Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

ITA
ITA
IME
IME
ENEM
ENEM
FUVEST
FUVEST
UNICAMP
UNICAMP
UNESP
UNESP
ESPCEX
ESPCEX
AFA
AFA
Questão 99
2006Biologia

(FUVEST - 2006 - 1 FASE )Clulas-tronco so clulas indiferenciadas que tm a capacidade de se diferenciar em diversos tipos celulares. Para que ocorra tal diferenciao, as clulas-tronco tero necessariamente que alterar

Questão 100
2006Biologia

(FUVEST - 2006 - 1 FASE ) Numa determinada regio, vivia uma comunidade composta por uma populao de produtores, uma de consumidores primrios e por outra de consumidores secundrios que, dizimada por uma infeco, deixou de existir no local, a partir do tempo X. Observou-se que as outras populaes foram afetadas da maneira esperada. Assinale a alternativa que corresponde ao grfico que representa corretamente o efeito da extino dos consumidores secundrios sobre a dinmica das outras populaes.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Industrialmente, HCl gasoso produzido em um maarico, no qual entram, nas condies-ambiente, hidrognio e cloro gasosos, observando-se uma chama de vrios metros de altura, proveniente da reao entre esses gases. a) Escreva a equao qumica que representa essa transformao, utilizando estruturas de Lewis tanto para os reagentes quanto para o produto. b) Como se obtm cido clordrico a partir do produto da reao de hidrognio com cloro? Escreva a equao qumica dessa transformao. c) Hidrognio e cloro podem ser produzidos pela eletrlise de uma soluo concentrada de cloreto de sdio (salmoura). D as equaes que representam a formao de cada um desses gases. d) Que outra substncia produzida, simultaneamente ao cloro e ao hidrognio, no processo citado no item anterior? Nmero atmico (Z) hidrognio..............1 cloro.....................17

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Constri-se uma pilha formada por: um eletrodo, constitudo de uma placa de prata metlica, mergulhada em uma soluo aquosa de nitrato de prata de concentrao 0,1 mol / L. outro eletrodo, constitudo de uma placa de prata metlica, recoberta de cloreto de prata slido, imersa em uma soluo aquosa de cloreto de sdio de concentrao 0,1 mol / L. uma ponte salina de nitrato de potssio aquoso, conectando esses dois eletrodos. Constri-se outra pilha, semelhante primeira, apenas substituindo-se AgCl (s) por AgBr (s) e NaCl (aq, 0,1 mol/L) por NaBr (aq, 0,1 mol / L). Em ambas as pilhas, quando o circuito eltrico fechado, ocorre produo de energia. a) D a equao global da reao da primeira pilha. Justifique o sentido em que a transformao se d. b) D a equao da semi-reao que ocorre no plo positivo da primeira pilha. c) Qual das pilhas tem maior fora eletromotriz? Justifique sua resposta com base nas concentraes inicas iniciais presentes na montagem dessas pilhas e na tendncia de a reao da pilha atingir o equilbrio. Para a primeira pilha, as equaes das semi-reaes de reduo, em meio aquoso, so: Produtos de solubilidade:AgCl..... 1,8 10-10 ; AgBr ....5,4 10-13

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Uma mesma olefina pode ser transformada em lcoois isomricos por dois mtodos alternativos: e com base nas informaes fornecidas (mtodo A e mtodo B), d a frmula estrutural da olefina a ser utilizada e o mtodo que permite preparar a) o lcool I. b) o lcool II. Para os itens a e b, caso haja mais de uma olefina ou mais de um mtodo, cite-os todos. c) Copie, na folha de respostas, as frmulas estruturais dos lcoois I e II e, quando for o caso, assinale com asteriscos os carbonos assimtricos.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) Considere uma soluo aquosa diluda de dicromato de potssio, a 25 C. Dentre os equilbrios que esto presentes nessa soluo, destacam-se a) Calcule o valor da constante de equilbrio K3. b) Essa soluo de dicromato foi neutralizada. Para a soluo neutra, qual o valor numrico da relao?Mostre como obteve esse valor. c) A transformao de ons dicromato em ons cromato, em meio aquoso, uma reao de oxirreduo? Justifique

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Uma pista de skate, para esporte radical, montada a partir de duas rampas R1 e R2, separadas entre A e B por uma distncia D, com as alturas e ngulos indicados na figura. A pista foi projetada de tal forma que um skatista, ao descer a rampa R1, salta no ar, atingindo sua altura mxima no ponto mdio entre A e B, antes de alcanar a rampa R2. a) Determine o mdulo da velocidade VA, em m/s, com que o skatista atinge a extremidade A da rampa R1. b) Determine a altura mxima H, em metros, a partir do solo, que o skatista atinge, no ar, entre os pontos A e B. c) Calcule qual deve ser a distncia D, em metros, entre os pontos A e B, para que o skatista atinja a rampa R2 em B, com segurana.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Uma figura gravada em uma folha de plstico (transparncia) foi projetada sobre uma parede branca, usando-se uma fonte de luz e uma nica lente, colocada entre a folha e a parede, conforme esquema ao lado. A transparncia e a imagem projetada, nas condies de tamanho e distncia usadas, esto representadas, em escala, na folha de respostas. As figuras 1 e 2 correspondem a vistas de frente e a figura 3, a vista lateral. a) Determine, no esquema abaixo,traando as linhas de construo apropriadas, a posio onde foi colocada a lente, indicando essa posio por uma linha vertical e a letra L. Marque o centro ptico da lente e indique sua posio pela letra C. b) Determine graficamente, no esquema da folha de resposta, traando as linhas de construo apropriadas, a posio de cada um dos focos da lente, indicando suas posies pela letra F. c) Represente, indicando por Bnova, na figura 2, a posio da linha B, quando o centro ptico da lente for rebaixado em 10 cm (1 quadradinho).

Questão
2006História

(FUVEST - 2006) De uma publicao francesa, em 1787: Quais so as fontes da fora econmica da Inglaterra? o comrcio martimo e a agricultura; a agricultura, sobretudo, l mais conhecida do que em qualquer outra parte, e, geralmente, praticada segundo princpios diferentes. Podemos deduzir que os princpios diferentes aos quais a frase se refere so os do:

Questão
2006Biologia

(FUVEST - 2006)No heredograma, esto representadas pessoas que tm uma doena determinada por um alelo mutante dominante em relao ao alelo normal. a) Responda se a doena tem padro de herana ligado ao X ou autossmico, indicando a situao do heredograma que permitiu sua concluso. b) Quais os gentipos do casal de primos III-7 x III-8? c) III-8 est grvida de uma menina. Calcule a probabilidade de que essa menina, filha de III-7 e III-8, no tenha a doena.

Questão
2006Redação

(FUVEST 2006) Um homem precisa viajar. Por sua conta, no por meio de histrias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e ps, para entender o que seu. Para um dia plantar as suas prprias rvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para conhecer o calor. E o oposto. Sentir a distncia e o desabrigo para estar bem sob o prprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que no conhece para quebrar essa arrogncia que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e no simplesmente como ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que no vimos, quando deveramos ser alunos, e simplesmente ir ver. Amyr Klink, Mar sem fim. A repetio de precisa viajar acentua, no contexto, o valor daquelas experincias que

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) O malonato de dietila e o acetoacetato de etila podem ser empregados para preparar, respectivamente, cidos carboxlicos e cetonas. A preparao de um cido, a partir do malonato de dietila, feita na sequncia: Reao I. Formao de um sal de sdio Reao II. Introduo de grupo alquila Reao III. Hidrlise cida Reao IV. Perda de CO2 por aquecimento Analogamente, pode-se obter a 2-hexanona partindo-se do acetoacetato de etila: D as quatro equaes qumicas que representam as reaes I, II, III e IV para essa transformao.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)A relao entre tenso e corrente de uma lmpada L, como a usada em automveis, foi obtida por meio do circuito esquematizado na figura 1, onde G representa um gerador de tenso varivel. Foi medido o valor da corrente indicado pelo ampermetro A, para diferentes valores da tenso medida pelo voltmetro V, conforme representado pela curva L no Grfico 1, da folha de resposta. O circuito da figura 1 , ento, modificado, acrescentando-se um resistor R de resistncia 6,0 Ω em srie com a lmpada L, conforme esquematizado na figura 2. a) Construa, no Grfico 2 abaixo, o grfico da potncia dissipada na lmpada, em funo da tenso U entre seus terminais, para U variando desde 0 at 12 V. b) Construa, no Grfico 1 abaixo, o grfico da corrente no resistor R em funo da tenso U aplicada em seus terminais, para U variando desde 0 at 12 V. c) Considerando o circuito da figura 2, construa, no Grfico 3 da folha de resposta, o grfico da corrente indicada pelo ampermetro em funo da tenso U indicada pelo voltmetro, quando a corrente varia desde 0 at 2 A.

Questão
2006Física

(FUVEST - 2006)Um procedimento para estimar o campo magntico de um m baseia-se no movimento de uma grande espira condutora E atravs desse campo. A espira retangular E abandonada ao da gravidade entre os plos do m de modo que, enquanto a espira cai, um de seus lados horizontais (apenas um) corta perpendicularmente as linhas de campo. A corrente eltrica induzida na espira gera uma fora eletromagntica que se ope a seu movimento de queda, de tal forma que a espira termina atingindo uma velocidade V constante. Essa velocidade mantida enquanto esse lado da espira estiver passando entre os plos do m. A figura representa a configurao usada para medir o campo magntico, uniforme e horizontal, criado entre os plos do m. As caractersticas da espira e do m esto apresentadas na tabela. Para a situao em que um dos lados da espira alcana a velocidade constante V = 0,40 m/s entre os plos do m, determine: a) A intensidade da fora eletromagntica F, em N, que age sobre a espira, de massa M, opondo-se gravidade no seu movimento de queda a velocidade constante. b) O trabalho realizado pela fora de gravidade por unidade de tempo (potncia), que igual potncia P dissipada na espira, em watts. c) A intensidade da corrente eltrica i, em amperes, que percorre a espira, de resistncia R. d) O campo magntico B, em tesla, existente entre os plos do m.

Questão
2006Química

(FUVEST - 2006) ons indesejveis podem ser removidos da gua, tratando-a com resinas de troca inica, que so constitudas por uma matriz polimrica, qual esto ligados grupos que podem reter ctions ou nions. Assim, por exemplo, para o sal C+ A- , dissolvido na gua, a troca de ctions e nions, com os ons da resina, pode ser representada por: No tratamento da gua com as resinas de troca inica, a gua atravessa colunas de vidro ou plstico, preenchidas com a resina sob a forma de pequenas esferas. O lquido que sai da coluna chamado de eludo. Considere a seguinte experincia, em que gua, contendo cloreto de sdio e sulfato de cobre (II) dissolvidos, atravessa uma coluna com resina do tipo I. A seguir, o eludo, assim obtido, atravessa outra coluna, desta vez preenchida com resina do tipo II. Supondo que ambas as resinas tenham sido totalmente eficientes, indique a) os ons presentes no eludo da coluna com resina do tipo I. b) qual deve ser o pH do eludo da coluna com resina do tipo I (maior, menor ou igual a 7). Justifique. c) quais ons foram retidos pela coluna com resina do tipo II. d) qual deve ser o pH do eludo da coluna com resina do tipo II (maior, menor ou igual a 7). Justifique.

NOVIDADES
Kuadro