Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
ITA
IME
IME
ENEM
ENEM
FUVEST
FUVEST
UNICAMP
UNICAMP
UNESP
UNESP
ESPCEX
ESPCEX
AFA
AFA
Questão
2015Química

(FUVEST - 2015) O eugenol, extrado de plantas, pode ser transformado em seu ismero isoeugenol, muito utilizado na indstria de perfumes. A transformao pode ser feita em soluo alcolica de KOH. Foram feitos trs experimentos de isomerizao, mesma temperatura, empregando-se massas iguais de eugenol e volumes iguais de solues alcolicas de KOH de diferentes concentraes. O grfico a seguir mostra a porcentagem de converso do eugenol em isoeugenol em funo do tempo, para cada experimento. Experimento Concentrao de KOH (mol/L) I 6,7 II 4,4 III 2,3 Analisando-se o grfico, pode-se concluir corretamente que

Questão
2015Química

(FUVEST - 2015)Considere as figuras a seguir, em que cada esfera representa um tomo. As figuras mais adequadas para representar, respectivamente, uma mistura de compostos moleculares e uma amostra da substncia nitrognio so:

Questão
2015Física

(Fuvest 20151fase)Um trabalhador de massa m est em p, em repouso, sobre uma plataforma de massa M. O conjunto se move, sem atrito, sobre trilhos horizontais e retilneos, com velocidade de mdulo constante v. Num certo instante, o trabalhador comea a caminhar sobre a plataforma e permanece com velocidade de mdulo v, em relao a ela, e com sentido oposto ao do movimento dela em relao aos trilhos. Nessa situao, o mdulo da velocidade da plataforma em relao aos trilhos :

Questão
2015Física

(Fuvest 20151fase) O guindaste da figura acima pesa 50.000 N sem carga e os pontos de apoio de suas rodas no solo horizontal esto em x = 0 e x = -5 m. O centro de massa (CM) do guindaste sem carga est localizado na posio (x = -3 m , y = 2 m). Na situao mostrada na figura, a maior carga P que esse guindaste pode levantar pesa:

Questão
2015Química

(FUVEST 2015 - 2 fase) A dieta de jogadores de futebol deve fornecer energia suficiente para um bom desempenho. Essa dieta deve conter principalmente carboidratos e pouca gordura. A glicose proveniente dos carboidratos armazenada sob a forma do polmero glicognio, que uma reserva de energia para o atleta. Certos lipdios, contidos nos alimentos, so derivados do glicerol e tambm fornecem energia. a) Durante a respirao celular, tanto a glicose quanto os cidos graxos provenientes do lipdio derivado do glicerol so transformados em e . Em qual destes casos dever haver maior consumo de oxignio: na transformao de 1 mol de glicose ou na transformao de 1 mol do cido graxo proveniente do lipdio cuja frmula estrutural mostrada acima? Explique. Durante o perodo de preparao para a Copa de 2014, um jogador de futebol recebeu, a cada dia, uma dieta contendo 600 g de carboidrato e 80 g de gordura. Durante esse perodo, o jogador participou de um treino por dia. b) Calcule a energia consumida por km percorrido em um treino (kcal/km), considerando que a energia necessria para essa atividade corresponde a 2/3 da energia proveniente da dieta ingerida em um dia.

Questão
2015Português

(FUVEST -2015) Alusio de Azevedo, enredo na narrativa, fatores de contextualizao, gerao nacionalista, naturalismo no Brasil, romantismo E Jernimo via e escutava, sentindo ir-se-lhe toda a alma pelos olhos enamorados. Naquela mulata estava o grande mistrio, a sntese das impresses que ele recebeu chegando aqui: ela era a luz ardente do meio-dia; ela era o calor vermelho das sestas da fazenda; era o aroma quente dos trevos e das baunilhas, que o atordoara nas matas brasileiras; era a palmeira virginal e esquiva que se no torce a nenhuma outra planta; era o veneno e era o acar gostoso; era o sapoti mais doce que o mel e era a castanha do caju, que abre feridas com o seu azeite de fogo; ela era a cobra verde e traioeira, a lagarta viscosa, a murioca doida, que esvoaava havia muito tempo em torno do corpo dele, assanhando-lhe os desejos, acordando-lhe as fibras embambecidas pela saudade da terra, picando-lhe as artrias, para lhe cuspir dentro do sangue uma centelha daquele amor setentrional, uma nota daquela msica feita de gemidos de prazer, uma larva daquela nuvem de cantridas que zumbiam em torno da Rita Baiana e espalhavam-se pelo ar numa fosforescncia afrodisaca. Alusio Azevedo, O cortio. O efeito expressivo do texto bem como seu pertencimento ao Naturalismo em literatura baseia-se amplamente no procedimento de explorar de modo intensivo aspectos biolgicos da natureza. Entre esses procedimentos empregados no texto, s NO se encontra a

Questão
2015Biologia

(FUVEST - 2015)Num determinado lago, a quantidade dos organismos do fitoplncton controlada por um crustceo do gnero Artemia, presente no zooplncton. Graas a esse equilbrio, a gua permanece transparente. Depois de um ano muito chuvoso, a salinidade do lago diminuiu, o que permitiu o crescimento do nmero de insetos do gnero Trichocorixa, predadores de Artemia. A transparncia da gua do lago diminuiu. Considere as afirmaes: I. A predao provocou o aumento da populao dosprodutores II. A predao provocou a diminuio da populao dos consumidores secundrios III. A predao provocou a diminuio da populao dos consumidores primrios. Est correto o que se afirma apenas em:

Questão
2015Química

(FUVEST 2015 - 2fase) O sistema de airbag de um carro formado por um sensor que detecta rpidas diminuies de velocidade, uma bolsa inflvel e um dispositivo contendo azida de sdio () e outras substncias secundrias. O sensor, ao detectar uma grande desacelerao, produz uma descarga eltrica que provoca o aquecimento e a decomposio da azida de sdio. O nitrognio () liberado na reao infla rapidamente a bolsa͕que, ento, protege o motorista. Considere a situao em que o carro, inicialmente a 36 km/h (10 m/s), dirigido por um motorista de 60 kg, para devido a uma coliso frontal. a) Nessa coliso, qual a variao E da energia cintica do motorista? b) Durante o 0,2 s da interao do motorista com a bolsa, qual o mdulo a da acelerao mdia desse motorista? c) Escreva a reao qumica de decomposio da azida de sdio formando sdio metlico e nitrognio gasoso. d) Sob presso atmosfrica de 1 atm e temperatura de 27 C, qual o volume V de gs nitrognio formado pela decomposio de 65 g de azida de sdio? Note e adote: Desconsidere o intervalo de tempo para a bolsa inflar. Ao trmino da interao com a bolsa do airbag, o motorista est em repouso. Considere o nitrognio como um gs ideal. Constante universal dos gases: R = 0,08 atm L/ (mol K). 0 o C = 273 K. Elemento Massa atmica (g/mol) Sdio 23 Nitrognio 14

Questão
2015Química

(FUVEST - 2015)Cinco cremes dentais de diferentes marcas tm os mesmos componentes em suas formulaes, diferindo, apenas, na porcentagem de gua contida em cada um. A tabela a seguir apresenta massas e respectivos volumas (medidos a 25 C) desses cremes dentais. Supondo que a densidade desses cremes dentais varie apenas em funo da porcentagem de gua, em massa, contida em cada um, pode-se dizer que a marca que apresenta maior porcentagem de gua em sua composio :

Questão
2015Química

(FUVEST 2015 - 2 fase) Coloca-se para reagir, em um recipiente isolado e de volume constante, um mol de gs hidrognio e um mol de vapor de iodo, ocorrendo a formao de HI(g), conforme representado pela equao qumica Atingido o equilbrio qumico, a uma dada temperatura (mantida constante), as presses parciais das substncias envolvidas satisfazem a igualdade a) Calcule a quantidade de matria, em mol, de HI(g) no equilbrio. b) Expresse o valor da presso parcial de hidrognio como funo do valor da presso total da mistura, no equilbrio.

Questão
2015Química

(FUVEST 2015 - 2 fase) Em uma transformao qumica, h conservao de massa e dos elementos qumicos envolvidos, o que pode ser expresso em termos dos coeficientes e ndices nas equaes qumicas. a) Escreva um sistema linear que represente as relaes entre os coeficientes x, y, z e w na equao qumica b) Encontre todas as solues do sistema em que x, y, z e w so inteiros positivos.

Questão
2015Geografia

(FUVEST 2015 - 2 FASE) Com base nas informaes acima e em seus conhecimentos, identifique a) dois fatores responsveis pelo crescimento do nmero de shopping centers no Brasil entre 2008 e 2014. b) duas tendncias da distribuio geogrfica dos shopping centers pelas diferentes regies brasileiras, considerando o crescimento no perodo 2011‐2014. Justifique sua resposta.

Questão
2015Física

(Fuvest 20151fase)Quando comearam a ser produzidos em larga escala, em meados do sculo XX, objetos de plstico eram considerados substitutos de qualidade inferior para objetos feitos de outros materiais. Com o tempo, essa concepo mudou bastante. Por exemplo, canecas eram feitas de folha de flandres, uma liga metlica, mas, hoje, tambm so feitas de loua ou de plstico. Esses materiais podem apresentar vantagens e desvantagens para sua utilizao em canecas, como listadas a seguir: ter boa resistncia a impactos, mas no poder ser levado diretamente ao fogo; poder ser levado diretamente ao fogo, mas estar sujeito a corroso; apresentar pouca reatividade qumica, mas ter pouca resistncia a impactos. Os materiais utilizados na confeco de canecas os quais apresentam as propriedades I, II e III so, respectivamente,

Questão 1
2014História

(FUVEST 2014 - 2 fase) Vivemos numa forma de governo que no se baseia nas instituies de nossos vizinhos; ao contrrio, servimos de modelo a alguns, ao invs de imitar outros. [...] Nela, enquanto no tocante s leis todos so iguais para a soluo de suas divergncias privadas, quando se trata de escolher (se preciso distinguir em algum setor), no o fato de pertencer a uma classe, mas o mrito, que d acesso aos postos mais honrosos; inversamente, a pobreza no razo para que algum, sendo capaz de prestar servios cidade, seja impedido de faz‐lo pela obscuridade de sua condio. Conduzimo‐nos liberalmente em nossa vida pblica, e no observamos com uma curiosidade suspicaz [desconfiada] a vida privada de nossos concidados, pois no nos ressentimos com nosso vizinho se ele age como lhe apraz, nem o olhamos com ares de reprovao que, embora incuos, lhe causariam desgosto. Ao mesmo tempo que evitamos ofender os outros em nosso convvio privado, em nossa vida pblica nos afastamos da ilegalidade principalmente por causa de um temor reverente, pois somos submissos s autoridades e s leis, especialmente quelas promulgadas para socorrer os oprimidos e s que, embora no escritas, trazem aos agressores uma desonra visvel a todos. Orao fnebre de Pricles, 430 a.C., in Tucdides. Histria da Guerra do Peloponeso. Braslia: Editora UnB, 2001, p. 109. Adaptado a) Com base nas informaes contidas no texto, identifique o sistema poltico nele descrito e indique suas principais caractersticas. b) Identifique a cidade que foi a principal adversria de Atenas na Guerra do Peloponeso e diferencie os sistemas polticos vigentes em cada uma delas.

Questão 1
2014Química

(FUVEST 2014 - 2 fase) Em uma aula de laboratrio de Qumica, a professora props a realizao da eletrlise da gua. Aps a montagem de uma aparelhagem como a da figura ao lado, e antes de iniciar a eletrlise, a professora perguntou a seus alunos qual dos dois gases, gerados no processo, eles esperavam recolher em maior volume. Um dos alunos respondeu: O gs oxignio deve ocupar maior volume, pois seus tomos tm oito prtons e oito eltrons (alm dos nutrons) e, portanto, so maiores que os tomos de hidrognio, que, em sua imensa maioria, tm apenas um prton e um eltron. Observou‐se, porm, que, decorridos alguns minutos, o volume de hidrognio recolhido era o dobro do volume de oxignio (e essa proporo se manteve no decorrer da eletrlise), de acordo com a seguinte equao qumica: a) Considerando que a observao experimental no corresponde expectativa do aluno, explique por que a resposta dada por ele est incorreta. Posteriormente, o aluno perguntou professora se a eletrlise da gua ocorreria caso a soluo aquosa de Na2SO4fosse substituda por outra. Em vez de responder diretamente, a professora sugeriu que o estudante repetisse o experimento, porm substituindo a soluo aquosa de Na2SO4por uma soluo aquosa de sacarose (C12H22O11). b) O que o aluno observaria ao realizar o novo experimento sugerido pela professora? Explique.

NOVIDADES
Kuadro