Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
ITA
IME
IME
ENEM
ENEM
FUVEST
FUVEST
UNICAMP
UNICAMP
UNESP
UNESP
ESPCEX
ESPCEX
AFA
AFA
Questão
2012Física

(FUVEST 2012 - 2 FASE)O fluxo de ons atravs de membranas celulares gera impulsos eltricos que regulam aes fisiolgicas em seres vivos. A figura ao lado ilustra o comportamento do potencial eltrico V em diferentes pontos no interior de uma clula, na membrana celular e no lquido extracelular. O grfico desse potencial sugere que a membrana da clula pode ser tratada como um capacitor de placas paralelas com distncia entre as placas igual espessura da membrana, d = 8 nm. No contexto desse modelo, determine a) o sentido do movimento - de dentro para fora ou de fora para dentro da clula - dos ons de cloro (Cl ) e de clcio (Ca2+), presentes nas solues intra e extracelular; b) a intensidade E do campo eltrico no interior da membrana; c) as intensidades FCl e FCa das foras eltricas que atuam, respectivamente, nos ons Cl e Ca2+ enquanto atravessam a membrana; d) o valor da carga eltrica Q na superfcie da membrana em contato com o exterior da clula, se a capacitncia C do sistema for igual a 12 pF.

Questão
2012Química

(FUVEST - 2012) Na dcada de 1780, o mdico italiano Luigi Galvani realizou algumas observaes, utilizando rs recentemente dissecadas. Em um dos experimentos, Galvani tocou dois pontos da musculatura de uma r com dois arcos de metais diferentes, que estavam em contato entre si, observando uma contrao dos msculos, conforme mostra a figura: Interpretando essa observao com os conhecimentos atuais, pode-se dizer que as pernas da r continham solues diludas de sais. Pode-se, tambm, fazer uma analogia entre o fenmeno observado e o funcionamento de uma pilha. Considerando essas informaes, foram feitas as seguintes afirmaes: I. Devido diferena de potencial entre os dois metais, que esto em contato entre si e em contato com a soluo salina da perna da r, surge uma corrente eltrica. II. Nos metais, a corrente eltrica consiste em um fluxo de eltrons. III. Nos msculos da r, h um fluxo de ons associado ao movimento de contrao. Est correto o que se afirma em

Questão
2012Química

(FUVEST - 2012) O monxido de nitrognio (NO) pode ser produzido diretamente a partir de dois gases que so os principais constituintes do ar atmosfrico, por meio da reao representada por N2(g) + O2(g)2NO(g) H = +180 kJ O NO pode ser oxidado, formando o dixido de nitrognio (NO2), um poluente atmosfrico produzido nos motores a exploso: 2NO(g) + O2(g)2NO2(g) H = -114 kJ Tal poluente pode ser decomposto nos gases N2e O2: 2NO2(g) N2(g) + 2O2(g) Essa ltima transformao

Questão
2012Redação

(FUVEST 2012) Texto 1 A ciência mais imperativa e predominante sobre tudo é a ciência política, pois esta determina quais são as demais ciências que devem ser estudadas na pólis. Nessa medida, a ciência política inclui a finalidade das demais, e, então, essa finalidade deve ser o bem do homem. Aristóteles. Adaptado. Texto 2 O termo “idiota” aparece em comentários indignados, cada vez mais frequentes no Brasil, como “política é coisa de idiota”. O que podemos constatar é que acabou se invertendo o conceito original de idiota, pois a palavra idiótes, em grego, significa aquele que só vive a vida privada, que recusa a política, que diz não à política. Talvez devêssemos retomar esse conceito de idiota como aquele que vive fechado dentro de si e só se interessa pela vida no âmbito pessoal. Sua expressão generalizada é: “Não me meto em política”. M. S. Cortella e R. J. Ribeiro, Política – para não ser idiota. Adaptado. Texto 3 FILHOS DA ÉPOCA Somos filhos da época e a época é política. Todas as tuas, nossas, vossas coisas diurnas e noturnas, são coisas políticas. Querendo ou não querendo, teus genes têm um passado político, tua pele, um matiz político, teus olhos, um aspecto político. O que você diz tem ressonância, o que silencia tem um eco de um jeito ou de outro, político. (...) Wislawa Szymborska, Poemas. Texto 4 As instituições políticas vigentes (por exemplo, partidos políticos, parlamentos, governos) vivem hoje um processo de abandono ou diminuição do seu papel de criadoras de agenda de questões e opções relevantes e, também, do seu papel de propositoras de doutrinas. O que não significa que se amplia a liberdade de opção individual. Significa apenas que essas funções estão sendo decididamente transferidas das instituições políticas (isto é, eleitas e, em princípio, controladas) para forças essencialmente não políticas primordialmente as do mercado financeiro e do consumo. A agenda de opções mais importantes dificilmente pode ser construída politicamente nas atuais condições. Assim esvaziada, a política perde interesse. Zygmunt Bauman. Em busca da política. Adaptado. Texto 5 Os textos aqui reproduzidos falam de política, seja para enfatizar sua necessidade, seja para indicar suas limitações e impasses no mundo atual. Reflita sobre esses textos e redija uma dissertação em prosa, na qual você discuta as ideias neles apresentadas, argumentando de modo a deixar claro o seu ponto de vista sobre o tema Participação política: indispensável ou superada? Instruções: - A redação deve obedecer à norma padrão da língua portuguesa. - Escreva, no mínimo, 20 e, no máximo, 30 linhas, com letra legível. - Dê um título a sua redação.

Questão
2012FísicaQuímica

(FUVEST2012 - 1 FASE)A seguinte notcia foi veiculada por ESTADAO.COM.BR/Internacional na tera-feira, 5 de abril de 2011: TQUIO - A empresa Tepco informou, nesta tera-feira, que, na gua do mar, nas proximidades da usina nuclear de Fukushima, foi detectado nvel de iodo radioativo cinco milhes de vezes superior ao limite legal, enquanto o csio-137 apresentou ndice 1,1 milho de vezes maior. Uma amostra recolhida no incio de segunda-feira, em uma rea marinha prxima ao reator 2 de Fukushima, revelou uma concentrao de iodo-131 de 200 mil becquerels por centmetro cbico. Se a mesma amostra fosse analisada, novamente, no dia 6 de maio de 2011, o valor obtido para a concentrao de iodo-131 seria, aproximadamente, em

Questão
2012BiologiaFísica

(FUVEST - 2012)Num ambiente iluminado, ao focalizar um objetodistante, o olho humano se ajusta a essa situao. Se apessoa passa, em seguida, para um ambiente de penumbra, ao focalizar um objeto prximo, a ris

Questão
2012Química

(FUVEST - 2012)Água e etanol misturam-se completamente, emquaisquer proporções. Observa-se que o volume finalda mistura é menor do que a soma dos volumes deetanol e de água empregados para prepará-la. O gráficoa seguir mostra como a densidade varia em função daporcentagem de etanol (em volume) empregado parapreparar a mistura (densidades medidas a 20 C). Se 50 mL de etanol forem misturados a 50 mL de água,a 20 C, o volume da mistura resultante, a essa mesmatemperatura, será de, aproximadamente,

Questão
2012Química

(FUVEST - 2012)Volumes iguais de uma solução de(em solventeorgânico apropriado) foram colocados em cincodiferentes frascos. Em seguida, a cada um dos frascosfoi adicionada uma massa diferente de estanho ,variando entre 0,2 e 1,0 g. Em cada frasco, formou-seuma certa quantidade de, que foi, então, purificadoe pesado. No gráfico abaixo, são apresentados osresultados desse experimento. Com base nesses resultados experimentais, é possívelafirmar que o valor da relação é, aproximadamente,

Questão
2012Biologia

(FUVEST - 2012)Ao longo da evolução dos vertebrados, a

Questão
2012Física

(FUVEST2012 - 1 FASE)Energia eltrica gerada em Itaipu transmitida da subestao de Foz do Iguau (Paran) a Tijuco Preto (So Paulo), em alta tenso de 750 kV, por linhas de 900 km de comprimento. Se a mesma potncia fosse transmitida por meio das mesmas linhas, mas em 30 kV, que a tenso utilizada em redes urbanas, a perda de energia por efeito Joule seria, aproximadamente,

Questão
2012Física

(FUVEST 2012 - 2 FASE) Um pequeno cata-vento do tipo Savonius, como o esquematizado na figura ao lado, acoplado a uma bomba dgua, utilizado em uma propriedade rural. A potncia til P (W) desse sistema para bombeamento de gua pode ser obtida pela expresso P = 0,1 x A x v3 , em que A (m2) a rea total das ps do cata-vento e v (m/s), a velocidade do vento. Considerando um cata-vento com rea total das ps de 2 m2 , velocidade do vento de 5 m/s e a gua sendo elevada de 7,5 m na vertical, calcule a) a potncia til P do sistema; b) a energia E necessria para elevar 1l de gua; c) o volume V1 de gua bombeado por segundo; d) o volume V2 de gua, bombeado por segundo, se a velocidade do vento cair pela metade.

Questão
2012BiologiaQuímica

(FUVEST 2012 - 2 fase)O experimento descrito a seguir foi planejado com o objetivo de demonstrar a influncia da luz no processo de fotossntese. Em dois tubos iguais, colocou-se o mesmo volume de gua saturada com gs carbnico e, em cada um, um espcime de uma mesma planta aqutica. Os dois tubos foram fechados com rolhas. Um dos tubos foi recoberto com papel alumnio e ambos foram expostos luz produzida por uma lmpada fluorescente (que no produz calor). a) Uma soluo aquosa saturada com gs carbnico cida. Como deve variar o pH da soluo no tubo no recoberto com papel alumnio, medida que a planta realiza fotossntese? Justifique sua resposta. No tubo recoberto com papel alumnio, no se observou variao de pH durante o experimento. b) Em termos de planejamento experimental, explique por que necessrio utilizar o tubo recoberto com papel alumnio, o qual evita que um dos espcimes receba luz.

Questão
2012Biologia

(FUVEST - 2012)As afirmações abaixo referem-se a característicasdo ciclo de vida de grupos de plantas terrestres:musgos, samambaias, pinheiros e plantas com flores. O grupo evolutivamente mais antigo possui fasehaploide mais duradoura do que fase diploide. Todos os grupos com fase diploide mais duradourado que fase haploide apresentam raiz, caule e folhaverdadeiros. Os grupos que possuem fase haploide e diploide deigual duração apresentam, também, rizoides, filoidese cauloides (ou seja, raiz, folha e caule nãoverdadeiros). Está correto apenas o que se afirma em

Questão
2012Química

(FUVEST 2012 - 2 fase) Uma das consequncias do efeito estufa o aquecimento dos oceanos. Esse aumento de temperatura provoca

Questão
2012Biologia

(FUVEST - 2020)(2 FASE) O sangue transporta o gs oxignio (O2) para os tecidos e remove deles o dixido de carbono (CO2), produto residual do metabolismo. a) Cada molcula de hemoglobina nas hemcias pode transportar at quatro molculas de O2. Ordene os vasos sanguneos veia pulmonar, artria pulmonar e capilares da circulao sistmica, de acordo com a concentrao de hemoglobina saturada de O2 neles encontrada, da maior para a menor concentrao. Justifique sua resposta. b) Cerca de 5% do CO2 produzido nos tecidos transportado em soluo, no plasma sanguneo. Como o restante do CO2 transportado dos tecidos para os pulmes?

NOVIDADES
Kuadro