Gabarito FUVEST - Provas Anteriores

Questão 61
2003Física

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Uma criana estava no cho. Foi ento levantada por sua me que a colocou em um escorregador a uma altura de 2,0m em relao ao solo. Partindo do repouso, a criana deslizou e chegou novamente ao cho com velocidade igual a 4m/s. Sendo T o trabalho realizado pela me ao suspender o filho, e sendo a acelerao da gravidade g = 10 m/s2 , a energia dissipada por atrito, ao escorregar, aproximadamente igual a

Questão 62
2003Física

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Dois recipientes iguais, A e B, contm, respectivamente, 2,0 litros e 1,0 litrode gua temperatura de 20 oC. Utilizando um aquecedor eltrico, de potncia constante, emantendo-o ligado durante 80 s, aquece-se gua do recipiente A at a temperatura de 60 oC. Aseguir, transfere-se 1,0 litro de gua de A para B, que passa a conter 2,0 litros de gua temperatura T. Essa mesma situao final, para o recipiente B, poderia ser alcanadacolocando-se 2,0 litros de gua a 20 oC em B e, a seguir, ligando-se o mesmo aquecedoreltrico em B, mantendo-o ligado durante um tempo aproximado de

Questão 63
2003Física

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Uma pessoa idosa que tem hipermetropia e presbiopia foi a um oculista quelhe receitou dois pares de culos, um para que enxergasse bem os objetos distantes e outro para que pudesse ler um livro a uma distncia confortvel de sua vista. - Hipermetropia: a imagem de um objeto distante se forma atrs da retina. - Presbiopia: o cristalino perde, por envelhecimento, a capacidade de acomodao e objetos prximos no so vistos com nitidez. - Dioptria: a convergncia de uma lente, medida em dioptrias, o inverso da distncia focal (em metros) da lente. Considerando que receitas fornecidas por oculistas utilizam o sinal mais (+) para lentes convergentes e menos (-) para divergentes, a receita do oculista para um dos olhos dessa pessoa idosa poderia ser,

Questão 64
2003Física

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Duas barras M e N, de pequeno dimetro, com 1,5m de comprimento, feitas de material condutor com resistncia de R a cada metro de comprimento, so suspensas pelos pontos S e T e eletricamente interligadas por um fio flexvel e condutor F, fixado s extremidades de uma alavanca que pode girar em torno de um eixo E. As barras esto parcialmente imersas em mercrio lquido, como mostra a figura ao lado. Quando a barra M est totalmente imersa, o ponto S se encontra na superfcie do lquido, e a barra N fica com um comprimento de 1,0m fora do mercrio e vice-versa. Suponha que os fios e o mercrio sejam condutores perfeitos e que a densidade das barras seja maior do que a do mercrio. Quando o extremo S da barra M se encontra a uma altura h da superfcie do mercrio, o valor da resistncia eltrica r, entre o fio F e o mercrio, em funo da altura h, melhor representado pelo grfico

Questão 65
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Um astronauta foi capturado por habitantes de um planeta hostil e aprisionado numa cela, sem seu capacete espacial. Logo comeou a sentir falta de ar. Ao mesmo tempo, notou um painel como o da figura em que cada quadrado era uma tecla. Apertou duas delas, voltando a respirar bem. As teclas apertadas foram

Questão 66
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Da gua do mar, podem ser obtidas grandes quantidades de um sal que a origem das seguintes transformaes: Neste esquema, x, y, z e w representam:

Questão 67
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Plantas no conseguem aproveitar diretamente o nitrognio do ar atmosfrico para sintetizar ..................... Esse componente do ar precisa ser transformado em compostos. Isso ocorre, na atmosfera, durante as tempestades com relmpagos, quando se forma ................ Na raiz das leguminosas, bactrias transformam o nitrognio em .............. que so fertilizantes naturais. Tais fertilizantes podem ser obtidos industrialmente, a partir do nitrognio, em um processo cuja primeira etapa a sntese de ..................... As lacunas do texto acima so adequadamente preenchidas, na seqncia em que aparecem, respectivamente, por

Questão 68
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) O esquema a seguir representa uma transformao qumica que ocorre na superfcie de um catalisador. Uma transformao qumica anloga utilizada industrialmente para a obteno de

Questão 69
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) Um indicador universal apresenta as seguintes cores em funo do pH da soluo aquosa em que est dissolvido: A 25,0 mL de uma soluo de cido frmico (HCOOH), de concentrao 0,100 mol/L, contendo indicador universal, foi acrescentada, aos poucos, soluo de hidrxido de sdio (NaOH), de concentrao 0,100 mol/L. O grfico mostra o pH da soluo resultante no decorrer dessa adio. Em certo momento, durante a adio, as concentraes de HCOOH e de HCOO- se igualaram. Nesse instante, a cor da soluo era

Questão 70
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Uma enfermeira precisa preparar 0,50 L de soro que contenha 1,5 x 10-2 mol de KCl e 1,8 x 10-2 mol de NaCl, dissolvidos em uma soluo aquosa de glicose. Ela tem sua disposio solues aquosas de KCl e NaCl de concentraes, respectivamente, 0,15 g/mL e 0,60 x 10-2 g/mL. Para isso, ter que utilizar x mL da soluo de KCl e y mL da soluo de NaCl e completar o volume, at 0,50 L, com a soluo aquosa de glicose. Os valores de x e y devem ser, respectivamente, Dados: massa molar (g/mol) de KCl 75 e de NaCl 59.

Questão 71
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Trs metais foram acrescentados a solues aquosas de nitratos metlicos, de mesma concentrao, conforme indicado na tabela. O cruzamento de uma linha com uma coluna representa um experimento. Um retngulo escurecido indica que o experimento no foi realizado; o sinal (-) indica que no ocorreu reao e o sinal (+) indica que houve dissoluo do metal acrescentado e precipitao do metal que estava na forma de nitrato. Cada um dos metais citados, mergulhado na soluo aquosa de concentrao 0,1 mol/L de seu nitrato, um eletrodo, representado por Me | Me2+, onde Me indica o metal e Me2+, o ction de seu nitrato. A associao de dois desses eletrodos constitui uma pilha. A pilha com maior diferena de potencial eltrico e polaridade correta de seus eletrodos, determinada com um voltmetro, a representada por

Questão 72
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Em uma experincia, aqueceu-se, a uma determinada temperatura, uma mistura de 0,40 mol de dixido de enxofre e 0,20 mol de oxignio, contidos em um recipiente de 1L e na presena de um catalisador. A equao qumica, representando a reao reversvel que ocorre entre esses dois reagentes gasosos, 2 SO2(g) + O2(g)2 SO3(g) As concentraes dos reagentes e do produto foram determinadas em vrios tempos, aps o incio da reao, obtendo-se o grfico: Em uma nova experincia, 0,40 mol de trixido de enxofre, contido em um recipiente de 1L, foi aquecido mesma temperatura da experincia anterior e na presena do mesmo catalisador. Acompanhando-se a reao ao longo do tempo, deve-se ter, ao atingir o equilbrio, uma concentrao de SO3 de aproximadamente

Questão 73
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase) A molcula da vitamina C (cido L-ascrbico) tem a frmula estrutural plana mostrada na figura. O nmero de grupos hidroxila ligados a carbono assimtrico

Questão 74
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)Do acaraj para a picape, o leo de fritura em Ilhus segue uma rota ecologicamente correta. [...] o leo [...] passa pelo processo de transesterificao, quando triglicrides fazem uma troca com o lcool. O resultado o ster metlico de cidos graxos, vulgo biodiesel. (O Estado de S. Paulo, 10/08/2002) O lcool, sublinhado no texto acima, a frmula do produto biodiesel (em que R uma cadeia carbnica) e o outro produto da transesterificao, no mencionado no texto, so, respectivamente,

Questão 75
2003Química

(FUVEST - 2003 - 1a Fase)O grupo amino de uma molcula de aminocido pode reagir com o grupo carboxila de outra molcula de aminocido (igual ou diferente), formando um dipeptdeo com eliminao de gua, como exemplificado para a glicina: Analogamente, de uma mistura equimolar de glicina e L-alanina, podero resultar dipeptdeos diferentes entre si, cujo nmero mximo ser