaixo, est representado o ciclo celular. Na fase S, ocorre sntese de DNA; na fase M, ocorre a mitose e, dela, resultam novas clulas, indicadas no esquema pelas letras C. Considerando que, em G1, existe um par de alelos Bb, quantos representantes de cada alelo existiro ao final de S e de G2 e em cada C?

Questão
2013Biologia

(FUVEST - 2013) A prtica conhecida como Anel de Malpighi consiste na retirada de um anel contendo alguns tecidos do caule ou dos ramos de uma angiosperma. Essa prtica leva morte da planta nas seguintes condies:

Questão
2013Biologia

(FUVEST - 2013) A figura representa uma hiptese das relaes evolutivas entre algunsgrupos animais. De acordo com essa hiptese, a classificao dos animais em Vertebrados e Invertebrados:

Questão
2013História

(Fuvest 2013) Durante os primeiros tempos de sua existncia, o PCB prosseguiu em seu processo de diferenciao ideolgica com o anarquismo, de onde provinha parte significativa de sua liderana e de sua militncia. Nesse curso, foi necessrio, no que se refere questo parlamentar, tambm proceder a uma homogeneizao de sua prpria militncia. Houve algumas tentativas de participao em eleies e de formulao de propostas a serem apresentadas sociedade que se revelaram infrutferas por questes conjunturais. A primeira vez em que isso ocorreu foi, em 1925, no municpio porturio paulista de Santos, onde os comunistas locais, apresentando-se pela legenda da Coligao Operria, tiveram um resultado pfio. No entanto, como todos os atos pioneiros, essa participao deixou uma importante herana: a presena na cena poltica brasileira dos trabalhadores e suas reivindicaes. Estas, em particular, expressavam um acmulo de anos de lutas do movimento operrio brasileiro. (Dainis Karepovs. A classe operria vai ao Parlamento. So Paulo: Alameda, 2006, p.169.) A partir do texto acima, pode-se afirmar corretamente que

Questão
2013Geografia

(FUVEST - 2011 - 2 fase) Os centros de inovao tecnolgica so exemplos de transformaes espaciais originados da chamada Terceira Revoluo Industrial. Com base no mapa e em seus conhecimentos, a) aponte duas caractersticas da Terceira Revoluo Industrial que favoreceram o aparecimento dos centros de inovao tecnolgica. Explique. b) identifique e caracterize o conjunto de centros de inovao tecnolgica destacado na poro sudoeste dos Estados Unidos.

Questão
2013Física

(Fuvest 2013 1 fase) No experimento descrito a seguir, dois corpos, feitos de um mesmo material, de densidade uniforme, um cilndrico e o outro com forma de paraleleppedo, so colocados dentro de uma caixa, como ilustra a figura (vista de cima). Um feixe fino de raios X, com intensidadeconstante, produzido pelo gerador G, atravessa a caixa e atinge o detector D, colocado do outro lado. Gerador e detector esto acoplados e podem mover-se sobre um trilho. O conjunto Gerador-Detector ento lentamente deslocado ao longo da direo x, registrando-se a intensidade da radiao no detector, em funo de x. A seguir, o conjunto Gerador-Detector reposicionado, e as medidas so repetidas ao longo da direo y. As intensidades I detectadas ao longo das direes x e y so mais bem representadas por