Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
IME
ENEM
FUVEST
UNICAMP
UNESP
ESPCEX
AFA
Questão
2017Biologia

(FUVEST 2017)A figura representa a estrutura de três populações de plantas arbóreas, A, B e C, por meio de pirâmides etárias. O comprimento das barras horizontais corresponde ao número de indivíduos da população em cada estágio, desde planta recém-germinada (plântula) até planta senescente. A população que apresenta maior risco de extinção, a população que está em equilíbrio quanto à perda de indivíduos e a população que está começando a se expandir são, respectivamente,

Questão
2017Biologia

(FUVEST 2017)A reação da pessoa, ao pisar descalça sobre um espinho, é levantar o pé imediatamente, ainda antes de perceber que o pé está ferido. Analise as afirmações: Neurônios sensoriais são ativados, ao se pisar no espinho. Neurônios motores promovem o movimento coordenado para a retirada do pé. O sistema nervoso autônomo coordena o comportamento descrito. Está correto o que se afirma em

Questão
2017Biologia

(FUVEST 2017) Procurando bem Todo mundo tem pereba Marca de bexiga ou vacina E tem piriri, tem lombriga, tem ameba Só a bailarina que não tem Edu Lobo e Chico Buarque, Ciranda da bailarina. (FUVEST 2017)A bailarina dos versos não contrai as doenças causadas por dois parasitas de importância para a saúde pública: a lombriga (Ascaris lumbricoides) e a ameba (Entamoeba histolytica). Todo mundo, porém, pode-se prevenir contra essas parasitoses, quando

Questão
2017Química

(FUVEST- 2017) Sob certas condies, tanto o gs flor quanto o gs cloro podem reagir com hidrognio gasoso, formando, respectivamente, os haletos de hidrognio HF e HC , gasosos.Pode-se estimar a variao de entalpia (H)de cada uma dessas reaes, utilizando-se dados de energia de ligao. A tabela apresenta os valores de energia de ligao dos reagentes e produtos dessas reaes a 25 C e 1atm. Com base nesses dados, um estudante calculou a variao de entalpia (H) de cada uma das reaes e concluiu, corretamente, que, nas condies empregadas,

Questão 1
2016Português

(FUVEST 2016 - 2 fase)Examine este anncio de uma instituio financeira, cujo nome foi substitudo por X, para responder s questes 01 e 02. Compare os diversos elementos que compem o anncio e atenda ao que se pede. a) Considerando o contexto do anncio, existe alguma relao de sentido entre a imagem e o slogan DIFERENTE QUANDO VOC CONHECE? Explique. b) A incluso, no anncio, dos cones e algarismos que precedem o texto escrito tem alguma finalidade comunicativa? Explique.

Questão 1
2016Química

(FUVEST 2016 - 2 fase) guas que apresentam alta concentrao de ons Ca2+ou Mg2+dissolvidos so chamadas de guas duras. Se a concentrao total desses ons for superior a 100 mg/L, tais guas no podem ser utilizadas em tubulaes de mquinas industriais, devido obstruo dos tubos causada pela formao de sais insolveis contendo esses ons. Um qumico dever analisar a gua de uma fonte, isenta de ons Mg2+, mas contendo ons Ca2+, para verificar se adequada para uso em uma indstria. Para tal, uma amostra de 200 mL de gua dessa fonte foi misturada com uma soluo de carbonato de sdio (Na2CO3), em quantidade suficiente para haver reao completa. O slido formado foi cuidadosamente separado, seco e pesado. A massa obtida foi 0,060 g. a) Escreva a equao qumica, na forma inica, que representa a formao do slido. b) A gua analisada adequada para uso industrial? Justifique, mostrando os clculos.

Questão 1
2016Física

(FUVEST 2016 - 2 FASE) Duas pequenas esferas, E1e E2, feitas de materiais isolantes diferentes, inicialmente neutras, so atritadas uma na outra durante 5 s e ficam eletrizadas. Em seguida, as esferas so afastadas e mantidas a uma distncia de 30 cm, muito maior que seus raios. A esfera E1 ficou com carga eltrica positiva de 0,8 nC. Determine a) a diferena N entre o nmero de prtons e o de eltrons da esfera E1, aps o atrito; b) o sinal e o valor da carga eltrica Q de E2, aps o atrito; c) a corrente eltrica mdia I entre as esferas durante o atrito; d) o mdulo da fora eltrica F que atua entre as esferas depois de afastadas.

Questão 1
2016Geografia

(FUVEST 2016 - 2 fase) Considere a matriz energtica mundial. a) Identifique, com base no quadro acima, uma fonte de energia que considerada a maior responsvel tanto pelo efeito estufa quanto pela formao da chuva cida. Justifique sua resposta. b) Identifique a principal fonte de energia usada nas usinas hidreltricas, no Brasil, e explique uma vantagem quanto ao uso desse recurso natural. c) Identifique, com base no quadro acima, as fontes de energia usadas nas usinas termeltricas, no Brasil, e explique uma desvantagem de ordem econmica que elas apresentam.

Questão 1
2016Biologia

(FUVEST - 2016) Determinada planta do cerrado abriga formigas, cigarrinhas, predadores e parasitas de cigarrinhas e tambm herbvoros que causam dano foliar. Os grficos abaixo mostram os resultados de estudo sobre relaes entre os animais e entre eles e a planta. Grfico I: Nmero mdio de cigarrinhas, em plantas com e sem formigas, ao longo de duas semanas. Grfico II: Nmero mdio de predadores e parasitas das cigarrinhas, em plantas com e sem formigas, ao longo de duas semanas Grfico III: Porcentagem de dano foliar em plantas com e sem associao entre formigas e cigarrinha Com base nos resultados representados nos grficos, responda: a) A associao entre formigas e cigarrinhas benfica ou prejudicial para alguma dessas populaes de insetos? Cite o(s) grfico(s) que permite(m) tal concluso. b) A associao entre formigas e cigarrinhas benfica ou prejudicial para a planta? Justifique sua resposta

Questão 1
2016Inglês

(FUVEST - 2016 - 2 FASE) Awareness campaigns may help some people get useful support and treatment, but they might also prompt healthy people to start taking drugs they do not need. Drug company sponsorship doesnt mean the information is bogus but it does raise a red flag because companies do stand to benefit from increasing diagnoses, which leads to more treatment, says Steve Woloshin, a researcher at the Dartmouth College Institute for Health Policy and Clinical Practice. It can be difficult for consumers to know if a condition they are hearing about is part of a drug company awareness campaign TV ads and Web sites do not always disclose company sponsorship but consumers can look out for phrases such as the disease your doctor has never heard of, which can be red flags. Most important, before starting a new treatment, is to always talk to your doctor about risks and benefits. The key questions to ask about treatment are What is likely to happen to me if I am not treated? What is likely to happen to me if I am including side effects? Woloshin says. Scientific American Mind, September/October 2015. Baseando-se no texto e redigindo em portugus, atenda ao que se pede. a) Aponte uma vantagem e uma desvantagem presentes em campanhas de conscientizao sobre problemas de sade, veiculadas pelos meios de comunicao. b) Quais so os dois questionamentos a serem feitos ao mdico antes do incio de qualquer tratamento?

Questão 1
2016Matemática

(FUVEST - 2016 - 1a FASE) De 1869 at hoje, ocorreram as seguintes mudanas de moeda no Brasil: (1) em 1942, foi criado o cruzeiro, cada cruzeiro valendo mil ris; (2) em 1967, foi criado o cruzeiro novo, cada cruzeiro novo valendo mil cruzeiros; em 1970, o cruzeiro novo voltou a se chamar apenas cruzeiro; (3) em 1986, foi criado o cruzado, cada cruzado valendo mil cruzeiros; (4) em 1989, foi criado o cruzado novo, cada um valendomil cruzados; em1990, o cruzado novo passou a se chamar novamente cruzeiro; (5) em 1993, foi criado o cruzeiro real, cada um valendo mil cruzeiros; (6) em 1994, foi criado o real, cada um valendo 2.750 cruzeiros reais. Quando morreu, em 1869, Brs Cubas possua 300 contos. Se esse valor tivesse ficado at hoje em uma conta bancria, sem receber juros e sem pagar taxas, e se, a cada mudana de moeda, o depsito tivesse sido normalmente convertido para a nova moeda, o saldo hipottico dessa conta seria, aproximadamente, de um dcimo de

Questão 1
2016História

(FUVEST - 2016- 2 FASE) a) Utilize a coluna Perodos e outras duas sua escolha, e elabore um grfico representando, de modo aproximado e simultneo, os dados da tabela. b) Relacione os nmeros apresentados nas duas colunas escolhidas com outros aspectos da economia colonial do Brasil do sculo XVIII.

Questão 1
2016Matemática

(FUVEST - 2016 - 2a FASE) So dadas trs circunferncias de raio r, duas a duas tangentes. Os pontos de tangncia so P1,P2 e P3 Calcule, em funo de r, a) o comprimento do lado do tringulo equiltero Tdeterminado pelas trs retas que so definidas pela seguinte exigncia: cada uma delas tangente a duas das circunferncias e no intersecta a terceira; b) a rea do hexgono no convexo cujos lados so os segmentos ligando cada ponto P1,P2 e P3 aos dois vrtices do tringulo Tmais prximos a ele

Questão 2
2016Física

(FUVEST 2016 - 2 FASE) Um sistema formado por um disco com um trilho na direo radial e um bloco que pode se mover livremente ao longo do trilho. O bloco, de massa 1 kg, est ligado a uma mola de constante elstica 300 N/m. A outra extremidade da mola est fixa em um eixo vertical, perpendicular ao disco, passando pelo seu centro. Com o sistema em repouso, o bloco est na posio de equilbrio, a uma distncia de 20 cm do eixo. Um motor de potncia 0,3 W acoplado ao eixo ligado no instante t = 0, fazendo com que todo o conjunto passe a girar e o bloco, lentamente, se afaste do centro do disco. Para o instante em que a distncia do bloco ao centro de 30 cm, determine a) o mdulo da fora F na mola; b) a velocidade angular do bloco; c) a energia mecnica E armazenada no sistema massa-mola; d) o intervalo de tempo t decorrido desde o incio do movimento.

Questão 2
2016História

(FUVEST - 2016- 2 FASE) O papel da imprensa, como agente histrico, foi decisivo para a Independncia do Brasil na medida em que significou e ampliou espaos de liberdade de expresso e de debate poltico, que formaram e interferiram no quadro da separao de Portugal e de incio da edificao da ordem nacional. A palavra impressa no prprio territrio do Brasil era ento uma novidade que circulava e ajudava a delinear identidades culturais e polticas e constituiu-se em significativo mecanismo de interferncia, com suas singularidades e interligada a outras dimenses daquela sociedade que aliava permanncias e mutaes. Marco Morel, Independncia no papel: a imprensa peridica. I. Jancs (org.). Independncia: histria e historiografia. Adaptado. a) Explique por que a imprensa pode ser considerada uma novidade no Brasil poca da Independncia. b) O texto se refere a outras dimenses daquela sociedade que aliava permanncias e mutaes. D dois exemplos dessas dimenses, relacionando as com o incio da edificao da ordem nacional no Brasil da poca da Independncia.

NOVIDADES
Kuadro